COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

terça-feira, 25 de julho de 2017

EXULTAÇÃO

Mesmo que a minha pele seja toda comida pela doença, ainda neste corpo eu verei a Deus. Eu o verei com os meus olhos; os meus olhos o verão, e ele não será um estranho para mim. E desejo tanto que isso aconteça!”. (Jó 19.26-27).
No momento de grande angústia Jó exclamou que acreditava em Deus e que Ele era justo para que pudesse declarar o que o seu coração desejava. Ele gritou bem alto que acreditava em seu remidor e que Ele estava vivo. Ele queria ver o Senhor e se ver justificado por Ele. Paulo disse que para aqueles que amam ao Senhor os desejos do coração são direcionados pelo Senhor. ‘Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade’. (Filipenses 2.13).
Muito mais do que somente desejar é nutrir a confiança em Deus e poder afirmar conforme Paulo fez referência de que ele se sentia firme e seguro em Deus que lhe dava forças. ‘Posso todas as coisas naquele que me fortalece’. (Filipenses 4.13).
O salmista afirmou que se a nossa alegria estiver alicerçada em Deus Ele, o Senhor vai nos dar o que nosso coração almeja. ‘Que a sua felicidade esteja no Senhor! Ele lhe dará o que o seu coração deseja’. (Salmo 37.4). Portanto, se conseguirmos nos alegrar no Senhor os nossos desejos serão alcançados.

Léo Lima

segunda-feira, 24 de julho de 2017

ANTE O TRONO

Então Ana orou assim: O Senhor Deus encheu o meu coração de alegria; por causa do que ele fez, eu ando de cabeça erguida. Estou rindo dos meus inimigos e me sinto feliz, pois Deus me ajudou. Ninguém é santo como o Senhor; não existe outro deus além dele, e não há nenhum protetor como o nosso Deus”. (I Samuel 2.1-2).
A oração inicial foi feita por uma mãe com o coração cheio de gratidão a Deus. Ela teve fé quando fez o seu pedido. Sobre a fé Paulo disse que: ‘Portanto, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem vem por meio da pregação a respeito de Cristo’. (Romanos 10.17).
O Senhor disse ao profeta Jeremias que se houvesse clamor Ele responderia. ‘E Deus continuou: – Jeremias, se você me chamar, eu responderei e lhe contarei coisas misteriosas e maravilhosas que você não conhece’. (Jeremias 33.3). Hoje você já agradeceu a Deus com louvores?
Ana voltou ao templo para agradecer. Davi sempre adorava a Deus após as vitórias que Ele lhe dava e nos deixou o exemplo. ‘Então, ali em frente de todo o povo, o rei Davi louvou a Deus, o Senhor. Ele disse: – Ó Senhor, Deus do nosso antepassado Jacó, bendito sejas para sempre! Tu és grande e poderoso, glorioso, esplêndido e majestoso. Tudo o que existe no céu e na terra pertence a ti; tu és o Rei, o supremo governador de tudo’. (I Crônicas 29.10-11).

Léo Lima

domingo, 23 de julho de 2017

REDIMIDOS

Vinde então, e arguí-me, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã”. (Isaías 1.18).
O pensamento leva-nos por caminhos distantes, estradas nunca percorridas, paisagens totalmente desconhecidas, sendas abertas, floridas!... A introspecção nos conduz a um mundo estranho, fechado até mesmo a nós, mundo algumas vezes mau, mesquinho. A natureza humana por si só não é a coisa mais bonita.
O texto acima possui outra tradução: ‘Vinde, pois, e arrazoemos...’ este é um convite aberto para um sério ajustamento de contas, como o que Jó havia pedido em ‘Ali o homem reto pleitearia com ele, e eu me livraria para sempre do meu juiz’. (Jó 23.7). Em nosso estado natural, antes da salvação por Jesus Cristo, precisamos ouvir este convite e aceitá-lo, e meditar junto ao Senhor. Fazermos, mesmo, uma avaliação de nossos atos interiores, e, por mais cheios de pecado que possamos estar, por mais que nossos pensamentos sejam vermelhos, eles tornar-se-ão brancos como a neve. É esta a promessa que temos do nosso Pai!
Se procurarmos o nosso Deus e junto a Ele fizermos uma análise, nos arrazoarmos, questionarmos e perguntarmos se a Justiça Divina que excede todo entendimento poderá transformar todos os momentos escuros em momentos de paz, assim saberemos que Ele mesmo se oferece a nos revestir da brancura da santidade! A redenção pela graça!

Léo Lima

sábado, 22 de julho de 2017

COMPORTAMENTO

Por causa da bondade de Deus para comigo, me chamando para ser apóstolo, eu digo a todos vocês que não se achem melhores do que realmente são. Pelo contrário, pensem com humildade a respeito de vocês mesmos, e cada um julgue a si mesmo conforme a fé que Deus lhe deu”. (Romanos 12.3).
O orgulho separa o homem de Deus, mas a humildade aproxima. A humildade leva a distinguir o pecado e a pedir perdão. A dependência também ajuda nos relacionamentos com outras pessoas. O humilde sabe que não é melhor que ninguém e que todos merecem amor e atenção.
O Mestre demonstrou aos seus ouvintes como uma pessoa devia ser humilde. ‘Jesus chamou uma criança, colocou-a na frente deles e disse: – Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não mudarem de vida e não ficarem iguais às crianças, nunca entrarão no Reino do Céu. A pessoa mais importante no Reino do Céu é aquela que se humilha e fica igual a esta criança’. (Mateus 18.2-4).
Pedro reforçou estas palavras muito tempo depois exortando os cristãos a que fossem humildes na submissão a Deus. ‘Portanto, sejam humildes debaixo da poderosa mão de Deus para que ele os honre no tempo certo’. (I Pedro 5.6).
Tiago conclamou aos cristãos a que provassem ser sábios e inteligentes e isto com o comportamento que agrada a Deus. ‘Existe entre vocês alguém que seja sábio e inteligente? Pois então que prove isso pelo seu bom comportamento e pelas suas ações, praticadas com humildade e sabedoria’. (Tiago 3.13).

Léo Lima

sexta-feira, 21 de julho de 2017

IGUALDADE

Zelofeade não tinha filhos; só filhas. Os nomes delas eram Macla, Noa, Hogla, Milca e Tirza. Elas foram falar com o sacerdote Eleazar, com Josué e com os líderes e disseram: – O Senhor Deus ordenou que Moisés desse não só aos nossos parentes do sexo masculino, mas também a nós uma parte da terra para ser nossa propriedade. E, como Senhor havia mandado, elas também receberam terras para serem sua propriedade”. (Josué 17.3b-4).
Josué estava fazendo a distribuição da terra prometida. Ele mencionava os homens de cada família. Então uma família que só tinha mulheres como filhas não foi mencionada e elas disseram: ‘O Senhor Deus ordenou que Moisés desse não só aos nossos parentes do sexo masculino, mas também a nós uma parte da terra para ser nossa propriedade’. Estava, pois, sendo reclamado o direito de igualdade.
Jesus valorizou todas as pessoas independente de serem homem ou mulher. Ainda havia discriminação de outras formas, como Pedro que entendia que a salvação era somente para os judeus. Depois de algumas experiências ele disse: ‘Então Pedro começou a falar. Ele disse: – Agora eu sei que, de fato, Deus trata a todos de modo igual, pois ele aceita todos os que o temem e fazem o que é direito, seja qual for a sua raça’. (Atos 10.34).
Paulo mencionou esta situação a Timóteo quando disse que não existe nenhuma diferença entre as pessoas: ‘Desse modo não existe diferença entre judeus e não-judeus, entre escravos e pessoas livres, entre homens e mulheres: todos vocês são um só por estarem unidos com Cristo Jesus’. (Gálatas 3.28). Para Deus somos todos iguais.

Léo Lima

quinta-feira, 20 de julho de 2017

DÚVIDAS

Muitas pessoas que ouviram essas palavras afirmavam: – De fato, este homem é o Profeta! Outros diziam: – Ele é o Messias! E ainda outras pessoas perguntavam: – Mas será que o Messias virá da Galiléia? As Escrituras Sagradas dizem que o Messias será descendente de Davi e vai nascer em Belém, onde Davi morou. Então o povo se dividiu por causa dele. Alguns queriam prender Jesus, mas ninguém fez isso”. (João 7.40-43).
Jesus estava sempre atento a tudo que acontecia ao seu redor. Desta feita as conversas se referiam à sua pessoa e muitos pensamentos divergentes sobre o Senhor. As diferentes opiniões provocaram uma divisão entre o povo.
A dúvida faz parte da vida do ser humano. Muitas vezes a dúvida causa temor e pode nos neutralizar. Por isso, o equívoco é um inimigo que nos impede de existir com o que Deus tem para nós. É por essa razão que a Bíblia diz que sem fé é impossível agradar a Deus, porque precisamos crer e não duvidar de que Ele é poderoso e leal.Mas ele disse: – Por que vocês estão assustados? Por que há tantas dúvidas na cabeça de vocês?’ (Lucas 24.38).
Muitas dúvidas pairam entre as pessoas sobre quem é Jesus e o que Ele veio fazer. As divisões, muitas vezes acontecem porque os pensamentos são divergentes e onde há dúvida a ansiedade se faz presente e Jesus falou sobre isso: ‘Jesus disse: – Não fiquem aflitos. Creiam em Deus e creiam também em mim. Na casa do meu Pai há muitos quartos, e eu vou preparar um lugar para vocês. Se não fosse assim, eu já lhes teria dito’. (João 14.1-2). Portanto, a única coisa que se deve fazer é crer em Deus e no Seu único Filho.

Léo Lima

quarta-feira, 19 de julho de 2017

PENSAMENTOS

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.” (Filipenses 4.8).
Para ter uma consciência crítica é preciso agir e reagir, pois a vida mostra necessidades fundamentais a fim de que se tenha uma vivência com equilíbrio e que seja adequada aos seus reais fundamentos. Conhecer é perceber o que é um processo psicológico, e, portanto, responsável pelo comportamento humano tornando-se imprescindível para formar a consciência e analisar conceitos, valores e opiniões.
Não se pode formar nenhum conceito sem antes adentrar-se e conseguir ver as suas capacidades reais. Isto pode ser um processo doloroso, pois o entrar em seu interior provoca na pessoa um reconhecimento do que ela foi ou é, sem máscara ou tratamento, olhar-se como é. Para as pessoas regeneradas este processo será menos doloroso, pois se lembrará que Cristo já perdoou e limpou todas as coisas velhas e impuras que residiam em seu interior. Ela pode então olhar dentro de si e começar a formar outros conceitos que transformarão sua vida em vivência equilibrada e adequada, contribuindo para um mundo melhor.
Portanto, pensar é preciso. É notório que os passos para se elaborar os pensamentos começa com o trabalhar com a repetição. Já o entendimento é capaz e necessário para se conhecer. E ele nesta tarefa é auxiliado pela memória e a faculdade de criar a partir da combinação de ideias. Isto sugere à pessoa um exercício de memória.
A pessoa precisa sair de si ou talvez, da sua alienação reconhecendo existir muito mais do que seu mundo restrito e para que isto aconteça ela deve controlar seus pensamentos. ‘se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai’. Esta é uma chamada à que se conheça e se viva neste mundo cheio de conflitos e opiniões divergentes, que mostram, desta forma, como deve ser nossos pensamentos. Jesus deixou exemplo de não se conformar com as coisas como elas estavam.

Léo Lima

terça-feira, 18 de julho de 2017

NOVA VITÓRIA

Aleluia! Cantem a Deus, o Senhor, uma nova canção. Louvem a Deus na reunião dos seus servos fiéis. Alegre-se, ó povo de Israel, por causa do seu Criador! Fique contente, ó povo de Jerusalém, por causa do seu Rei! Louvem a Deus, o Senhor, com danças e, em seu louvor, toquem pandeiros e liras. Pois o Senhor está contente com o seu povo; ele dá aos humildes a honra da vitória. Que os seus servos fiéis se alegrem com a vitória e cantem alegremente nas suas festas! Que eles louvem a Deus, gritando bem alto, com espadas afiadas nas mãos para derrotar as nações e castigar os povos; para prender os seus reis e as suas autoridades com pesadas correntes de ferro; para castigar as nações como Deus mandou! Essa é a vitória dos seus servos fiéis. Aleluia”! (Salmo 149).
Qual é a nossa vitória hoje? Este salmo é feito de palavras que lembram as vitórias que o povo de Deus viveu e vive. O convite à alegria é mencionado várias vezes. O motivo deste convite é que Deus se mostrou contente com as atitudes deles e os abençoou.
Davi sempre comemorava quando se sentia vitorioso, pois ele sabia que cada conquista que eles tinham devia agradecer ao Senhor: ‘Pois o Senhor está contente com o seu povo; ele dá aos humildes a honra da vitória’.
Ser vitorioso é o desejo de cada um. Deus nos concede a cada manhã o presente das suas misericórdias e o que estamos fazendo com elas? Qual é a sua vitória ou a que espera neste dia? Louvemos e adoremos ao Senhor com cânticos e hinos de louvor.

Léo Lima

segunda-feira, 17 de julho de 2017

ÚNICO SENHOR

Este Deus faz tudo perfeito e cumpre o que promete. Ele é como um escudo para os que procuram a sua proteção. O Senhor é o único Deus; somente Deus é a nossa rocha. Ele é o Deus que me dá forças e me protege aonde quer que eu vá”. (Salmo 18.30-32).
Davi fala nesta poesia que o Senhor deve ser enaltecido e lembra o seu povo de que Deus é o único Deus. Aconselha, também, que Ele é a rocha e deve ser enaltecido, pois Ele é o Senhor que protege e dá forças àquele que O busca.
Da mesma forma Moisés cantou estes versos enquanto recordava os mandamentos do Senhor. ‘Escute, povo de Israel! O Senhor, e somente o Senhor, é o nosso Deus. Portanto, amem o Senhor, nosso Deus, com todo o coração, com toda a alma e com todas as forças’. (Deuteronômio 6.4-5). Assim devemos nos recordar que devemos amar ao Senhor com todo o nosso coração.
Em uma carta escrita por Judas, não o que traiu Jesus, mas por seu irmão que conclama a todos os cristãos que precisamos dar o louvor a Deus que devemos adorar. ‘Por meio de Jesus Cristo, o nosso Senhor, louvemos o único Deus, o nosso Salvador, a quem pertencem a glória, a grandeza, o poder e a autoridade, desde todos os tempos, agora e para sempre! Amém!(Judas 1.25).

Léo Lima

domingo, 16 de julho de 2017

DÍVIDA DE AMOR

Existem sete coisas que o Senhor Deus detesta e que não pode tolerar o olhar orgulhoso, a língua mentirosa, mãos que matam gente inocente, a mente que faz planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que diz mentiras e a pessoa que provoca brigas entre amigos”. (Provérbios 6.16-19).

Este texto provoca a reflexão. Cada uma das coisas que o Senhor detesta são atitudes que afrontam ao próximo. Deus não tolera o olhar orgulhoso, aquelas pessoas que olham para outros com arrogância e que menosprezam seu semelhante.

Ele ainda não aceita a mentira. A mentira é do Diabo. Mas aqueles que matam pessoas inocentes e os que fazem planos perversos contra o seu próximo, Deus não pode tolerar. Os pés que se apressam para cometer maldades e a testemunha falsa que mente e a que provoca brigas entre amigos estas atitudes o Senhor detesta.

Podemos ver que as coisas que Deus não gosta mesmo são coisas que fazemos contra o nosso próximo. Jesus disse que devemos amar o nosso próximo como amamos a nós mesmos. Portanto, amar deve ser nossa prioridade. Nossa maior dívida deve ser sempre o amor. esta dívida deve ser paga a cada momento!

Léo Lima

sábado, 15 de julho de 2017

CONFIANÇA IRRESTRITA

Somente a ti, ó Senhor Deus, a ti somente, e não a nós, seja dada a glória por causa do teu amor e da tua fidelidade. Por que é que as outras nações nos perguntam: “Onde está o Deus de vocês?” Nós respondemos: “O nosso Deus está no céu; ele faz tudo o que quer. Os deuses das outras nações são de prata e de ouro, são feitos por seres humanos. Eles têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não veem. Têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram. Têm mãos, mas não podem pegar; têm pés, mas não andam; e da garganta deles não sai nenhum som. Que fiquem iguais a esses ídolos aqueles que os fazem e os que confiam neles!” Ó israelitas, confiem em Deus, o Senhor! Ele é a ajuda e o escudo de vocês. Sacerdotes de Deus, confiem no Senhor! Ele é a ajuda e o escudo de vocês. Confiem no Senhor, todos os que o temem! Ele é a ajuda e o escudo de vocês”. (Salmo 115.1-11).
A orientação deste salmo é que devemos adorar somente a Deus. Somente o Senhor é digno de toda adoração por parte das pessoas que Ele mesmo criou. Quando pensamos no amor divino e sua fidelidade logo nos lembramos de que devemos adorar ao Senhor em todo o tempo.
O salmista faz menção de que ídolos não se comunicam com as pessoas. As imagens feitas por mãos humanas não têm poder de fazer nada. ‘Eles têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não veem. Têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram. Têm mãos, mas não podem pegar; têm pés, mas não andam; e da garganta deles não sai nenhum som’. (vv. 5-7). Como é triste quando nos lembramos de que a idolatria faz parte da vida de muitas pessoas que se esquecem de que devem adorar somente a Deus. Pedir somente ao Senhor foi o que Jesus mandou.
A confiança que devemos ter no Senhor deve ser irrestrita e sincera. Podemos e devemos esperar somente Nele que está sempre atento às nossas necessidades. Louvado seja o Senhor!

Léo Lima

sexta-feira, 14 de julho de 2017

EM AMOR

Ora, achou-se nela um sábio pobre, que livrou a cidade pela sua sabedoria; contudo ninguém se lembrou mais daquele homem pobre(Eclesiastes 8.15).
 A história deste sábio foi bem elaborada pelo Pregador que nos aconselha a que não nos apossemos da autoridade. Ela tem o seu lugar. Uma autoridade adquiriu este direito. A lei é válida. Ela se faz necessária. Mas no mundo em que vivemos distorcido e fragmentado, ela, a autoridade - poder - é uma necessidade. 
Em um de seus discursos (1755), J. J. Rousseau, quando manifestou o desejo de que as desigualdades da vida não existissem as suas palavras foram: ‘Se eu tivesse de escolher o lugar do meu nascimento, teria escolhido uma sociedade de grandeza limitada pela extensão das faculdades humanas, isto é, pela possibilidade de ser bem governada, e onde, bastando-se cada qual ao seu mister, ninguém fosse constrangido a atribuir a outros as funções de que estivesse encarregado’. Elas podem nos trazer à memória o que o sábio fala no texto acima. Um pobre que agiu proporcionando à sua cidade a liberdade, mas que não teve o seu ato registrado para a posteridade. Seu feito foi logo esquecido, apesar de ser notório. O que acontece quando este pensamento se transforma em realidade? Qual será o motivo que nos leva e agir desta forma? Qual o desejo que deve ser mantido no coração dos cristãos? Jesus Cristo deixou alguma referência sobre o assunto?
Pobres, sempre os tereis convosco”. (João 12.8). Quem disse estas palavras, há mais de 2000 anos atrás, sabia do que falava. Jesus Cristo conhecia demasiadamente o coração humano ao fazer essa afirmação. Creio que, com estas palavras, Jesus desejava que nós nos ajudássemos uns aos outros, em amor. Verdadeiramente! "... um ao outro ajudou, e ao seu companheiro disse: Esforça-te”. (Isaías 41:6).

Léo Lima

quinta-feira, 13 de julho de 2017

DIGNIDADE RECOMPENSADA

E as pessoas dirão: ‘De fato, os bons são recompensados. Realmente existe um Deus que julga o mundo’.(Salmo 58.11).
Muitas pessoas se expressam com desânimo ao verem a corrupção se alastrando pelo mundo especialmente no nosso país. Muitas das pessoas que praticam o mal estão, aparentemente, se dando bem.
E para aqueles que procuram andar com honestidade? Dr. C. H. Spurgeon fala sobre isso: ‘Nesta vida a retidão tem essa classe de recompensa que ela prefere sobre todas as outras: um sorriso de Deus, que produz uma consciência tranquila. Algumas vezes a esta seguem-se outras recompensas, porque Deus não deseja estar em dívida com nenhum homem, mas o maior galardão para os justos está-lhes reservado no futuro’.
Dá para imaginarmos um sorriso de Deus? E isto se dá quando ele encontra pessoas que buscam agir de forma digna sem desejar ter tudo para si mesmo. Portanto, quando o AMOR é compartilhado DEUS é glorificado!

Léo Lima

quarta-feira, 12 de julho de 2017

UNIÃO COM CRISTO

Pois, quando estamos unidos com Cristo Jesus, não faz diferença nenhuma estar ou não estar circuncidado. O que importa é a fé que age por meio do amor”. (Gálatas 5.6).
O ser humano tem algumas necessidades fundamentais. E uma delas é que precisa ser valorizado! E quantas vezes deixamos de dar o merecido valor a acontecimentos que vivemos a pessoas que se destacam! Muitas vezes damos valor mais do que o merecido a nossos atos, pensamentos e sonhos irrealizados!
Sabe-se que os judeus valorizavam muito certos rituais, mais que o próprio Deus. O judeu rigoroso deveria respeitar, aceitar e praticar tais ritos. E no texto Paulo está falando que essas coisas não têm virtude, mas sim a fé.
O apóstolo Paulo afirma através desta carta aos crentes Gálatas que eles deveriam deixar de dar tanto valor a esses rituais, pois Cristo já viera e, Cristo filho de Deus, dava maior valor à fé que atua pelo amor. Sentimos uma relação inquebrável entre a fé, a esperança e o amor, como um elo que nos une a Deus.
Precisamos deixar que nossos cuidados, muitas vezes em excesso, que nossas necessidades de valorização não nos impeçam de termos plena comunhão com Cristo. Se assim agirmos, estaremos vivendo este perfeito elo que nos une ao Senhor! Que possamos cultivar a fé que atua pelo amor!

Léo Lima

terça-feira, 11 de julho de 2017

AMBIÇÃO SAUDÁVEL

Assim também vocês devem considerar-se como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, por estarem unidos com Cristo Jesus”. (Romanos 6.11).
Não é pretensão nenhuma uma pessoa desejar considerar-se morta para este mundo, apesar de viver e precisar realizar muitas coisas para sobreviver. Jesus mesmo disse: ‘Não os tires do mundo mas livra-os do mal’. Estas palavras Jesus proferiu em uma oração que fez por todos os que viriam a crer nele. Portanto, considerar-se morto para o mundo, é fazer somente o que Deus deseja que façamos. E quando estamos praticando a vontade de Deus, é sinal que estamos buscando viver para Ele e unidos no amor de Cristo Jesus.
Trinta raios unidos no cubo da roda! Mas o valor da roda dependerá do mancal em que gira o eixo’. (Máxima do Tau-Te-king). Se na nossa vida terrena não estivermos dependendo do mancal em que o eixo da Igreja gira, Jesus Cristo, não estaremos unidos como é desejo de Deus, o Pai. Portanto, de fato, se estivermos mortos para as coisas do mundo e unidos no propósito de servir ao Senhor, logo estaremos vivos para Deus. Se estivermos unidos com um propósito de viver para Deus, teremos grandes alegrias e paz.
Quando o cristão ambiciona falar deste amor imensurável é que procura se unir cada vez mais ao Senhor. O desejo de estar unido a Cristo deve ser maior que todas as ambições do cristão. Jesus, ainda hoje convida-nos a andarmos com ele e a estarmos como que mortos para as coisas deste mundo, ou seja, procurando fazer a vontade de Deus. O resultado desta atitude é a qualidade de vida que podemos viver com Jesus que supera toda e qualquer expectativa que possamos ter.

Léo Lima

segunda-feira, 10 de julho de 2017

MINHA ESPERANÇA

Fortaleçam as mãos cansadas, deem firmeza aos joelhos fracos. Digam aos desanimados: - Não tenham medo; animem-se, pois o nosso Deus está aqui. Ele vem para nos salvar, ele vem para castigar os nossos inimigos”. (Isaías 35.3-4).
A maneira como encaramos os desafios que estão à nossa frente vai mostrar ao mundo como está a nossa fé no Deus do impossível. Podemos até ficar abatidos, mas por pouco tempo, pois Jesus é a nossa esperança! Paulo mencionou que: Muitas vezes ficamos aflitos, mas não somos derrotados. Algumas vezes ficamos em dúvida, mas nunca ficamos desesperados’. (II Coríntios 4.8). É assim que acontece com quem põem a sua fé no Senhor.
Vivemos dias turbulentos, mas se esperamos em Deus podemos sentir que Seu auxilio vem. ‘Louvado seja o Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai bondoso, o Deus de quem todos recebem ajuda! Ele nos auxilia em todas as nossas aflições para podermos ajudar os que têm as mesmas aflições que nós temos. E nós damos aos outros a mesma ajuda que recebemos de Deus’. (II Coríntios 1,3-4). Se repartirmos de tudo que recebemos do Senhor poderemos ser de grande ajuda a outros que precisam.
Que nossos pensamentos sejam conforme o salmista que disse para si mesmo: ‘Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus’. (Salmo 42.11). Portanto, como diz o poeta: ‘em Deus colocarei a minha esperança’.

Léo Lima