COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

ORAÇÃO

Hoje estou compartilhando com você mais uma das poesias do livro "Vê" -Templo do Teu amor-. Ela é composta de versos que formam uma oração. E é o desejo expresso por um coração que anseia estar no centro da perfeita vontade de Deus. Que o Senhor Jesus abençoe a sua vida.

Senhor faça em mim Teu santuário.
Que meu coração em festim
Receba a Tua graça diária. 
Perpassando este templo purificando,
Restaurando para ser um exemplo.
Tirando todas as manchas, nódoas...
O que deixei de fazer
Meu irmão que não vi sofrer.
Meu filho, porventura a esquece.
O pobre, o aflito...
O que vive em conflito,
Aquele que busca em vão
Uma Luz, uma Razão.
Meu amigo do coração que deixei de dar a mão
Oh, Senhor! Quanta ingratidão!
A mim deste tanto e no entanto
A sós no meu canto minha dor choro,
A alegria canto.
É só eu que preciso?
Oh, não! Se submisso me tornar
E em mim Teu templo edificares,
Modelares, purificares
Prestarei a contento o culto constante,
E meus semelhantes verei consoantes a mim!
Oh! Sim Senhor!
Que eu seja o Templo do Teu amor!...

Léo Lima

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

BONDADE

Ser bondoso com os pobres é emprestar ao Senhor, e ele nos devolve o bem que fazemos.” (Provérbios 19.17).
É difícil encontrar um ser humano naturalmente bom. A nossa bondade geralmente se manifesta com as pessoas que mais amamos. O sábio ressalta que todo aquele que é bondoso com os necessitados de alguma forma acumula com o Senhor.
Se nos detivermos e analisar cada uma das boas atitudes da nossa parte veremos que antes mesmo que pensar em qualquer prêmio somos recompensados de imediato com uma satisfação interior por termos feito algo de bom a quem precisa.
Jesus mostrou-nos de forma bastante prática o que é fazer o que agrada a Deus. E, muito mais que qualquer coisa Jesus mesmo disse: Tudo que fizerem a um dos que precisam a mim o fazes. Portanto, quando fazemos a alguém algo de bom fazemos como ao Senhor.
‘Façamos o bem.’

Léo Lima

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

OBEDIÊNCIA

Quando ouvires a voz do Senhor teu Deus, bendito serás tu na cidade.” (Deuteronômio 28.2,3).
O texto inicial chama-nos atenção para ouvir com atenção. Ouvir não somente o escutar, mas entender e obedecer. Outra versão completa diz: “Obedeçam ao Senhor Deus, e ele lhes dará todas estas bênçãos: – Deus os abençoará nas cidades e nos campos.” Para aquele que ouve a Deus e faz o que Ele deseja recebe bênçãos celestes.
Quando fazemos aquilo que o Senhor requer de cada um de nós é que seremos ricamente abençoados. Estas bênçãos não serão somente materiais como uma vida de paz.
Esta promessa nos faz lembrarmos de que podemos viver coisas boas vindas do Pai, como vivermos coisas boas com nosso próximo. Esta promessa nos faz recordar que precisamos compartilhar a mensagem de boas novas. Ao ouvirmos e obedecermos teremos recompensa vinda de Deus.
Léo Lima

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

MISSÃO DE AMOR

Posto hoje uma das poesias do meu livro 'Vê'. O meu desejo é que este seja mais um dia na presença do Senhor e que tenha a alegria de viver na presença do Rei. Que o Senhor fale ao seu coração.

Quando terminou a oração estava cansado, mas calmo.
Pois, Ele passou por grande aflição,
No jardim andou, palmo a palmo.
De repente uma turba feroz veio barrar-lhe o caminho
Pois Judas seria o algoz na morte de cruz e espinho!
Foi cruel Seu julgamento! Ele calado aceitando tudo...
Foi bem longo Seu tormento, mas continuou sempre mudo...
Quando já na cruz o Pai mostrou Sua glória no firmamento,
Saiu uma súplica, um ai somente por um momento.
Foi escarnecido, injuriado, foi cuspido, foi tudo horror!
Mas enquanto era maltratado dizia: "Perdoa-lhes, Senhor!"
Diante do quadro trágico é como se o visse agora
Naquela rude cruz, estático, interceder por mim nesta hora!
Por que recusas tanto amor? Por que, é tudo gratuito?
Não vês o que sofreu Senhor somente por um intuito?
É o de em Seu reino ver-te como Deus o imaginou,
E no jardim Ele ter-te Jardim que Ele mesmo criou!

Léo Lima

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

GRAÇA LIBERTADORA

"Porque nós pelo espírito da fé aguardamos a esperança da justiça." (Gálatas 5.5). "E de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados, por ele é justificado todo aquele que crê." (Atos 13.39).
No texto acima entendemos que: "A justificação outorga ao crente o direito e a garantia da glória futura, a respeito da qual as Escrituras nos fornecem a promessa." (Christmas Evans).
Precisamos sentir que em meio à tão propagada justiça, deve estar como prioridade, a liberdade. O apóstolo Paulo, que com entusiasmo pregava esta liberdade, também exortava os crentes a conservá-la. E acima de tudo ele dizia que a lei não nos justifica, mas sim, o sangue de Cristo. Jesus Cristo, o justo, nos dá a graça libertadora. Todo aquele que crê no Senhor Jesus é justificado pela fé. A partir do momento que temos fé, a esperança é como um raio que reflete nosso viver! Não seremos justificados por méritos próprios, mas pela grandiosa graça divina.
A Justiça que Deus fará a cada um de nós será resultado da justificação outorgada por Jesus Cristo, que resultou de Sua morte e ressurreição. Cristo nos libertou dos nossos pecados. Liberdade e justiça se entrelaçam por Cristo Jesus. Mas, o sacrifício de Jesus é resultado do amor de Deus, o Pai e do Filho, Jesus. É bom lembrarmos que as misericórdias divinas se renovam a cada manhã para conosco!
Precisamos aprender a viver a liberdade em Cristo. Liberdade que nos permite chegarmos a Ele sem nada que nos intimide, pois através de nosso arrependimento, como ato imediato, a Sua Justiça nos alcança! Como é bom vivermos uma vida cheia de esperança, na certeza de que temos um Deus Justo, que nos ama e cuida de nós a cada dia!
Jesus oferece agora mesmo a graça que liberta.

Léo Lima

domingo, 26 de janeiro de 2014

PALAVRAS DE VIDA

Bom dia! Desejo que reflitamos mais no valor da Palavra de Deus a Bíblia. Ela nos alimenta a alma e nosso espírito é fortificado a cada porção que lemos e meditamos. Ela mesma nos mostra como é bom dela nos alimentarmos a cada dia: “Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca.(Salmo 119.11,103). E poesia extraída do meu livro vê nos leva a pensar nela. Louvado seja nosso Deus por palavras tão especiais que chegaram até nós.

A BÍBLIA
São milhares os livros existentes.
Ao forçar a mente, livro o pensamento,
Que impertinente busca o mais antigo.
Um que tudo diz que fala comigo
E mostra muito do que já fiz de bom ou mal.
É preciso ser sal!
É preciso algo que reluz.
É necessário também ser Luz!
Oh! O Livro dos livros.
Sinceramente, Ele tudo contém para alegria da gente.
Ele tudo dá também.
Conta-nos a história inglória da humanidade pervertida pelo pecado
Até nos dizer o futuro, na eternidade.
Diz-nos da glória do nosso Pai que nossos ais
Que o EU oculto ELE VÊ não só o vulto.
E para nosso indulto
Mandou-nos como prometido, na própria Bíblia Sagrada,
Onde Deus se revela à humanidade, o Seu filho, que comedido,
Aceita livrar a ingrata gente de todas as eras.
É a vontade, é o amor sem medidas.
É o amor que persevera!
A Bíblia é Deus falando cada dia, persistente cada ser acalentando.
Se há vago, ou se está carente Ele preenche, com Ela completa.
Se há alegria, no coração irradia  a luz da felicidade
A esperança da eternidade!
A Bíblia é Amor!
É Promessa. É justiça. É Perdão. É Cristo Redentor.
É a Liberdade.
É a eterna Salvação!...

Léo Lima

sábado, 25 de janeiro de 2014

VEJA CRISTO

Hoje compartilho a poesia que deu nome ao meu livro 'Vê'. Ela lembra que mesmo que estejamos totalmente perdidos o Senhor sabe onde estamos e o que necessitamos em cada momento. Que Ele possa estar vendo sua vida e abençoando grandemente cada momento seu. Convido você a VER!

Como náufrago em mar imenso sente a ânsia,
A sede, o abismo, jaz tenso, sem lambança...
Em total agonia, total aflição, total prostração...

Olha o céu, é somente céu e mar, conjunto de mar e céu!
Tenta, em vão, refletir, pensar.
Tudo caos. Ao léu...
É um grande lençol azul e branco muito claro tudo franco!...
 
Mas ele, sente-se lentamente sucumbir...
Com uma tábua na mão frágil, pequena, que não dá prá suprir
Todo seu corpo então...
Corpo doído, magoado, cansado. Torturado...
 
VÊ. VÊ! Será verdade ou alucinação?
Uma pequena ilha...
E como que embriagado, em confusão é jogado àquela trilha...
Por uma onda camarada, amiga... Que não mais castiga!
 
O porto desejado, ansiado, esperado, a terra da salvação
Lábios ressequidos, olhar esbugalhado, o corpo em prostração...
Agora sente nascer doce esperança feliz como a criança.
 
Isso mesmo ocorre em nossas vidas.
As angústias, aflições.
Tanto mal. As mais profundas feridas sangram os corações!
Neste viver segue o homem abrupto deveras mui corrupto.
 
Todavia em meio ao naufrágio constante a ilha segura...
Como resposta ao grito retumbante a voz calma, pura...
O homem VÊ. Escuta. É Cristo!
"Por você fiz isto..."
 
Sim. Foi à rude cruz submetido nosso Mestre amado.
Pelas nossas aflições acometido, sacrificado...
Que um abrigo seguro, muito mais, amigo, Ele dá a paz!

Léo Lima

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

PRESENÇA CERTA

Eu estarei com você e o protegerei em todos os lugares aonde você for. E farei com que você volte para esta terra. Eu não o abandonarei até que cumpra tudo o que lhe prometi.” (Gênesis 28.15).
A promessa acima foi feita a Jacó. Ele sonhara e na luta pediu que Deus o abençoasse. Deus promete não só uma bênção, mas que ele seria pai de um povo especial para Deus.
A história bíblica conta que esta promessa se cumpriu. Foi deste povo que nasceu o Salvador da humanidade.
A promessa se estende a cada um que busca ao Senhor. Jacó ouviu a voz de Deus e obedeceu. A ordem é para cada um que vive uma nova história com Jesus: Anunciar as boas novas de salvação.
Como estamos agindo? O Senhor nos protege e mostra o caminho que devemos seguir. Estamos reconhecendo Deus a cada passo que damos?
O nosso Deus não nos abandona. Muitas vezes nós é que nos distanciamos dele. Louvemos e adoremos a Deus com nossos atos.

Léo Lima

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

OLHAR DE JESUS

"E, quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa." (Lucas 19.5).
A linguagem mais conhecida, mais usada, mais penetrante e que não mente, é aquela transmitida por um olhar. Sem palavras, sem idiomas, sem nada sonante. Todavia, ela penetra no mais profundo do ser. Isso, entre pessoas falhas, criaturas com muitos erros. Imaginemos estar ante o olhar de Jesus Cristo.
Quando lemos o texto acima, não podemos fugir ao contexto para lembrarmos Zaqueu que praticou uma atitude infantil, subir em uma árvore para ver Jesus. A sua atitude era própria da criança, não somente dada a sua estatura, mas com a ansiedade, a esperança da mesma. E para espanto da multidão, ele sentiu, viu em si mesmo o toque do olhar de Jesus. A alegria estava refletida em seu semblante, pois conseguira ver Jesus! Murmurações foram ouvidas, censuras pela atitude de Zaqueu e de Jesus. Jesus lhe dissera que iria ser seu hóspede. E como isto causava espanto, causava ciúmes. Alguns pensavam: "Jesus deveria ir à minha casa, eu que o sigo sempre..."
Como seria se hoje nós estivéssemos por alguns instantes ante o olhar de Jesus? Como seria ver Seus olhos a nos fitar? Entretanto, Ele tem seus olhos fitos em nós, olhar que demonstra todo amor por nós. Sabemos que com os nossos olhos naturais não podemos ver Jesus, mas com os olhos da fé isto se torna possível. 
Que possamos exercitar o nosso olhar espiritual para contemplar o nosso Mestre entre nós! Olhe para Jesus e aceite o amor que Ele lhe oferece.

Léo Lima

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

SEM LÁGRIMAS

E Deus limpará dos seus olhos toda a lágrima.” (Apocalipse 21.4).
Buscamos nos ater a promessas que as pessoas nos fazem. Esperamos que elas sejam cumpridas. Mas são tantas as vezes que o ser humano se decepciona que se torna difícil acreditar. No entanto uma promessa como esta do Livro profético nos deixa tranquilos quanto a todo sofrimento que poderia nos afligir.
O futuro com o nosso salvador é de um novo céu e uma nova terra em que a dor não fará morada. O nosso Mestre quem nos tirará toda a lágrima. A eternidade com Deus será mais gloriosa do que podemos imaginar.
Quem mais poderia limpar as lágrimas de forma definitiva? Somente o Deus de amor que cumpre o que promete. ‘O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã’.
Maranata! Ora vem Senhor Jesus!

Léo Lima

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

RESULTADO DA FÉ

Ao paramos para refletir sobre nossa fé, percebemos que ela é muito mais fraca e pequena do que imaginamos. Para caminharmos nesta vida, toda jornada que temos pela frente precisamos, às vezes, parar para avaliar o que estamos fazendo conosco.
 Em uma das conversas de Jesus com seus discípulos Ele os exortava sobre muitas coisas, inclusive o poder da fé. No Evangelho de Lucas 17.6 Jesus diz: "Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Desarraiga-te daqui, e planta-te no mar; e ela vos obedeceria." Quando lemos estas palavras podemos ver que não temos fé. Se a temos é tão pequena que às vezes nem mesmo nós podemos perceber. Sim, ter fé como um grão de mostarda é quase nada, mas com esse pouco nos seria possível realizar milagres em nome do Senhor. E, para obtermos essa fé tão necessária é preciso chegar diante do trono de Deus e pedir fé e em nome de Jesus. É preciso que esta oração seja uma súplica ardente e que brote de um desejo real.
O grão de mostarda! Era o menor grão existente na época, e, se pararmos para pensar verdadeiramente concluímos que pelas nossas obras a nossa fé, é praticamente nada. E seja qual for a quantidade de dias que vivermos, vamos usá-los para praticarmos esta necessidade vital para nós. Crescer de fé em fé!
Diante dos muitos conselhos que Jesus passava para os seus discípulos, como por exemplo, o perdão, eles imediatamente falaram: "Senhor, acrescenta-nos a fé." Quando nós descobrimos o quanto é importante este dom, e isto em momentos aflitivos, aí sim, corremos para Deus. Esta é uma corrida necessária, uma busca prioritária, mas que deve ser uma prática diária. Jesus mesmo prometeu: "Todo aquele que pede, recebe; o que busca, encontra e ao que bate, a porta se abre." Sabemos que Ele, nosso Pai, está pronto a nos atender, a acrescentar o que pedimos, especialmente a fé e muito mais do que imaginamos nos será dado.
Precisamos estar a cada instante recebendo um Toque de Fé, que nos proporcionará a realização de grandiosas coisas no Senhor. Dádivas de Fé! São elas que irão acrescentar vitórias em nossa vida! Que possamos exercitar a fé que temos para que o nome do Senhor seja glorificado nas nossas vidas!

Léo Lima

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

VITORIOSOS

Portanto, se vocês têm ouvidos para ouvir, então ouçam o que o Espírito de Deus diz às igrejas. ‘Aos que conseguirem a vitória eu darei o direito de comerem da fruta da árvore da vida, que cresce no jardim de Deus’.” (Apocalipse 2.7).
Todo ser humano deseja Ser vitorioso. Uns procuram a vitória na prática do bem outros, infelizmente, desejam-na praticando coisas que prejudicam outras pessoas. Esta é a realidade da vida. Onde pessoas estão suas práticas são boas ou ruins.
Entretanto, o texto que temos para nossa reflexão é dirigida aos crentes da igreja de Éfeso. São pessoas que conhecem a graça de Deus.
Aqui temos que enfrentar inimigo poderoso e para que sejamos vitoriosos é preciso: vencer a nossa falta de ânimo tantas vezes presente em nós. É necessário que vençamos cada inimigo que se prostra entre nós e Deus.
Já ganhamos a graça divina no momento em que nos convertemos e iniciamos a jornada com o Senhor. Precisamos ter em mente a promessa do Senhor: ‘estarmos no Jardim de Deus e desfrutarmos dos prazeres que Ele nos tem reservado’.
É preciso lutar com a força do Senhor a cada passo para que esta preciosa vitória seja desfrutada no porvir.
Léo Lima

domingo, 19 de janeiro de 2014

AJUDA ALGUÉM

"Felizes os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus. (Mateus. 5.9) Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade." (I João 3.18).
Uma das maiores ambições do ser humano é desfrutar da felicidade. Este estado de espírito é loucamente procurado. E entre tantas buscas e desejos, ela, às vezes, passa sem ser percebida. Sim, para muitos a felicidade passa e só sentem seu leve roçar como a brisa matinal. A raridade com que as pessoas a reconhecem é que a faz ser tão ambicionada!
No sermão do monte, Jesus encontrava-se em uma elevação frente a uma grande multidão que ensinava. Pela narrativa de Mateus podia-se distinguir ao longe, no horizonte, sentir mesmo, a felicidade que as palavras de Jesus proporcionavam aos seus ouvintes. Neste ponto, Ele ensinava como a pessoa pode ser feliz! Ou estava dizendo quem era feliz! "Felizes as pessoas que trabalham pela paz, pois Deus as tratará como seus filhos." Esta é uma das condições para ser feliz. Ser pacificador, trabalhar em favor da conciliação e harmonia entre as pessoas. Muitas vezes nós temos tudo para usufruir esta felicidade e não estamos tendo sabedoria suficiente para lidarmos uns com os outros. Assim deixamos de usufruir desta condição de filhos de Deus!
Algum tempo depois, João, o apóstolo do amor, nos exorta assim: "Meus filhinhos, o nosso amor não deve ser somente de palavras e de conversaDeve ser um amor verdadeiro, que se mostra por meio de ações." Quem ama com o amor verdade, amor com obras, este irradia paz! Quem é filho, é feliz, mas muito mais aquele que distribui este sentimento de maneira adequada. Quem ama conforme o texto diz distribui a paz aos que o cercam. Esta pessoa é feliz!
Você já usufrui esta parcela da felicidade? Jesus disse que se você for pacificador, você será chamado filho de Deus. Ele quer lhe dar um espírito de pacificação, basta que você o deseje.
AJUDA HOJE ALGUÉM!
Léo Lima

sábado, 18 de janeiro de 2014

TRANSFORMADOS

Bom dia! Compartilho mais uma das poesias do meu livro Vê. Que o Senhor nos dê a cada momento a capacidade de nos aproximarmos Dele a cada momento. Louvado seja o Senhor!
Vasos Transformados
Deus nunca, nunca se engana...
Nós procuramos ocultar-nos, e nosso olhar se empana
Até divagamos...
Porém Deus que tudo vê, tudo sonda
Como lenta onda
Vai penetrando o nosso coração
Que Ele Vê com antecipação!...
Então o eco retumba em coro...
O crente totalmente envergonhado
Chora desesperado...
De uma maneira tal arrependido
Como a nau perdida busca socorro, um calmo abrigo.
Acha! Jesus amigo, que agora por nós está advogando
E nos abençoando!
Ó coração contristado, vai agora!
Deus não demora quer uma bênção lhe dar.
Acalma! Cristo limpa sua alma!
Sejamos vasos transformados.
Sempre inconformados das bênçãos celestes reter,
Que com amor Cristo quer repor!

Léo Lima