COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 31 de março de 2017

CORAÇÃO AGRACIADO

Quando os pais viram o menino, também ficaram admirados. E a sua mãe lhe disse: – Meu filho, por que foi que você fez isso conosco? O seu pai e eu estávamos muito aflitos procurando você. Jesus respondeu: – Por que vocês estavam me procurando? Não sabiam que eu devia estar na casa do meu Pai? Mas eles não entenderam o que ele disse. Então Jesus voltou com os seus pais para Nazaré e continuava a ser obediente a eles. E a sua mãe guardava tudo isso no coração. Conforme crescia, Jesus ia crescendo também em sabedoria, e tanto Deus como as pessoas gostavam cada vez mais dele”. (Lucas 2.48-52).
Este texto narra a visita de Jesus ao templo quando tinha doze anos. Ele havia se afastado dos seus pais que estavam aflitos. A aflição de um pai ou uma mãe só sabe quem vive esta situação maravilhosa e muitas vezes angustiante. Após a pergunta da sua mãe ele respondeu: ‘Por que vocês estavam me procurando? Não sabiam que eu devia estar na casa do meu Pai?
Jesus foi uma criança que mostrou saber o que ele devia fazer e acima de tudo já dizia que o templo era a casa do seu Pai, Deus. Muito tempo antes o salmista Davi destacou a importância da casa do Senhor para ele: ‘Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver. E na tua casa, ó Senhor, morarei todos os dias da minha vida’. (Salmo 23.6).
Outro destaque que precisa ser feito nesta porção é: ‘E a sua mãe guardava tudo isso no coração’. Quer saber detalhes da sua vida busque as memórias da sua mãe. Maria, vista por Deus como a agraciada, foi uma mãe extremosa. Deus nos ama e deseja que O busquemos em todas as situações. É bom lembrarmos que o Espírito Santo faz morada em todos que O buscam.
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário