COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sábado, 27 de fevereiro de 2016

DÍVIDA SUBLIME



Quem coloca uma armadilha para os outros acaba caindo nela; quem rola uma pedra será esmagado por ela. Quem odeia fere os outros com mentiras; as palavras bajuladoras causam desgraças”. (Provérbios 26.27-28).
O texto convida a uma reflexão sobre nossas ações e como devemos fazer para não ferirmos as pessoas que estão ao nosso redor. E quando começamos a fazer coisas ruins fica difícil parar. É como diz o texto: ‘Um abismo chama outro abismo’. (Salmo 42.7a).
Quem com ferro fere com ferro será ferido’. Jesus disse sobre isso que não se deve pagar o mal com mal. ‘Ouvistes que foi dito: Olho por olho, dente por dente. Eu, porém, vos digo: não resistais ao perverso; mas, a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra’. (Mateus 5.38-39).
Mais do que tudo é preciso que pensemos que onde existe o amor as coisas ruins se afastam. Paulo disse que só devemos ter um tipo de dívida: ‘A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei’.  (Romanos 13.8). Amar ao nosso próximo é uma forma de amar a Deus.
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário