COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

NOSSA MISSÃO

Ó Senhor, nosso Deus, a tua grandeza é vista no mundo inteiro. O louvor dado a ti chega até o céu e é cantado pelas crianças e pelas criancinhas de colo. Tu construíste uma fortaleza para te proteger dos teus inimigos, para acabar com todos os que te desafiam. Quando olho para o céu, que tu criaste, para a lua e para as estrelas, que puseste nos seus lugares – que é um simples ser humano para que penses nele? Que é um ser mortal para que te preocupes com ele? No entanto, fizeste o ser humano inferior somente a ti mesmo e lhe deste a glória e a honra de um rei. Tu lhe deste poder sobre tudo o que criaste; tu puseste todas as coisas debaixo do domínio dele: as ovelhas e o gado e os animais selvagens também; os pássaros e os peixes e todos os seres que vivem no mar. Ó Senhor, nosso Deus, a tua grandeza é vista no mundo inteiro”. (Salmo 8).
Este salmo é um hino de louvor e reconhecimento da grandiosidade divina. Ele mostra quão Majestoso é o Senhor em toda a terra e nos altos céus. Desde o primeiro momento permanece muito claro, um convite ao louvor. Louvor ao Deus Criador e Sustentador que através do valor empreendido na criação do homem deixou marcas latentes da sua imagem neste ser e, acima de tudo, o honra.
O louvor expresso pelo salmista está impregnado em todo o salmo. Ele mostra que desde a criação tanto na terra como no céu é imperativo ao ser humano conhecer e reconhecer na natureza, na vida e na fé a necessidade da adoração ao Deus Rei que confia no homem a real decisão em toda a administração da criação. Este é mais um dos hinos utilizados no culto dos israelitas.
É, também, um convite a que voltemos às raízes quando Deus nos comissionou para que administrássemos a criação; da mesma forma Jesus Cristo quando deu a ordem de IR e PREGAR o EVANGELHO do REINO. Nossa MISSÃO!

Léo Lima

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

SEM MEDO

Louvado seja Deus, o Senhor! Quando os meus inimigos me cercaram e me atacaram, ele mostrou, de modo maravilhoso, o seu amor por mim. Fiquei com medo e pensei que ele havia me expulsado da sua presença. Mas ele ouviu o meu grito quando o chamei pedindo ajuda”. (Salmo 21.21-22).
Davi louvava ao Senhor e declarava o seu medo. Medo de que Deus pudesse estar distante dele. Ele fala que havia muitos inimigos buscando destruí-lo. Mas ele canta hinos de adoração a Deus que o protegia em todos os seus desafios.
O Senhor, através do profeta Isaías fez a promessa de que estaria presente e protegendo em todas as situações de aflição. ‘Não fiquem com medo, pois estou com vocês; não se apavorem, pois eu sou o seu Deus. Eu lhes dou forças e os ajudo; eu os protejo com a minha forte mão’. (Isaías 41.10).
Quando uma pessoa está com medo, deve se lembrar de que Deus é muito maior e ele está cuidando da sua vida. Assim como Davi peça coragem a Deus e confie no seu amor. Ele vai lhe ajudar a superar o medo. O escritor aos hebreus disse: Portanto, sejamos corajosos e afirmemos: - O Senhor é quem me ajuda, e eu não tenho medo. Que mal pode alguém me fazer?(Hebreus 13.6).

Léo Lima

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

COMEMORAÇÃO

E sacrificaram no mesmo dia grandes sacrifícios, e se alegraram, porque Deus os alegrara com grande alegria”. (Neemias 12.43).
Ao iniciar uma construção, muitas vezes a pessoa não sabe o tempo que vai levar para terminá-la e as dificuldades a enfrentar. Neemias foi o homem escolhido por Deus para coordenar a reconstrução dos muros e portões de Jerusalém. Ele conseguiu a cooperação de muitos homens do seu povo para esta tarefa. Mas não foi fácil. Neemias sofreu inclusive atentado de morte. Mas os construtores trabalhavam com uma mão segurando a arma de guerra e com a outra faziam o serviço de reconstrução. Deus ia retirando cada obstáculo. Neemias empolgava seus liderados com sua disposição, consciência, perseverança e fé.
Todos estavam felizes, pois terminaram a obra em 52 dias apenas. Só restava comemorar o feito. O texto acima mostra o auge das comemorações. Eles estavam reinaugurando as muralhas. Fizeram sacrifícios ao Senhor, um culto de gratidão a Deus! Este povo estava se voltando completamente para Deus. Agradeceram por Deus tê-los feitos vitoriosos na guerra e na construção.
E nós, como estamos recebendo a graça de viver cada momento? Como estamos fazendo para demonstrar a Deus a nossa gratidão? Podemos ver que mesmo em meio às muitas lutas Deus está presente com sua graça e está nos abençoando com grandes e incontáveis bênçãos.

Léo Lima

terça-feira, 21 de novembro de 2017

TRANSFORMAÇÃO

Quando os construtores colocaram os alicerces do Templo, os sacerdotes ficaram de pé, vestidos com roupas especiais para aquela ocasião e com trombetas nas mãos. Os levitas descendentes de Asafe carregavam pratos musicais para louvar a Deus, o Senhor, de acordo com o que Davi, rei de Israel, havia mandado”. (Esdras 3.10).
A volta dos israelitas para a terra foi de muito trabalho, pois diante deles estava o templo do Senhor destruído. A reverência que se viu quando os alicerces para a reconstrução foram colocados é admirável. ‘Eles responderam: - Nós somos servos do Deus do céu e da terra e estamos reconstruindo o Templo que um grande rei de Israel construiu e terminou há muito tempo’. (Esdras 5.11).
As obras de Deus são magníficas! Deus opera em nossas vidas, transformando, purificando e restaurando. Mas tu, ó Senhor Deus, és o nosso Pai; nós somos o barro, tu és o oleiro, todos nós fomos feitos por ti’. (Isaías 64.8). Esta é outra reconstrução que cada ser humano precisa viver. Deus renovando e restaurando nossa vida.
Já Paulo recomenda que não podemos nos deixar influenciar por aqueles que vivem distantes de Deus, mas que o Senhor possa transformar nossa mente para vivermos a boa, perfeita e agradável vontade de Deus. ‘Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele’. (Romanos 12.2).

Léo Lima

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

ADORAÇÃO DEVIDA

Moisés continuou: – Quando o Senhor, nosso Deus, falou com vocês do meio do fogo no monte Sinai, vocês não viram a forma de ninguém. Portanto, tenham todo o cuidado e não cometam o erro de fazer imagens para adorar”. (Deuteronômio 4.15-16a).
Deus não divide a Sua glória. Nenhuma imagem ou modelagem alcançam o esplendor e a beleza do Criador e Senhor do universo. Desta forma, todo aquele que ama e é fiel ao Senhor Deus deve adorar apenas a Ele, de todo o coração, alma e espírito.
Deus não deseja ser adorado por sua aparência. Moisés falou ao povo no deserto e chamou-lhes a atenção para que eles não cometessem o erro de adorar qualquer imagem feita por mãos humanas. O primeiro mandamento deixou claro este desejo do Senhor. ‘Não adore outros deuses; adore somente a mim. Não faça imagens de nenhuma coisa que há lá em cima no céu, ou aqui embaixo na terra, ou nas águas debaixo da terra’. (Êxodo 20.3-4).
Louvor e adoração são devidos somente ao Senhor que criou os céus e a terra. Ele mesmo disse isto. ‘Eu sou o Senhor: este é o meu nome, e não permito que as imagens recebam o louvor que somente eu mereço’. (Isaías 42.8). Portanto, que a meditação e adoração do nosso coração sejam somente dirigidas ao Senhor que nos criou e nos resgatou com grande e infinito amor.

Léo Lima

domingo, 19 de novembro de 2017

ADORAÇÃO E LOUVOR

Ó Senhor, tu és o meu Deus. Eu te adorarei e louvarei o teu nome, pois tens feito coisas maravilhosas; tens cumprido fielmente os planos seguros que há muito tempo decidiste fazer”. (Isaías 25.1).
A nobreza de Deus não pode ser medida, pois Ele é imensamente bom. As palavras não conseguem descrever como Ele é grande em poder, amor, esplendor, glória, compaixão, graça e honra. Sabemos ainda que o Senhor merece toda a nossa adoração e louvor. 
As maravilhas do Senhor são visíveis a todo aquele que atenta para as pequenas coisas que acontecem diante dos nossos olhos. Se observarmos tudo com os olhos da fé veremos quão grandes coisas o Senhor tem nos feito. O profeta Jeremias engrandece ao Senhor e reconhece Sua benignidade e bondade. ‘Ó Senhor Deus, não há ninguém igual a ti. Tu és grande, e o teu nome é poderoso. Quem não te respeitará, ó Rei de todas as nações? Tu mereces todo o respeito. Não há ninguém como tu entre todos os sábios das nações’. (Jeremias 10.6-7).
Isaías adora a Deus e convida o povo a alegrar-se e a louvar o Senhor que mora com o seu povo. Somos feituras de Deus e todo aquele que aceita a salvação tem em si mesmo o Senhor. ‘Moradores de Sião, alegrem-se e louvem a Deus, pois o santo e poderoso Deus de Israel mora no meio do seu povo’. (Isaías 12.6). Que possamos cantar com alegria ao Senhor agradecendo todos os benefícios que temos recebido.

Léo Lima

sábado, 18 de novembro de 2017

REFÚGIO NO SENHOR

O Senhor Todo-Poderoso está do nosso lado; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Venham, vejam o que o Senhor tem feito! Vejam que coisas espantosas ele tem feito na terra! Ele acaba com as guerras no mundo inteiro; quebra os arcos, despedaça as lanças e destrói os escudos no fogo. Ele diz: - Parem de lutar e fiquem sabendo que eu sou Deus. Eu sou o Rei das nações, o Rei do mundo inteiro O Senhor Todo-Poderoso está do nosso lado; o Deus de Jacó é o nosso refúgio”. (Salmo 46.7-11).
Esta porção da Palavra de Deus inicia e termina lembrando que o Senhor Todo-Poderoso está do nosso lado e é o nosso refúgio. Como é bom podermos nos lembrar desta maravilhosa promessa. Deus o nosso refúgio e está conosco nas mais diversas situações.
O convite neste dia é para que possamos parar e olhar bem dentro de nós para observarmos as maravilhas que Deus tem realizado nas nossas vidas. Olhar por olhar é o maior dos males que nos fazemos. Quando olhamos distraidamente não conseguimos ver quantas coisas o Senhor tem feito por nós e em nós.
Estamos fazendo coisas que não nos deixam tempo para vermos as maravilhas que recebemos do Senhor. O momento é para que nos calemos e sintamos quão maravilhoso é termos o nosso refúgio em Deus. Ele quer fazer muito mais do que permitimos. Só o Senhor é Deus! Esta deve ser nossa meditação.

Léo Lima

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

GRATIDÃO

Agora a terra já estava conquistada. Então todo o povo de Israel se reuniu na cidade de Siló, e armaram ali a Tenda Sagrada”. (Josué 18.1).
Um coração agradecido deve ser legítimo na vida de toda pessoa que se considera cristã. Josué comandava o povo de Deus na conquista da terra prometida e eis que eles chegavam ao ponto de parar, visto que haviam cumprido o objetivo. Reuniram-se e a primeira coisa que fizeram foi armar a Tenda Sagrada. Pararam para um culto de gratidão no lugar da bênção.
A expressão do salmista é de alegria por poder agradecer a Deus e menciona que é bom anunciar e cantar em todo o tempo hinos de adoração ao Senhor. ‘Ó Senhor Deus, como é bom dar-te graças! Como é bom cantar hinos em tua honra, ó Altíssimo! Como é bom anunciar de manhã o teu amor e de noite, a tua fidelidade!(Salmo 92.1-2).
Paulo reafirma o salmista quando aconselha aos cristãos de Tessalônica a que agradeçam a Deus em todas as circunstâncias, pois Deus se agrada de um coração agradecido. ‘Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco’. (I Tessalonicenses 5.18).
O escritor da carta aos hebreus menciona que todos nós devemos, sempre, agradecer ao Senhor como ato de reconhecimento que Ele é o SENHOR! ‘Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome’. (Hebreus 13.15).

Léo Lima

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

RECORDAÇÃO

Lembrem dos presos, como se vocês estivessem na cadeia com eles. Lembrem dos que sofrem, como se vocês estivessem sofrendo com eles”. (Hebreus 13.3).
Rememorem aqueles que sofreram na prisão, os que sofrem e os momentos que vale a pena lembrarmos. O pensamento é muito difícil de ser controlado, mas se o direcionarmos e refletirmos coisas que podem edificar-nos e aos outros, então podemos dizer que temos o controle de nós mesmos.
Moisés disse ao seu povo durante o êxodo que eles deveriam se recordar de como Deus os guiou no passado.Lembrem como o nosso Deus guiou vocês pelo deserto esses quarenta anos. Durante essa longa caminhada, Deus os humilhou e os pôs à prova para saber se estavam resolvidos ou não a obedecer aos seus mandamentos’. (Deuteronômio 8.2). Olhar o passado faz com que avaliemos nossos erros e acertos. Nesta situação eles deveriam ver que mesmo sendo rebeldes, Deus operou grandes milagres.
Após discorrer sobre tantas coisas que poderia tirar o valor da vida Salomão mostra que muita coisa pode não ter o significado que pensamos, mas que acima de qualquer coisa não podemos esquecer nosso Criador que nos ama. ‘Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer’. (Eclesiastes 12.1).

Léo Lima

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

COMPAIXÃO

Ó Senhor Deus, tu ouvirás as orações dos que são perseguidos e lhes darás coragem. Tu ouvirás os gritos dos oprimidos e dos necessitados e julgarás a favor deles para que seres humanos, que são mortais, nunca mais espalhem o terror”. (Salmo 10.17-18).
Deus nos ama e está conosco nas mais diversas situações. O texto inicial mostra a oração de Davi lembrando ao Senhor que ele e o seu povo precisam de socorro.
O apóstolo Paulo fala que somos humanos e muitas vezes a aflição e a dúvida nos visitam. Entretanto ele conclui que mesmo nas mais diversas adversidades não somos destruídos. ‘Muitas vezes ficamos aflitos, mas não somos derrotados. Algumas vezes ficamos em dúvida, mas nunca ficamos desesperados. Temos muitos inimigos, mas nunca nos falta um amigo. Às vezes somos gravemente feridos, mas não somos destruídos’. (II Coríntios 4.8-9).
Jesus disse aos seus seguidores que nas mais diversas situações é preciso que amemos a todas as pessoas sem distinção. Além de amar é preciso interceder uns pelos outros. ‘Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu. Porque ele faz com que o sol brilhe sobre os bons e sobre os maus e dá chuvas tanto para os que fazem o bem como para os que fazem o mal’. (Mateus 5.44-45). Que possamos sair de nós mesmos e vermos a dor que muitas pessoas sofrem. Podemos socorrer algumas pessoas que sofrem, pois o Senhor nos ouve e atende as nossas súplicas.

Léo Lima

terça-feira, 14 de novembro de 2017

GLORIFICANDO E ENALTECENDO

A cidade não precisa de sol nem de lua para a iluminarem, pois a glória de Deus brilha sobre ela, e o Cordeiro é o seu candelabro’. (Apocalipse 21.23).
Glória significa grandeza e fama. Assim, nada nem ninguém tem maior glória do que Deus, o Senhor. A glória de Deus fulgura mais do que o sol e revela a Sua majestade e o Seu poder.
O profeta Isaías vê em sua visão a glória de Deus em seu resplendor e convida a que todos cantem de alegria, pois o Senhor ilumina os seus filhos. ‘Levante-se, Jerusalém! Que o seu rosto brilhe de alegria, pois já chegou a sua luz! A glória do Senhor está brilhando sobre você’. (Isaías 60.1).
Em sua oração o profeta Habacuque enalteceu a glória do Senhor que ilumina os céus e na terra todos louvam o Nome santo do Senhor. ‘Deus vem vindo da terra de Edom, o Santo Deus vem do monte Parã. A sua glória cobre os céus, e na terra todos o louvam. Ele brilha como a luz, e raios de luz saltam da sua mão, onde se esconde o seu poder’. (Habacuque 3.3-4).
Diante de mensagens tão preciosas o convite do apóstolo Paulo é para que em tudo que fazemos que possamos glorificar e honrar o Senhor que nos criou. ‘Portanto, quando vocês comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus’. (I Coríntios 10.31).

Léo Lima

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

DAS TREVAS PARA A LUZ

O Filho brilha com o brilho da glória de Deus e é a perfeita semelhança do próprio Deus. Ele sustenta o Universo com a sua palavra poderosa. E, depois de ter purificado os seres humanos dos seus pecados, sentou-se no céu, do lado direito de Deus, o Todo-Poderoso”. (Hebreus 1.3).
Jesus Cristo Filho Único de Deus tem o resplendor da glória de Deus que chama e ilumina a todos os que estão atentos e desejosos de serem iluminados pelo Senhor. ‘O Deus que disse: -Que da escuridão brilhe a luz- é o mesmo que fez a luz brilhar no nosso coração. E isso para nos trazer a luz do conhecimento da glória de Deus, que brilha no rosto de Jesus Cristo’. (II Coríntios 4.6).
Jesus que desceu até nós para trazer luz a um mundo que era reprimido pelas trevas. Ele é o modelo exato para quem quer desfrutar de uma vida que agrada a Deus. Além disso, Jesus afirmou que os filhos de Deus são a luz deste mundo, e são delegados para atuar na restauração daqueles que estão perdidos e sem expectativa.
Davi exaltava ao Senhor por tantas bênçãos exclama que a luz que o cercava vinha do Senhor que o tirava das trevas. ‘Tu, ó Senhor, me iluminas; tu, meu Deus, acabas com a minha escuridão’. (Salmo 18.28). Assim é o Senhor a todos os que O buscam. Ele ilumina a vida e resgata das trevas aos que assim fazem. Louvado seja o Senhor.

Léo Lima

domingo, 12 de novembro de 2017

SEGURANÇA NA CONFIANÇA

Confie em Deus, o Senhor, e faça o bem e assim more com toda a segurança na Terra Prometida. Que a sua felicidade esteja no Senhor! Ele lhe dará o que o seu coração deseja. Ponha a sua vida nas mãos do Senhor, confie nele, e ele o ajudará”. (Salmo 37.3-5).
Davi expressa sua preocupação com aqueles que vivem de forma inconstante e alerta-os a que confiem no Senhor com segurança na Terra da Promessa. O povo de Deus sabia que deveria ter total confiança em Deus. Mas muitas vezes vacilavam. O alerta veio através das palavras que Deus enviou através de Balaão que disse: ‘Deus não é como os homens, que mentem; não é um ser humano, que muda de ideia. Quando foi que Deus prometeu e não cumpriu? Ele diz que faz e faz mesmo’. (Números 23.19).
O apóstolo Paulo lembra aos cristãos de Roma que o Senhor Deus é com todos os que O buscam e abençoa os que lhe são fiéis. ‘Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?’. (Romanos 8.31).
E aos cristãos de Filipos disse que eles poderiam fazer todas as coisas se estivessem firmados em Deus que os fortalecia. ‘Posso todas as coisas naquele que me fortalece’. (Filipenses 4.13). Assim como no passado o Senhor fortalece e abençoa seus servos fiéis. Louvado seja o Senhor!

Léo Lima

sábado, 11 de novembro de 2017

ALEGRIA INCOMPARÁVEL

Louvem a Deus, o Senhor! Os israelitas resolveram lutar, e o povo se apresentou alegremente! Ouçam reis! Prestem atenção, governadores! Eu tocarei música e cantarei ao Senhor, o Deus de Israel!”. (Juízes 5.2-3).
O texto para reflexão é a expressão de louvor a Deus por dois líderes, Débora e Baraque, que mostravam sua alegria por ver a reação do povo de Deus ante os desafios de opressão ao povo. Foi uma guerra desafiadora em que Deus colocou uma mulher na liderança e ela incentivava seus liderados a irem em frente confiando que Deus lhes daria a vitória como aconteceu.
Tempos depois Davi se expressou louvando e adorando a Deus por suas vitórias em Deus. ‘Louvado seja Deus, o Senhor, pois ele ouviu o meu grito pedindo ajuda. O Senhor é a minha força e o meu escudo; com todo o coração eu confio nele. O Senhor me ajuda; por isso, o meu coração está feliz, e eu canto hinos em seu louvor’. (Salmo 28.6-7).
Batam palmas de alegria, todos os povos! Cantem louvores a Deus em voz alta. Pois o Senhor, o Altíssimo, deve ser temido; ele é o grande Rei que governa o mundo inteiro. Deus nos fez vencer os outros povos; ele nos fez governar as nações’. (Salmo 47.1-3). Não é possível não sentirmos alegria se atentarmos para o imenso e completo amor que Deus tem por nós. E se pensarmos na VIDA que Jesus conquistou na cruz para todos os que creem, nasce no nosso coração uma alegria incomparável.

Léo Lima

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

VIDA DA VIDA

“– O Pai me ama porque eu dou a minha vida para recebê-la outra vez. Ninguém tira a minha vida de mim, mas eu a dou por minha própria vontade. Tenho o direito de dá-la e de tornar a recebê-la, pois foi isso o que o meu Pai me mandou fazer”. (João 10.17-18).
A vida é um presente de Deus, um bem muito valioso! Deus é a fonte de todo ser vivo e sem ele estamos mortos. Desde o princípio quando deu o fôlego da vida ao primeiro ser humano Ele e somente Ele á a fonte da vida. Então, do pó da terra, o Senhor formou o ser humano. O Senhor soprou no nariz dele uma respiração de vida, e assim ele se tornou um ser vivo’. (Gênesis 2.7).
O salmista disse sobre si mesmo ainda informe e engrandece ao Senhor por tê-lo criado de forma tão perfeita dando-lhe a vida. Assim como a cada um de nós. ‘Tu criaste cada parte do meu corpo; tu me formaste na barriga da minha mãe. Eu te louvo porque deves ser temido. Tudo o que fazes é maravilhoso, e eu sei disso muito bem’. (Salmo 139.13-14).
Nesta porção da palavra de Jesus ele disse ser a própria vida. ‘Jesus respondeu: – Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim’. (João 14.6). Já no texto inicial menciona sua ressurreição e o poder que recebeu do Pai para dar a vida eterna através do seu sacrifício redentor.

Léo Lima

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

BOAS AÇÕES

Como eles continuaram a fazer a mesma pergunta, Jesus endireitou o corpo e disse a eles: – Quem de vocês estiver sem pecado, que seja o primeiro a atirar uma pedra nesta mulher!(João. 8.7).
Pecar é desobedecer a Deus, não adotando seu exemplar modelo. Por causa da iniquidade, todos nós ficamos separados de Deus e sentenciados a morrer. O pecado é a razão por que existe tanta perversidade no mundo.
Desde o princípio o Senhor já mencionava sobre a desobediência e alertava a todos que buscassem seguir seus ensinamentos. O profeta Isaías disse que somos sujos pelos nossos pecados que nos tornam impuros. ‘Todos nós nos tornamos impuros, todas as nossas boas ações são como trapos sujos. Somos como folhas secas; e os nossos pecados, como uma ventania, nos carregam para longe’. (Isaías 64.6).
Já o apóstolo Paulo lembra que a recompensa do pecado é a morte eterna. Entretanto, ele diz que Deus oferece o presente da vida eterna por Cristo Jesus. ‘Pois o salário do pecado é a morte, mas o presente gratuito de Deus é a vida eterna, que temos em união com Cristo Jesus, o nosso Senhor’. (Romanos 6.23).
Finalmente, Tiago alerta que todo aquele que sabe fazer coisas boas e não fazem comete pecado. ‘Aquele, pois, que sabe fazer o bem e o não faz comete pecado’. (Tiago 4.17). Desta forma é preciso estarmos alertas e buscarmos agradar ao Senhor com nossos atos e palavras.

Léo Lima

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

PERDÃO COMPARTILHADO

É justo, ó Deus, que o povo te louve no monte Sião e te dê o que prometeu, pois tu respondes às orações. Pessoas de toda parte virão te adorar por causa dos seus pecados. As nossas faltas nos deixam derrotados, mas tu nos perdoas. Como são felizes aqueles que tu escolhes, aqueles que trazes para viverem no teu Templo!
Nós ficaremos contentes com as coisas boas da tua casa, com as bênçãos do teu santo Templo”. (Salmo 65.1-4).
O salmista inicia sua palavra falando sobre a justiça e o perdão divino. Mostra que são felizes as pessoas que buscam a presença do Senhor e oram, pois que Deus ama a todos os que O buscam. ‘Ó Senhor, tu és bom e perdoador e tens muito amor por todos os que oram a ti’. (Salmo 86.5).
Jesus ensinou que devemos perdoar para sermos perdoados. Quando vivenciamos compartilhar o perdão divino logo sabemos que primeiro Deus nos amou e nos perdoou.  ‘E, quando estiverem orando, perdoem os que os ofenderam, para que o Pai de vocês, que está no céu, perdoe as ofensas de vocês. Se não perdoarem os outros, o Pai de vocês, que está no céu, também não perdoará as ofensas de vocês’. (Marcos 11.25-26).
O apóstolo Paulo também lembrou aos cristãos de Colossos sobre o perdão. ‘Não fiquem irritados uns com os outros e perdoem uns aos outros, caso alguém tenha alguma queixa contra outra pessoa. Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem uns aos outros’. (Colossenses 3.13).
É certo que Deus perdoou os nossos pecados e se nós almejamos ser parecidos com o Senhor, que motivos, pois, teremos para não perdoarmos alguém?

Léo Lima

terça-feira, 7 de novembro de 2017

CONVITE DO DIA

Ó Deus, escuta a minha oração, pois estou em dificuldades! Salva a minha vida, pois tenho medo dos meus inimigos. Protege-me dos planos que os maus fazem contra mim; livra-me dos bandos de homens perversos. A alegria daqueles que obedecem ao Senhor Deus vem dele; é no Senhor que eles encontram segurança. Todos eles lhe darão glória”. (Salmo 64. 1-2, 10).
Nesta oração Davi começa pedindo para que Deus esteja atento à sua oração, pois ele tem inimigos à espreita e planejam fazer-lhe o mal. Seu pedido de livramento se aprofunda durante o salmo em que ele mostra ter medo. Sua aflição é clara. Seu desejo de ter tranquilidade também é nítido.
Tantas vezes nos sentimos desta forma. Para nós a situação é um pouco diferente. Não estamos lutando por um reino. Lutamos por dias mais tranquilos em que ter a certeza da presença do Senhor é o almejado. O desejo em nós é termos a proteção divina de forma constante.
O poeta mostra que todos os que obedecem ao Senhor e procuram fazer a vontade do Pai, recebem uma alegria desconhecida para muitas pessoas. É que os que esperam no Senhor encontram a segurança tão almejada. E o resultado para elas é glorificar a Deus. Louvemos e adoremos ao Senhor a cada momento das nossas vidas. Este é o convite deste dia.

Léo Lima