COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sábado, 27 de maio de 2017

VIVER NA LUZ

Você nunca será derrotado. Eu estarei com você como estive com Moisés. Nunca o abandonarei. Seja forte e corajoso porque você vai comandar este povo quando eles tomarem posse da terra que prometi aos antepassados deles. Seja forte e muito corajoso. Tome cuidado e viva de acordo com toda a Lei que o meu servo Moisés lhe deu. Não se desvie dela em nada e você terá sucesso em qualquer lugar para onde for”. (Josué 1.5-7).
Este texto é a receita para um líder conseguir vitórias. O Senhor falando com Josué que foi designado para continuar a liderança exercida por Moisés. Primeiro a afirmação de que ele não seria derrotado, mas teria a presença e orientação do Senhor da mesma forma que Moisés teve.
Ser forte e corajoso é a receita que todo atleta recebe para ser vitorioso conforme diz o apóstolo Paulo: ‘O atleta que toma parte numa corrida não recebe o prêmio se não obedecer às regras da competição’. (II Timóteo 2.5). E é justamente o que Deus diz a Josué. Mas a ênfase no cuidado com o viver de cada dia buscando sempre a orientação da Palavra de Deus.
Como deve ser o procedimento do líder para obter vitória? Ele deve estar na presença divina em todas as situações e ao estar diante do Senhor o coração só deseja adorar. O salmista afirmou que é feliz todo aquele que adora a Deus e vive na luz do Senhor. ‘Feliz o povo que te adora com canções e que vive na luz da tua presença!’. (Salmo 89.15).

Léo Lima

sexta-feira, 26 de maio de 2017

PEDIDO AGRADÁVEL

É justo, ó Deus, que o povo te louve no monte Sião e te dê o que prometeu, pois tu respondes às orações. Pessoas de toda parte virão te adorar por causa dos seus pecados. As nossas faltas nos deixam derrotados, mas tu nos perdoas. Como são felizes aqueles que tu escolhes, aqueles que trazes para viverem no teu Templo! Nós ficaremos contentes com as coisas boas da tua casa, com as bênçãos do teu santo Templo”. (Salmo 65.1-4).
Neste texto o salmista Davi reconhece que estar na casa de Deus em oração é bom e faz bem. Ele inicia dizendo que cada um que se aproxima do monte de Deus para orar está fazendo o que é justo diante de Deus. Lembra ainda que Deus responde às orações de todos que humildemente pedem perdão pelos pecados cometidos.
O poeta profetiza que muitos irão se prostrar pedindo o perdão divino. Deus está atento a todo aquele que se aproxima do trono para confessar e adorar o nome santo do Pai. Davi lembra também que serão felizes as pessoas que Deus escolhe para anunciar as boas novas de salvação. Naquele tempo um grupo específico de pessoas servia no templo. Os levitas. Eles foram separados para todo serviço na casa de Deus.
Estar na casa de Deus resulta na comunhão dos fiéis e isto agrada ao Senhor. Eis um pedido que agrada a Deus: ‘A Deus, o Senhor, pedi uma coisa, e o que eu quero é só isto: que ele me deixe viver na sua casa todos os dias da minha vida, para sentir, maravilhado, a sua bondade e pedir a sua orientação’. (Salmo 27.4). Deus abençoa a todos os que O buscam em oração e vivem em comunhão com Ele e com todos os que procuram fazer o que agrada a Deus. Aproximemo-nos do Pai em adoração, pois só Ele deve receber toda a nossa adoração.

Léo Lima

quinta-feira, 25 de maio de 2017

VENCENDO ADVERSIDADES

O país que não tem um bom governo cairá; com muitos conselheiros, há segurança”. (Provérbios 11.14).

Estamos vivendo dias em que nosso país passa por dificuldades na sua administração. Os motivos são diversos. Desde a falta de honestidade até a louca busca de se dar bem não importa como.

A Bíblia nos mostra, através do apóstolo Paulo, a maneira de agir para que as coisas se modifiquem: “Exorto, pois antes de tudo, que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e sossegada, em toda piedade e honestidade”. (I Timóteo 2.1-2). Esta é a receita que temos para que as mudanças comecem.

O convite deste dia é que dobremos nossos corações diante do trono divino e oremos com desejo de que haja transformações a partir de nós mesmos. A Palavra de Deus recomenda que ‘E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra’. (II Crônicas 7.14). Orar é o desafio.

Léo Lima

quarta-feira, 24 de maio de 2017

SEMPRE AMOR

Desejo compartilhar mais uma das minhas poesias publicadas no livro 'Vê'. Esta foi escrita com muita oração. É resultante de um olhar bem dentro e ver que o que falta é somente amor. Que Deus dê a cada um de nós o amor que nos falta para podermos compartilhar de um amor Verdade. O Teu AMOR SENHOR!
O apóstolo Paulo recomendou que: “E, acima de tudo, tenham amor, pois o amor une perfeitamente todas as coisas”. (Colossenses 3.14).

 AMOR SOMENTE

Senhor dá-me amor!
Com seu fulgor
Cheio de dulçor
Em meio ao amargor
E tanto dissabor
Dá-me amor!
É amor somente.
Meu ser contente
Quer, docemente,
Constantemente,
De amor se encher.
Vem preencher,
Conceder,
Permanecer,
Sem retroceder,
Desde o amanhecer
Ao anoitecer
Dá-me amor!
Amor com abastança
Nunca a vingança.
Amor com fartura
Nunca a perjura.
Amor para compartilhar
Nunca furtar.
Amor para construir
Nunca destruir.
Amor para repartir
Nunca só pedir.
Dá-me amor somente.
Amor Verdade,
Que não mente.
Amor para a eternidade!...

Léo Lima

terça-feira, 23 de maio de 2017

ALEGRIA DE UM PAI

Porque o nosso Deus é misericordioso e bondoso. Ele fará brilhar sobre nós a sua luz e do céu iluminará todos os que vivem na escuridão da sombra da morte, para guiar os nossos passos no caminho da paz”. (Lucas 1.78,79).
O texto é uma demonstração de alegria especial. Zacarias, pai de João Batista, desde que soubera que teria um filho ficou mudo. E somente após o nascimento do menino, ele, Zacarias, abriu a sua boca e cantou. Louvou. Enalteceu ao Deus Todo Poderoso. Um pai que alegremente celebrava a chegada de um filho, que seria um profeta de Deus. Aquele que antecederia o ministério do Messias estando sempre à frente para preparar-Lhe o caminho.
Bendito seja o Senhor Deus de Israel que cumpre a sua promessa. Ainda que muitos não acreditem, Jesus é a promessa de vida. A promessa de paz para os homens de todas as raças. João Batista percorreu o caminho, sempre à frente de Cristo, anunciando o Cordeiro de Deus e a boa nova de salvação. Mostrava um caminho de paz cheio das misericórdias divinas.
Hoje, contamos com tão grandiosa dádiva, a salvação completa por Cristo Jesus e, raramente lembramos que ela nos garante o céu. Estamos habituados em percorrermos um caminho de paz que muitas vezes esquecemos que quem nos outorga esta maravilha é Jesus Cristo, o Senhor!
Você conhece esta história quando do nascimento de João Batista e a alegria que inundou o coração daquele pai, que feliz se levantava para louvar ao Senhor dos Exércitos? Louvar a Deus. Você pode se alegrar por tanto amor demonstrado por Ele? Se ainda não, entregue sua vida ao Senhor hoje mesmo e confie que Deus pode mostra-lhe o caminho.

Léo Lima

segunda-feira, 22 de maio de 2017

ÚNICO INTERMEDIÁRIO

Bem-aventurado aquele a quem tu escolhes, e fazes chegar a ti, para que habite em teus átrios; nós seremos satisfeitos da bondade da tua casa e do teu santo templo”. (Salmos 65.4).
O ser humano deseja ardentemente ser feliz. E para atingir essa meta ele faz planos, busca caminhos que dão uma sensação de felicidade, mas que na verdade é passageira e é mais uma ilusão. Para se viver a verdadeira felicidade é necessário que se tenha uma perfeita comunhão com Deus. Mas existe uma grande barreira entre o homem e Deus que é o pecado.
Sabemos que Deus oferece o perdão para as nossas faltas e delitos e nos purifica de todo mal abrindo-nos o caminho para uma íntima comunhão com Ele. Ele  já fez a parte dele, agora é necessário que façamos a nossa. É essencial crer nesse Deus maravilhoso que somente deseja a nossa felicidade e quer que sejamos salvos da morte eterna. Para estarmos na presença de Deus precisamos de uma mudança de vida e de atitude, assim Ele nos aceita e nos hospeda.
Logo a pessoa passa a desfrutar de todos os benefícios que a hospitalidade de Deus proporciona. Estar nos átrios - casa - do Senhor, é estar no céu, mesmo que ainda moremos neste mundo. Estar diante de Deus em oração e ouvindo a Sua voz faz com que o nosso coração se encha de amor e de paz. Podemos, então, desfrutar de uma alegria genuína num culto de louvor e adoração a Deus glorificando ao Senhor dos senhores.
Aquele que adentra nos átrios (sala principal) e se posta diante do trono do Senhor, pode sentir que não existem barreiras para uma perfeita comunhão com Deus. Ele abençoa. Ele guarda. Ele cuida com muito amor todo aquele que Dele se aproxima através de Jesus Cristo.
Estar diante do trono é falar diretamente com Deus.

Léo Lima

domingo, 21 de maio de 2017

VIDA POR CRISTO

Ninguém tira a minha vida de mim, mas eu a dou por minha própria vontade. Tenho o direito de dá-la e de tornar a recebê-la, pois foi isso o que o meu Pai me mandou fazer”. (João 10.18).
Jesus afirma ser Ele a vida. Nada nem ninguém pode fazer qualquer coisa referente à vida de alguém sem o Senhor da Vida. JESUS CRISTO. ‘Jesus respondeu: – Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim’. (João 14.6).
O apóstolo Paulo reconhece que sua vida pertence ao Senhor Jesus que vive em seu interior e toda a pessoa que reconhece Jesus como autor e restaurador da vida entende o que ele diz. ‘Assim já não sou eu quem vive, mas Cristo é quem vive em mim. E esta vida que vivo agora, eu a vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e se deu a si mesmo por mim’. (Gálatas 2.20).
Davi muito antes reconheceu o Senhor como a fonte da vida, também reconheceu que Ele é a Luz. Como é importante que andemos na luz divina a partir do momento que cremos que temos a vida em Cristo. ‘Tu és a fonte da vida, e, por causa da tua luz, nós vemos a luz’. (Salmo 36.9). Que adoremos o Senhor da Vida.

Léo Lima

sábado, 20 de maio de 2017

ENSINAMENTOS

Portanto, orem assim: - Pai nosso, que estás no céu, que todos reconheçam que o teu nome é santo. Venha o teu Reino. Que a tua vontade seja feita aqui na terra como é feita no céu! Dá-nos hoje o alimento que precisamos. Perdoa as nossas ofensas como também nós perdoamos as pessoas que nos ofenderam. E não deixes que sejamos tentados, mas livra-nos do mal. Pois teu é o Reino, o poder e a glória, para sempre. Amém! - Porque, se vocês perdoarem as pessoas que ofenderem vocês, o Pai de vocês, que está no céu, também perdoará vocês. Mas, se não perdoarem essas pessoas, o Pai de vocês também não perdoará as ofensas de vocês.” (Mateus 6.9-15).
Jesus falou à multidão ansiosa por ouvi-lo no monte. Ele ensinou como falar com Deus conforme a oração do ‘Pai Nosso’. Sobre o perdão que devemos perdoar para sermos perdoados.
Também mencionou o valor dos bens materiais que somente atendem a algumas necessidades, mas todos terão um fim. ‘Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde as traças e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam. Pelo contrário, ajuntem riquezas no céu, onde as traças e a ferrugem não podem destruí-las, e os ladrões não podem arrombar e roubá-las. Pois onde estiverem as suas riquezas, aí estará o coração de vocês’. (Mateus 6.19-21).
Ainda ensinou que se estivermos Nele teremos a sua luz. Vale lembrar que o brilho que mostrarmos é o reflexo do que está em nosso ser. ‘Os olhos são como uma luz para o corpo: quando os olhos de vocês são bons, todo o seu corpo fica cheio de luz. Porém, se os seus olhos forem maus, o seu corpo ficará cheio de escuridão. Assim, se a luz que está em você virar escuridão, como será terrível essa escuridão!’ (Mateus 5.22-23).

Léo Lima

sexta-feira, 19 de maio de 2017

GRAÇA IMERECIDA

Mas onde aumentou o pecado, transbordou a graça”. (Romanos 5.20).
Somos muito seletivos quando pensamos nas pessoas e como elas são. Está muito difícil assistirmos aos noticiários que só anunciam as maldades de uns para com os outros. Às vezes pensamos que existem pessoas que não merecem ser salvas. Merecer. É justamente a palavra que não cabe neste contexto. Ninguém ‘merece’ por si só a salvação. Ela é outorgada através da graça de Deus por seu Filho Jesus Cristo. ‘Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie’. (Efésios 2.8-9).
O texto inicial nos lembra de que quanto maior o pecado maior é a graça divina. Assim é Deus e sua misericórdia que a cada dia nos oferece dela como do maná que Ele proveu para o seu povo.
A graça transborda quando o pecado aumenta. Deus ama a todos sem restrições. ‘Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens’. (Tito 2.11). Ele só abomina a prática do pecado. Sabemos que a cada dia somos presenteados com a graça do Senhor.
A graça divina superabunda por você.  Busque ao Senhor agora.

Léo Lima

quinta-feira, 18 de maio de 2017

REVERÊNCIA AO SENHOR

Aqueles que temem o Senhor aprenderão com ele o caminho que devem seguir. Eles sempre terão sucesso, e a Terra Prometida será dos seus filhos. O Senhor Deus é amigo daqueles que o temem e lhes ensina as condições da aliança que fez com eles”. (Salmo 25. 12-14).
Ter temor de Deus é aceitar o poder e a santidade de Deus. Quem teme a Deus quer agradá-lo. O respeito a Deus nos ajuda a viver de maneira correta, sempre escolhendo fazer o que é certo. Temer a Deus, portanto é uma atitude sábia.
O salmista inicia seu pensamento nesta porção da Palavra que os que temem ao Senhor aprendem o caminho reto. Já Salomão finaliza seu livro de grandes questionamentos dizendo que sua conclusão é que o temor a Deus e a obediência aos mandamentos divinos são o motivo porque fomos criados. ‘De tudo o que foi dito, a conclusão é esta: tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados’. (Eclesiastes 12.13).
O salmista orienta a quem deseja ter sabedoria, pois que para todas as situações na vida é preciso primeiro temer a Deus. Logo o Senhor dá compreensão a quem O busca. ‘Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Ele dá compreensão aos que obedecem aos seus mandamentos. Que o Senhor seja louvado para sempre!’. (Salmo 111.10).

Léo Lima

quarta-feira, 17 de maio de 2017

EXULTANDO NO SENHOR

Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus”. (Mateus 5.10-12).
Conforme o que estamos vivendo a cada dia é que sabemos se temos de tudo o que necessitamos, mas vemos que de todos os lados existem pessoas que estão sem ter até o que comer. É preciso repartir uma porção do que temos. Mesmo que seja um pouco de amor. Mas podemos clamar por justiça em favor dos que sofrem injustiças.
Jesus diz que os que sofrem perseguição por buscarem a justiça e aqueles que são injuriados por buscar a paz, mesmo que sejam perseguidos serão felizes. Estas pessoas precisam se alegrar porque deles é o reino dos céus. Que promessa!
Muitas vezes nos sentimos descrentes por vermos que muitos dos que sofrem são mal intencionados e ficamos como que inertes por não sabermos a forma de agir. Entretanto, não podemos permitir que acontecimentos grotescos nos tirem a vontade e a alegria de fazermos alguma coisa pelos que sofrem. Não podemos permitir que coisas que acontecem mudem nosso senso de justiça. Não é possível permitir que o mundo lá fora vença e que nós fiquemos somente paralisados pela indignação.
O que precisamos fazer inicialmente é buscarmos a Deus em oração a favor da justiça divina e fazermos o que estiver ao nosso alcance para que muitos sejam salvos da miséria em que vivem. Ele, que é justo, pode transformar todas as nossas aflições em bênçãos e alegrias por Ele mesmo e é preciso que confiemos na sua promessa: ‘Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus’.
Já imaginou o que a justiça de Deus pode operar se entregarmos todas as nossas preocupações e aflições no trono do Senhor? Façamos a nossa parte!

Léo Lima

terça-feira, 16 de maio de 2017

VIVIFICADOS

Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo”. (Judas 20).
Para que um edifício se torne sólido e resistente é necessário que haja em seu alicerce uma estrutura de cimento, areia, cascalho, ferro e água. Somente esta mistura com sua estrutura calculada é que sustentam os prédios, as edificações. Mas é preciso que estes componentes todos estejam na sua medida exata. Após todo o trabalho é importante que ela seja regada com água por um período e só então será declarada pronta.
Para termos uma vida espiritual sólida é preciso usar outros recursos. Judas teve uma conversão real em Jesus Cristo, logo após a ressurreição. E neste texto exortava seus irmãos em Cristo a que edificassem a fé no Senhor. Deveriam prostrar-se ante o altar divino para que, humildemente, buscassem através da oração, solidificar a fé.
Precisamos prostrarmo-nos ante a majestade divina, para que nossa fé se revigore, solidifique-se e, mesmo que tempestades venham podermos enfrentá-las, pois que estamos regando o nosso viver diariamente com a oração. Sabemos que crescemos de fé em fé. E isto nos incentiva a que diariamente busquemos a face do nosso Deus e no Espírito Santo falemos ao Senhor que permite que Ele, com gemidos inexprimíveis, interceda por nós.
Precisamos, pois ter nosso espírito constantemente regado pelo Senhor da obra, pois os tempos são maus e a corrida diária muitas vezes nos impede de termos o tempo necessário para estar com Deus. É necessário estarmos vigilantes em oração. Se a fonte divina estiver regando nossas vidas, então teremos um viver sólido Nele!
Já vimos que prédios com a melhor das estruturas, quando enfrentam um terremoto, podem ruir. O Senhor disse: ‘Assim, aquele que pensa que está de pé, é melhor ter cuidado para não cair’. Concluímos, portanto, que é preciso que estejamos vigilantes em oração, pois a cada dia enfrentamos muitos terremotos.
Portanto, quem pensa que está em pé,
Atenção você pode cair!

Léo Lima