COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

RETRIBUIÇÃO COM BÊNÇÃOS


As pedras e a areia são pesadas, mas os problemas causados pelo mau gênio dos tolos pesam mais ainda. O ódio é cruel e destruidor, mas a inveja é pior ainda”. (Provérbios 27.3-4). 
Como é possível alguém controlar as emoções? Podemos ver que o primeiro momento de ira que a bíblia menciona é a de Caim contra Abel. ‘Não sejamos como Caim, que pertencia ao Maligno e matou o próprio irmão. E por que o matou? Porque o que Caim fazia era mau, e o que o seu irmão fazia era bom’. (I João 3.12). Está ai uma situação que mostra o sentimento de inveja que tem como resultado a ira e que leva Caim a matar seu próprio irmão.
Mas o que levou Caim a este gesto fatal? O texto aos Hebreus menciona que a causa foi que Abel agradou a Deus e seu coração estava agindo com amor e fé. ‘Foi pela fé que Abel ofereceu a Deus um sacrifício melhor do que o de Caim. Pela fé ele conseguiu a aprovação de Deus como homem correto, tendo o próprio Deus aprovado as suas ofertas. Por meio da sua fé, Abel, mesmo depois de morto, ainda fala’. (Hebreus 11.4).
O apóstolo Pedro escreve aos cristãos como deveria ser a atitude de todos diante de alguma ofensa: ‘Não paguem mal com mal, nem ofensa com ofensa. Pelo contrário, paguem a ofensa com uma bênção porque, quando Deus os chamou, ele prometeu dar uma bênção a vocês’. (I Pedro 3.9). Abençoar o outro é a melhor forma de agradarmos ao Senhor e esta precisa ser nossa atitude como salvos pelo Senhor.
 Léo Lima

domingo, 28 de fevereiro de 2016

PRESENTE DIVINO



Não conte vantagem a respeito dos seus planos para o futuro, pois você não sabe o que vai acontecer amanhã. Ninguém elogie a si mesmo; se houver elogios, que venham dos outros”. (Provérbios 27.1-2).
Nós fazemos planos mesmo que não estejamos escrevendo-os. A Palavra de Deus alerta para que haja cautela na forma com que tratamos nossos planos. ‘Agora escutem, vocês que dizem: “Hoje ou amanhã iremos a tal cidade e ali ficaremos um ano fazendo negócios e ganhando muito dinheiro!” Vocês não sabem como será a sua vida amanhã, pois vocês são como uma neblina passageira, que aparece por algum tempo e logo depois desaparece.(Tiago 4.13-14).
Jesus ensinou que é necessário que haja confiança no amanhã, pois ele trará suas dificuldades que deverão ser resolvidas quando acontecerem. ‘Por isso, não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades’. (Mateus 6.34).
O exemplo a seguir foi Jesus quem deixou para reflexão sobre a vida e como ela é passageira. ‘Então direi a mim mesmo: ‘Homem feliz! Você tem tudo de bom que precisa para muitos anos. Agora descanse, coma, beba e alegre-se.’ Mas Deus lhe disse: “Seu tolo! Esta noite você vai morrer; aí quem ficará com tudo o que você guardou?” (Lucas 12.19-20). Encarar a realidade é muito difícil principalmente quando se trata de lembrar que a morte chegará. Como estamos vivendo cada dia que recebemos de Deus?
Léo Lima

sábado, 27 de fevereiro de 2016

DÍVIDA SUBLIME



Quem coloca uma armadilha para os outros acaba caindo nela; quem rola uma pedra será esmagado por ela. Quem odeia fere os outros com mentiras; as palavras bajuladoras causam desgraças”. (Provérbios 26.27-28).
O texto convida a uma reflexão sobre nossas ações e como devemos fazer para não ferirmos as pessoas que estão ao nosso redor. E quando começamos a fazer coisas ruins fica difícil parar. É como diz o texto: ‘Um abismo chama outro abismo’. (Salmo 42.7a).
Quem com ferro fere com ferro será ferido’. Jesus disse sobre isso que não se deve pagar o mal com mal. ‘Ouvistes que foi dito: Olho por olho, dente por dente. Eu, porém, vos digo: não resistais ao perverso; mas, a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra’. (Mateus 5.38-39).
Mais do que tudo é preciso que pensemos que onde existe o amor as coisas ruins se afastam. Paulo disse que só devemos ter um tipo de dívida: ‘A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei’.  (Romanos 13.8). Amar ao nosso próximo é uma forma de amar a Deus.
Léo Lima

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

SENTIMENTOS DE PAZ



Como o verniz cobre um pote de barro, as palavras fingidas encobrem um coração mau. O hipócrita que odeia esconde o seu ódio atrás da bajulação. Ele pode falar muito bem, mas não acredite no que ele diz porque o seu coração está cheio de ódio. Ele pode disfarçar, mas todos acabarão vendo a sua maldade”. (Provérbios 26.23-26).
Amor e ódio são sentimentos que se mostram presentes no viver de cada um. O primeiro produz a paz e a harmonia, o segundo se mostra irado e provoca discussões. ‘O ódio provoca brigas, mas o amor perdoa todas as ofensas’. (Provérbios 10.12). O cristão deve se precaver de nutrir a ira, pois ela afasta a alegria da presença do Espírito Santo.
O conselho da carta aos hebreus mostra que todo cuidado deve ser tomado para que a graça divina seja real a cada dia. ‘Tomem cuidado para que ninguém abandone a graça de Deus. Cuidado, para que ninguém se torne como uma planta amarga que cresce e prejudica muita gente com o seu veneno’. (Hebreus 12.15).
Nossa vida só será completa se não permitirmos que sentimentos ruins façam morada em nós. Se o Espírito Santo é presente em nós viveremos de forma a que todos vejam e sintam a paz real que nos move. ‘Mas o Espírito de Deus produz o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade, a humildade e o domínio próprio. E contra essas coisas não existe lei. As pessoas que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a natureza humana delas, junto com todas as paixões e desejos dessa natureza’. (Gálatas 5.22-24).
Léo Lima

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

PENSAMENTOS ORDENADOS



Quem se mete na discussão dos outros é como quem agarra pelas orelhas um cachorro que vai passando. Quem engana os outros e diz que é brincadeira é como um louco brincando com uma arma mortal. Sem lenha o fogo se apaga; sem mexericos a briga se acaba. Como carvão sobre as brasas e lenha no fogo, assim é o briguento para atiçar uma briga. Os mexericos são tão deliciosos! Como gostamos de saboreá-los”! (Provérbios 26.17-22).
O livro de provérbios é rico em ensinar. O pensamento, alerta o texto a seguir, que o muito pensar é bom. ‘Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos. Nunca fale mentiras, nem diga palavras perversas. Olhe firme para a frente, com toda a confiança; não abaixe a cabeça, envergonhado. Pense bem no que você vai fazer, e todos os seus planos darão certo’. (Provérbios 4.23-26).
Jesus falou com firmeza sobre o cuidado que devemos ter com o que pensamos e falamos. ‘Ninhada de cobras venenosas! Como é que vocês podem dizer coisas boas se são maus? Pois a boca fala do que o coração está cheio. A pessoa boa tira o bem do seu depósito de coisas boas, e a pessoa má tira o mal do seu depósito de coisas más’. (Mateus 12.34-35).
O que você diz pode salvar ou destruir uma vida; portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado’. (Provérbios 18.21). Mais uma vez vale recordar o cuidado que devemos ter com as nossas palavras. E, finalmente vale lembrar as recomendações de Tiago: ‘Lembrem disto, meus queridos irmãos: cada um esteja pronto para ouvir, mas demore para falar e ficar com raiva’. (Tiago 1.19).
Léo Lima