COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

DE JOELHOS

Vale reler e refletir. Que em 2014 possamos pensar e fazer de todos os dias que teremos de presente uma constante adoração ao Rei dos reis e Senhor dos senhores e que façamos de coração limpo Louvado seja Deus! M ano de muita paz e amor a todos os leitores.

Do ano último dia...
Genuflexo, pensativo
O homem permanece
Introspectivo,
Mescla de alegria
Que logo fenece...
Quando aos seus olhos
Aparece,
Em meio aos abrolhos,
O seu dia a dia, que anoitece.
Lentamente escurece...
O ano termina.
E ele se recrimina,
Se amofina,
Até desatina...
Descem as lágrimas
Que são como rimas
Da sua dor.
Do seu amargor.
Em dissabor
Somente
O ser descontente:
“Que hei feito deste ano?
Foram muitos os desenganos...”
“Quanto, meu Deus, deixei de fazer,
Do Teu nome engrandecer?
Quantas vezes Senhor, deixei-me levar
Pelo verbo Negar!
Pelo Verbo Divagar...
Sem conjugar
O verbo Perceber,
O verbo Conceder,
O verbo Compartilhar,
O verbo Retroceder,
O verbo AMAR!
Oh, Senhor! Perdoa esta criatura,
Que Te fez muitas juras,
Que mais Te procura
Quando sofre agruras!
“Que a partir deste alvorecer
Possa eu permanecer
Contigo somente ir vivendo,
De tudo me desprendendo...
E que a todo amanhecer
Possa eu agradecer
Sem muito a recriminar.
Sem muito a chorar.
Vendo-Te ao meu lado
Falando, ou mesmo calado.
Que eu compreenda,
À Tua vontade me renda.
Pois sei, terei como prenda
Um louro singular,
Imorredouro em Teu lar.
Seja o meu dia a dia
Deste ano que inicia
Neste dia que anuncia
Sempre um tesouro
Pela Tua companhia!...
Léo Lima

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

CONTA AS BÊNÇÃOS

Neste penúltimo dia do ano nada melhor do que contarmos as bênçãos com que Deus nos presenteou. Eu louvo a Deus porque de uma forma única Ele conduziu a minha vida durante este ano. Meu coração se alegra em Deus meu Pai e no Salvador Jesus Cristo. Que possamos continuar nossa caminhada sempre louvando a Deus e Senhor das nossas vidas. Compartilho mais uma das minhas poesias. Esta que nasceu em 1985.

Nós Te louvamos Senhor
Pelo ano de Bênçãos incontáveis.
Pelas vitórias imensuráveis.
Pelo trabalho que Te prestamos.
Nós Te louvamos Senhor
Pois somente por Teu amor
Somente por Tua graça
Somente por Teu querer
Podemos agradecer.
Agradecer
Pelo dia que nasceu
Pelo sol que brilhou
Pelo pássaro que cantou
Pela criança que nasceu
Pela dor que do coração verteu
Pela lágrima que se escondeu...
Por tudo que aconteceu
Neste ano que se esvai
Resta-nos sem nem um ai
Louvar-Te! Cantar-Te! Glorificar-Te!!!
Do nosso Brasil cada irmão
Que num afã
Num ideal, numa só meta
O Teu Nome proclama
Com muito amor e fervor
Com todo destemor
Decidido em proclamar
O Teu nome glorificar.
Nós Te louvamos Senhor!
Pelo hoje, pelo agora,
Pelo ontem e o amanhã que não demora.
Nós Te louvamos Senhor!
Nós Te louvamos Senhor!!!
Léo Lima

domingo, 29 de dezembro de 2013

CORAÇÃO GRATO

"Louvem a Deus com cantos, pois ele é o Rei do mundo inteiro." (Salmos 47.7).
"O cântico é como uma escada entrelaçada de inefáveis encantos, e por meio do qual o homem pode apresentar a Deus os seus sofrimentos e cuidados, suas lágrimas e lamentações, o seu amor e sua gratidão." (Paul E. Holdcraft).
Nossos cânticos, como afirma o pensador Paul, podem ser de várias maneiras. Refletiremos, neste dia, sobre o cântico de amor e de gratidão. Louvar a Deus com alegria deve ser a atitude de todo aquele que já vivencia uma vida na presença de Deus, de todo aquele que tem uma vida de íntima comunhão com o Pai. Depois de amanhã, comemoraremos o nascimento do Filho de Deus, e por este motivo muitas famílias se reunirão com um objetivo único: o de agradecer a Deus por esta dádiva tão especial que recebemos, Jesus Cristo.
Hoje é dia de festa. Dia de alegria e canto. No dia em que Jesus nasceu até os anjos no céu cantaram aleluias e deram glórias a Deus. E nós, que fomos os privilegiados por este nascimento, temos muito mais que cantar e glorificar a Deus por tamanho amor. Ele merece que cantemos todos os dias da nossa vida como forma de agradecermos pelo amor divino.
Jesus Cristo, que se fez homem, e, sempre obediente, realizou, em curto espaço de tempo, o seu ministério entre nós. Quando chegou o dia de uma entrega total, Ele, submisso à vontade de Deus, o Pai, seguiu humilde em direção ao calvário. Ele levou os nossos pecados. Jesus que jamais havia tido um momento sequer de separação de Deus, sentiu-se totalmente só na cruz. Isto se deu justamente no momento em que o meu e o seu pecado recaíam sobre Jesus. Ele sofreu a dor do afastamento de Deus, mesmo que por um pequeno espaço de tempo, mas ficou firme e foi morto por nós, para que após a sua vitória sobre a morte, pudéssemos aceitar este sacrifício que redime e passássemos então a viver uma vida nova com Deus.
Paremos para refletir e agradecer por tão grande AMOR!
Léo Lima

sábado, 28 de dezembro de 2013

ORAÇÃO

“Os cristãos devem orar no tanto que vivam,
pois só quando oram, vivem!”


Este pensamento é do pastor C. H. Spurgeon. A oração nos leva a conhecer mais profundamente o nosso Pai. Jesus Cristo orou muitas vezes e lembramo-nos que um pouco antes do partir do pão na celebração da páscoa e um pouco antes de sair para orar especificamente ao Pai por tudo que Ele viveria logo Ele fez a oração que glorificava o Pai, que intercedia por seus discípulos e que intercedeu por todos que creriam Nele.
"JESUS falou assim e, levantando seus olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti; Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste. E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer." (João 17.1-4).
O pensamento inicial nos leva a refletir que Jesus orou tantas vezes que nada poderia atrapalhar sua comunhão com Deus. E nós, se buscarmos, em oração, ao Senhor teremos vida plena como a prometida pelo Senhor Jesus.
Vamos começar uma nova etapa e vivermos plenamente? Para tanto é preciso que estejamos em constante oração.
“Os cristãos devem orar no tanto que vivam,
pois só quando oram, vivem!”
Léo Lima

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

COM BRILHO

"Ó minha alma, louve ao Deus Eterno! Que todo o meu ser louve o seu santo nome!" (Salmos 103.1 - BLH).
"A minha alma é como um espelho no qual se reflete a glória de Deus; todavia, o pecado, mesmo o mais insignificante, tende a embaçar o espelho com fumaça." (Sta. Tereza). A nossa alma mostra, de fato, o reflexo do amor de Deus em nós. Se temos na alma este amor aceso logo teremos um brilho especial advindo do Pai das luzes.
Quando realizamos uma atividade que nos empolga, de imediato nosso ser todo se contagia ante o vislumbre da vitória e da missão cumprida. Todas as nossas energias são endereçadas no afã de cumprir a tarefa. Fazemos de tudo e de todas as formas para chegarmos ao seu ápice, à vitória final.
Assim, todo salvo deve, com todas as forças do seu ser, louvar e glorificar o Nome do Senhor. A nossa alma deve estar radiante diante da vitória de Cristo sobre a morte. A nossa alma deve estar maravilhada com a salvação outorgada por Jesus Cristo. Em nosso dia-a-dia devemos levar em nossos corações a alegria de termos restaurado a nossa vida através de Cristo. Estamos, pois, vivendo dias de espera do grande dia do Senhor. E somente isto seria motivo suficiente para que em todo tempo de nosso viver estivéssemos louvando a Deus com nossa alma vibrante! Conforme o salmo em destaque.
Eu não sei como está sua vida com Deus. Eu não posso ver dentro de você. Mas Deus, com seu poder infinito, vê. Ele penetra no meu e seu interior e pode sondar nossos pensamentos e sentimentos. Ele deseja fazer uma transformação em sua vida. Ele quer que você viva uma vida de pleno louvor e adoração somente ao Seu Nome. Ele deseja que você usufrua da vida eterna que lhe está garantida pela morte de Jesus Cristo na cruz do calvário e Sua ressurreição.
Permita que o Espírito Santo de Deus faça as mudanças que são necessárias para que o seu ser e a sua alma, com brilho, louvem ao nome do Senhor.
Léo Lima

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

QUE TE DAREI?

Que possamos refletir neste dia sobre a maior prova de amor que poderíamos ter. O Amor de Deus para com o ser humano. Louvado seja o Senhor!

Senhor entristecida indago:
“Que posso Te ofertar?”
Estou agradecida.
É o dia do Teu Natal.
A humanidade a se irmanar
Esquecendo o mal
Festeja o Deus Menino,
Tenro, Pequenino...

Se esquece do Operário
De mãos calejadas... Vai
Em Seu itinerário
Em Seu mister
Só fazer o que o Pai quer!
Se esquece do Mestre Maior.
Do Medico Melhor.
O Amigo de toda hora.
Da voz calma, sonora
Que convida o leigo
Para segui-lo.
Do olhar meigo...

O Mestre que operava
Milagres:
Mortos ressuscitava,
Cegos podiam ver,
Paralíticos andar,
Dar de comer
A uma multidão
Com alguns peixes
E um pouco de pão...
Mestre que após lutas
Calado, nunca disputa
Mas diz ao Senhor Deus:
“Não se faça a minha
Mas a Tua vontade.”

Se esquece que Ele sofreu...
A morte chegando vinha
O grande peso da humanidade...
Ressuscitando afinal
Voltando ao Lar celestial!

Que posso eu Te ofertar
Neste dia precioso?
Uma fortuna em ouro...
Se o mundo todo é Teu?
Do Tempo És Senhor, Deus Grandioso,
Que posso dar-Te de meu
Além de todo amor?
Não é num Natal de um dia.
Mas adorar-Te no dia a dia.
No meu coração
Uma rosa de gratidão
Brotou com pétalas que não secam
Pois estão sendo regadas
Com água de Fonte pura
Do Teu amor e ternura.
Estão sendo tratadas
Por  mãos que não pecam.

Eis minha oferta:
Te dou o que sou Senhor
Mais a Rosa do Teu Amor!...

Léo Lima

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

NATAL DE LUZ

Compartilho mais uma poesia que nos inspira a continuarmos a anunciar tão grande amor. Louvado seja o nosso Deus!

Temor. Terror.
Os pastores abismados, inflamados por grande Luz!
Nasceu Jesus!

A Glória do senhor os cercou de resplendor!
Nasceu Jesus!

 Inolvidável momento...
Tudo silente...
A espera  às vezes desespera...
Há muito não se ouvia a voz de Deus.
O tempo lento corria...
O homem a sós sofria, ansiava, aguardava...
Nasceu Jesus!

 Não é sonho, não!
Pois esta luz ofusca a visão!...
Nasceu o Salvador
Prometido do Senhor!
Em festival de esplendor!
Alegria infinda.

Deus revela infinito amor.
E os anjos em harmonia
Celeste, cantam glórias,
Cantam a Paz, cercados de Luz!
Paz para os homens...
Nasceu Jesus!
Jesus que tudo refaz. Que Vida traz. Que satisfaz!
Nasceu Jesus!

É  Paz, Amor. É Luz!

Você amigo. Você, que hoje comemora,
Pense comigo. Pense logo, agora:
Para você, Jesus já nasceu?
Não para as nossas banalidades.
Não para futilidades.
Não para presentes.
Não é isso somente!
Primeiramente:
Ele já nasceu em seu coração?...
Pois foi por isso que Ele do céu desceu.
Para ser seu Salvador seu irmão.
 
“Não temais...”
São novas de alegria.
O amado e meigo Jesus
Que é todo luz quer um natal
No seu coração.
Sem nenhum mal.
Ele quer que dia a pós dia
A Paz , a alegria em você habite!
ELE quer um NATAL para a eternidade!...
Léo Lima

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

MAGNÍFICO LOUVOR


Na ampulheta do tempo

E desígnios Divinos

É chegada o momento.

E se cumprem profetas

Que divisam além

Esse dia glorioso

Em que Deus,

Deus de amor

Vai descer das alturas

Às mais vis criaturas

Que Ele tanto amou.

 
Na humilde Belém

Que suas portas fechou

Ao pobre casal

Cansado e ansioso

Por mínimo repouso

Depois da jornada

Já raia esplendente

A estrela luzente

Que ao mundo anuncia:

Nasceu de Maria

O Filho de Deus.

 

E o coro celeste

De anjos e arcanjos,

Entoa estrugem nos ares

Magnífico louvor.


A Deus toda glória

Nas grandes alturas

E aos homens na terra

Haja paz e harmonia

Pois Deus todos ama!
Amil Edram
 
Que possamos refletir sobre o Natal com mais esta poesia do meu pai. Muita paz a você. Léo Lima

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

NATAL

Hoje a poesia é do meu saudoso pai. Que possamos refletir sobre o verdadeiro significado do Natal. Léo Lima

Aproxima-se o Natal.
Correrias,
Trabalho,
Canseira...
Todos empenhados
Nos preparativos...
Compram-se cartões,
Preparam-se enfeites,
Árvores,
Festões,
Lantejoulas...

Luzes,
Muitas luzes
De variegadas cores
Lembram-se os parentes,
Os amigos,
Os de perto
E os de longe...

Trocam-se saudares,
Cumprimentos efusivos,
Esquecem-se as rusgas,
As queixas,
Os senões...
Parece tudo transformar-se
Em mar de rosas...
Muitos, porém,
Nas bebidas se afogam
Como que a transbordar de alegrias...

Seria esse, Senhor,
O Natal que querias?
-Natal de festas,
De ruídos,
De canseiras,
E muitas vezes
De tanta hipocrisia?!
Amil Edram

domingo, 22 de dezembro de 2013

OBEDIÊNCIA

Compartilho mais uma poesia que nos inspira a continuarmos a anunciar tão grande amor. Louvado seja o nosso Deus!
QUE QUERES QUE EU FAÇA?
Há quase dois mil anos os discípulos ouviram: “Portanto Ide, anunciai...”
Sem traçar muitos planos incontinente seguiram!
E logo proclamaram: _”Vós homens, ao pecado renunciai!”
Estavam inflamados, em Cristo irmanados e seguiam abrasados.
O Senhor deu-lhe poder de anunciar, de dizer, até por Ele sofrer
Sem Jamais desfalecer!
Continuaram contentes as viagens missionárias.
Com a fé sempre crescente e experiências várias!
Saulo, ferrenho perseguidor, lutava com ardor contra a Causa do Senhor!
Seguia enfurecido. O coração enegrecido. Afoito, embrutecido prender os amigos de Jesus!
Grande luz o cegou! Súbito estacou, e por terra se prostrou!
Extasiado indagou: “Quem és, Senhor?”
E o Mestre com amor: “Eu sou Jesus a quem tu persegues”.
Atônito, já entregue a Jesus confirmou: “Senhor, que queres que eu faça?”
Oh! A salvação é de graça. E Saulo de perseguidor
Passou a ser Paulo, perseguido, com muitas ameaças.
Mas se arrojou destemido o coração corrigido, modificado, transformado.
A ordem seguiu cumprindo de Cristo o amor repartindo.
É Paulo que nos fala: “Quão formosos são os pés dos que anunciam a paz, dos que anunciam Coisas boas!”
- Cristo hoje insiste: “Portanto Ide, Anunciai!”
- Missões requer disposição. Completa dedicação.
- Missões não é só dinheiro, Mas é primeiro: “Senhor, que queres que eu faça?”
O Senhor de eterna graça, livrando da ameaça, deu-nos a Salvação!
“Eu vos envio a vós.” Ele quer mais de nós.
Nosso pé é formoso? O coração ditoso?
Nossa vida é missões? Tudo dando, sem restrições?
E Cristo limpando a fumaça Aguarda do meu coração
A sincera indagação: “SENHOR, QUE QUERES QUE EU FAÇA?”
Léo Lima

sábado, 21 de dezembro de 2013

TEMPO

 A paciência é uma virtude que mora no coração de poucas pessoas, pois o ser humano tem pressa que as coisas aconteçam. Eu já fui assim! Mas com o passar do tempo, em cada dia que nascia, passei a exercitar e a cultivar esta virtude com muito carinho dentro de mim!
Procurando descobrir o que nasceu do coração do poeta nos versos 10 a 13 do capítulo 2, do livro Cântico dos cânticos sentimos, como já ouvimos alguém falar que, aí está registrada a passagem das quatro estações do ano. Como: “eis que tudo já é passado, levanta e vem!” É como se dissessem:  “Nós já vivemos muito tempo longe um do outro agora urge que fiquemos juntos, que depois deste exercício de paciência possamos saborear a vida!” Pois o texto diz: “O inverno se foi, ou os invernos se foram, aparecem as flores, eis que é primavera! A figueira já deu os seus figuinhos, com a voz das rolas, eis o verão  E as vides em flor exalam o seu aroma, é o outono!” Flores do outono!
Podemos fazer a comparação, de que eles já esperaram muito tempo, eis que é hora de viver, pois o tempo passa, mas ele ainda diz: “Conju­ro-vos ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e cervas do campo, que não acordeis nem desperteis o meu amor, até que queira” deste texto podemos extrair várias conside­rações, como: (1) Ela entendia que ninguém deveria a­cordar o seu amado enquanto ele dormia um sono tranquilo, ou até que ele quisesse despertar. (2) que nada nem ninguém viessem perturbar o amor deles. Entretanto, gosto de traçar um paralelo com o texto em Eclesiastes 3:1-8, onde o sábio mostra que sempre há um tempo determinado por Deus para todas as coisas. Não acordeis, é o mesmo que, ainda não é o tempo certo!
É justamente sobre este exercício que estaremos pensando. É quase intolerável quando se trata de esperar o amor.  Existe para cada criatura neste mundo alguém que seria como esse despertar de um sonho, alguém que tem tudo que nosso coração anseia, e nada mais que aquele que nos completará.
O despertar das nossas emoções, este que deverá ser como o descrito pelo poeta, deverá ser no tempo deter­minado por Deus. E, para cada propósito debaixo dos céus, é necessário estar atento, pode ser que o amor passe, e nem se perceba!
 “Quem observa o vento, nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.” Eclesiastes 11:4. 
Fique atento, sinta e VIVA!

Léo Lima