COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

DIANTE DO PAI



Esta poesia já compartilhei, mas senti o desejo de postar novamente. Estamos no derradeiro dia do ano. Tivemos 365 dias. Que possamos pensar e colocar todos os dias que teremos de presente para adorarmos de coração limpo ao Rei dos reis e Senhor dos senhores. “Portanto dele, por Ele e para Ele são todas as coisas. A Ele seja a glória perpetuamente! Amém”.  Romanos 11.36). Louvado seja Deus!



Último dia...
Genuflexo, pensativo
O homem permanece
Introspectivo,
Mescla de alegria
Que logo fenece...
Quando aos seus olhos
Aparece, em meio aos Abrolhos,
O seu dia a dia, que anoitece.
Lentamente escurece...
O ano termina.
E ele se recrimina, se amofina,
Até desatina...
Descem as lágrimas
Que são como rimas
Da sua dor.
Do seu amargor.
Em dissabor somente
O ser descontente:
“Que hei feito deste ano?
Foram muitos os desenganos...”
“Quanto, meu Deus, deixei de fazer,
Do Teu nome engrandecer?
Quantas vezes Senhor, deixei-me levar
Pelo verbo Negar!
Pelo Verbo Divagar...
Sem conjugar
O verbo Perceber,
O verbo Conceder,
O verbo Compartilhar,
O verbo Retroceder,
O verbo AMAR!
Oh, Senhor! Perdoa esta criatura,
Que Te fez muitas juras,
Que mais Te procura
Quando sofre agruras!
“Que a partir deste alvorecer
Possa eu permanecer
Contigo somente ir vivendo,
De tudo me desprendendo...
E que a todo amanhecer
Possa eu agradecer
Sem muito a recriminar.
Sem muito a chorar.
Vendo-Te ao meu lado
Falando, ou mesmo calado.
Que eu compreenda,
À Tua vontade me renda.
Pois sei, terei como prenda
Um louro singular,
Eterno em Teu lar.
Seja o meu dia a dia deste ano que inicia
Neste dia que anuncia sempre um tesouro
Pela Tua companhia!...
Léo Lima

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

NÓS TE LOUVAMOS, SENHOR!



Neste penúltimo dia do ano nada melhor do que contarmos as bênçãos com que Deus nos presenteou. Eu louvo a Deus porque de uma forma única Ele conduziu a minha vida durante este ano. Meu coração se alegra em Deus meu Pai e no Salvador Jesus Cristo. Que possamos continuar nossa caminhada sempre louvando a Deus e Senhor das nossas vidas. Compartilho mais uma das minhas poesias. Esta que nasceu em 1985. Vale conferir.

Nós Te louvamos Senhor
Pelo ano de Bênçãos incontáveis.
Pelas vitórias imensuráveis.
Pelo trabalho que Te prestamos.
Nós Te louvamos Senhor
Pois somente por Teu amor
Somente por Tua graça
Somente por Teu querer
Podemos agradecer.
Agradecer
Pelo dia que nasceu
Pelo sol que brilhou
Pelo pássaro que cantou
Pela criança que nasceu
Pela dor que do coração verteu
Pela lágrima que se escondeu...
Por tudo que aconteceu
Neste ano que se esvai
Resta-nos sem nem um ai
Louvar-Te! Cantar-Te! Glorificar-Te!
Do nosso Brasil cada irmão
Que num afã
Num ideal, numa só meta
O Teu Nome proclama
Com muito amor e fervor
Com todo destemor
Decidido em proclamar
O Teu nome glorificar.
Nós Te louvamos Senhor!
Pelo hoje, pelo agora,
Pelo ontem e o amanhã que não demora.
Nós Te louvamos Senhor!
Nós Te louvamos Senhor!
Léo Lima

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

ESTILO DE VIDA



Louvarei a Deus com uma canção; anunciarei com gratidão a sua grandeza. Isso será mais agradável a Deus, o Senhor, do que oferecer em sacrifício um touro crescido. Quando os que são perseguidos virem isso, ficarão contentes, e os que adoram a Deus ficarão animados. Pois o Senhor ouve os necessitados e não despreza o seu povo que está na prisão. Louvem a Deus, ó céu e terra, ó mares e todas as criaturas que estão neles! Ele salvará Jerusalém e construirá de novo as cidades de Judá. O seu povo viverá ali e possuirá a Terra Prometida. Os descendentes dos servos de Deus herdarão essa Terra, e aqueles que o amam viverão ali”. (Salmo 69.30-36).
No texto que antecede esta porção do salmo Davi clama por socorro e fala da sua aflição junto ao seu povo. Ele menciona os inimigos que o perseguem e mostra seu desejo de sentir a proteção do Senhor. Após mencionar algumas situações em que se encontra.
Ele clama sabendo que o Senhor o ouve e diz: ‘Ó Senhor Deus, tu és bom e amoroso; responde-me e vem me ajudar, pois é grande a tua compaixão. Não te escondas do teu servo; responde-me agora, pois estou muito aflito. Vem e salva-me; livra-me dos meus inimigos’. (vv. 16-18).
Após sua exposição de fatos ele afirma seu propósito de louvar a Deus e anunciar a grandeza divina. Para Davi adorar ao Senhor é a atitude que mais agrada a Ele e o poeta promete que vai fazer somente o que agrada a Ele.
Que nestes últimos dias do ano possamos fazer uma análise de tudo que temos feito aos que nos cercam e assim estaremos fazendo a Ele como Jesus mesmo afirmou: ‘o que fizeres a um destes pequeninos a mim o fazes’. Louvar a Deus deve ser um estilo de vida para nós.
Léo Lima

domingo, 28 de dezembro de 2014

SATISFAÇÃO



As tuas bênçãos são como alimentos gostosos; elas me satisfazem, e por isso canto com alegria canções de louvor a ti.” (Salmos 64.5).
Senhor, que eu sozinho não apresente um rosto indiferente e mal-humorado,
enquanto todas as tuas criaturas saúdam o amanhecer com cânticos e exclamações de alegria!” (John Baillie). Se nós vivêssemos cada dia com a alegria que contagia os pássaros e alguns corações, teríamos dias mais felizes em que veríamos as coisas com outros olhos. 
Se ao amanhecer nós tivéssemos o primeiro pensamento para louvar e agradecer a Deus pela noite que passou, teríamos um dia pleno da presença de Deus. Não deveríamos nos preocupar logo cedo com as coisas que teremos que resolver neste dia, mas saberíamos que vamos resolvendo todas as coisas e vencendo uma a uma.
Nós gostamos de nos alimentar com uma refeição saborosa pois faz bem ao nosso corpo e nos dá satisfação. Como o salmista diz, é preciso estarmos constantemente gratos a Deus pelas bênçãos que ele nos tem presenteado. Um coração alegre aformoseia o rosto, como disse o sábio, por isso, nada melhor do que deixar a alegria residir em nosso ser. O pensador J. B. Boussuet disse: “A maior alegria que um homem pode sentir é a de ver, sem inveja, a felicidade alheia”.
Portanto, desejo chamar sua atenção para a necessidade de viver de bem com a vida e com as pessoas que lhe cercam. Se elas apresentam felicidade, alegre-se com elas; mas se estão tristes, sinta um pouco desta dor e procure transmitir um pouco da sua alegria em Cristo para que elas possam sentir que existem pessoas que sabem amar. Se tivermos o amor de Deus em nós logo teremos muito a dar aos que nos cercam.
O salmo inicial mostra que as bênçãos divinas saciam todos os desejos que ele comparou com a comida que sacia a fome física e dá prazer. Por esta razão ele diz que sua tranquilidade no Senhor provoca cantos de louvor e adoração a Deus. 
Um amanhecer grato alegra um dia de bênçãos! 
Léo Lima