COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sábado, 13 de maio de 2017

DEUS EM NÓS

Porque grande é o Senhor, e mui digno de louvor; também é mais temível do que todos os deuses”. (I Crônicas 16.25). “Grande é o Senhor, e muito digno de louvor, e a sua grandeza inescrutável”. (Salmos 145.3).
São dois cânticos de louvor a Deus, encontrados nos textos acima. O primeiro está inserido no livro de Crônicas, mas é Davi quem solicita a Asaf, um músico, que prepare o louvor a Deus. A grandeza de Deus é exaltada com toda sinceridade, pois estavam comemorando a chegada da Arca que continha as palavras que Deus havia escrito: Os Dez Mandamentos. Eles acreditavam - e tinham razão para isso - que o lugar em que a Arca se encontrasse seria abençoado.
Cremos que o lugar em que está a Palavra de Deus, o lugar em que habita o Nome de Deus e sua grandeza, é lugar santo. Não um lugar físico qualquer, mas principalmente, o interior do ser humano. Pois foi Deus quem disse: ‘Portanto santificai-vos, e sede santos, pois eu sou o Senhor vosso Deus’. (Levítico 20.7). E como Jesus mesmo disse que toda a pessoa que aceita a salvação através Dele, se torna moradia do Espírito Santo de Deus. Portanto, se Deus está em nós, logo precisamos ser santos.
Mas para pensarmos ainda mais na grandiosidade de Deus sentimos quão pequenos somos e não somos merecedores de tão grande amor. Somente pela misericórdia de Deus temos Seu Espírito Santo em nós. ‘Porque grande é o Senhor’.
Para que a grandiosidade de Deus seja real em nós, é preciso que Ele faça a mudança em nosso ser. E para que isso aconteça é necessário que busquemos a Deus para conhecermos quão grandioso é o Senhor.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário