COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quinta-feira, 31 de julho de 2014

VIRTUDES

"E que a paz que Cristo dá seja o juiz nos corações de vocês. Foi para essa paz que Deus os chamou, unidos em um só corpo. E sejam agradecidos." (Colossenses 3.15).
Vemos, em várias fases da vida, que as virtudes precisam ser cultivadas. Em outro texto podemos ver que Paulo nos orienta sobre algumas virtudes: "Revestí-vos pois, como eleitos de Deus, santos, e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também." (Colossenses 3.12,13). Para que alguém perdoe o outro, é necessário que exista amor. Portanto, de todas as virtudes que existem uma é suficiente para abraçar todas, o amor.
Se pensamos em fazer como Cristo fez, então teremos que amar. Não houve neste mundo nada comparado ao amor demonstrado por Jesus Cristo, que, como demonstração de amor a Deus, obedeceu ao Pai, e como forma de demonstrar amor a cada um de nós morreu na cruz e ressuscitou para nos resgatar. Morreu em nosso lugar. Pode haver maior amor do que este? Se tivermos o amor de Jesus em nós, logo teremos todas as virtudes necessárias para uma vida plena de amor e paz.
"E que a paz que Cristo dá seja o juiz nos corações de vocês. Foi para essa paz que Deus os chamou, unidos em um só corpo. E sejam agradecidos." Deus deseja nos dar a paz. Precisamos estar em união com o nosso Senhor Jesus Cristo para podermos desfrutar do amor de Deus em nós. Ele deseja que tenhamos uma vida de plena comunhão com Ele e para isso é necessário que busquemos nele toda a força para abrigarmos as mais diversas virtudes. Seja misericórdia, benignidade, humildade, mansidão e longanimidade. Para todas estas atitudes devemos depender de Deus. É Ele que nos dá condições para sermos retos e sinceros. Precisamos estar cheios do amor de Deus em nós. E quando estivermos desfrutando desta tão preciosa paz, sejamos agradecidos!
Você está procurando trilhar no amor de Jesus? As virtudes fazem parte do seu dia a dia? Creia que ele pode mudar sua vida para uma vida de paz e amor.

Léo Lima

quarta-feira, 30 de julho de 2014

OUVIR DEUS

"Ah, se vocês tivessem obedecido aos meus mandamentos! A sua prosperidade iria aumentando como se fosse uma enchente, e as suas vitórias teriam sido constantes, tão constantes como as ondas do mar." (Isaías 48.18).
Quando paramos para contemplar o mar e sua ondulação constante, ficamos maravilhados com esta obra tão grandiosa e dominante! O amor de Deus é maior que o mar! Deus amou de tal forma seu povo, Israel, que sofria cada vez que havia desobediência entre eles. Este povo sempre vacilava e caía na infidelidade para com Deus. Mas pela glória do Seu Nome, Deus reafirmava suas promessas, a sua verdade, seu amor e a infinita misericórdia com que Ele tratava seu povo.
Deus está pronto a perdoar quando um coração contrito volta-se para Ele se arrependido. "Ah! Se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos! Então, seria a tua paz como um rio, e a tua justiça, como as ondas do mar." Nestas palavras é possível sentir que Deus estava triste por ter que mencioná-las, mas ao mesmo tempo, Ele lembra o que poderia acontecer se este mesmo povo se voltasse arrependido: seria grandemente abençoado. Tudo de melhor seria para o povo. As vitórias prometidas são tão grandes como as ondas do mar e tão constantes como elas que estão em evolução constante.
Deus é constante em seus propósitos de amor para conosco, nós é que somos inconstantes, deixamos de valorizar tudo que nos é oferecido por Deus. Temos um amor que não se pode medir ou comparar, mas incorremos nas mesmas falhas e esquecemos o quanto Deus deseja que sejamos atentos ao seu amor e benignidade.
Ah! Se me ouvisses! Você consegue ouvir a voz de Deus a lhe falar? Consegue entender o imenso amor que Ele tem por você? Deus o ama e deseja que seus ouvidos estejam atentos ao seu amor e à sua voz. Ouça Deus agora!

Léo Lima

terça-feira, 29 de julho de 2014

SUBINDO SEMPRE

"E vós também, pondo nisto mesmo toda diligência, acrescentai a vossa fé a virtude, e à virtude a ciência." (II Pedro 1.5).
É comum chegarmos totalmente cansados ao topo de uma escada. Subir degraus é de fato cansativo. Exige-se muito daquele que não está com um bom preparo físico. Se cuidamos dos nossos ideais, fazemos tudo que nos é possível para realizá-los. "É preciso atingir a meta!" O pensamento está sempre impregnado destas palavras: ideais, metas e alvos.
Porém, quando os nossos alvos são aqueles que chamamos: "escala de virtude", e nos parecem muito difíceis, olhamos e às vezes, paramos. Indagamos se vamos conseguir vencer cada etapa. Ela é muito íngreme, as dificuldades se avolumam como o maior desafio a ser vencido.
Desde que colocamos os nossos pés na primeira etapa, vemos que é preciso que nos apliquemos com toda a diligência-presteza naquilo que se faz para que seja obtido o êxito final! Isto em todas as etapas da vida. Em cada tarefa a ser executada, é necessário atividade e fé. Ainda se mescla a virtude e esta à ciência, que é aquela maneira de aprimorarmo-nos em tudo que fazemos.
Poderemos escalar degrau por degrau que, se firmes em Cristo Jesus, vamos chegar ao topo! Só Jesus nos dá o lenitivo mesmo que as barreiras nos pareçam intransponíveis.
Assim de degrau em degrau, conheceremos o sabor da vitória. Necessitamos da ajuda de Deus para sermos cuidadosos com nosso viver e com nossos alvos. É preciso encarar os desafios com amor e cuidado, para que sejamos vitoriosos!
Diante de você está mais um degrau para subir. Você já subiu o primeiro? O primeiro é aceitar o amor de Deus por você. Logo será fácil subir cada degrau que surgir diante dos seus olhos.
Ore:
Senhor, não permitas que o cansaço ou o egoísmo me impeça de ser esforçado e assim a cada dia subir mais um degrau para o céu. Senhor ajuda-me! Amém.


Léo Lima

segunda-feira, 28 de julho de 2014

VIVER A PAZ

"E a paz de Deus, que está além da compreensão humana, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus." (Filipenses 4.7).
Quando procuramos penetrar em nossos pensamentos podemos perceber que eles são limitados até a nós mesmos. Nossos sonhos se limitam ao que desejamos! Surpreendemos-nos mesmo nos momentos mais fantasiosos que vivemos. Outras vezes questionamos por que não conseguimos compreender determinadas coisas, especialmente aquelas concernentes a Deus e Sua eternidade!
A promessa é que "a paz de Deus, que está além da compreensão humana, guardará o coração e a mente de vocês," então, é possível constatar que se esta promessa que nos é feita, nos atingir, logo não haverá compreensão humana capaz de explicar o que vive todo salvo por Jesus Cristo. A paz que está além da compreensão humana é que guardará corações e mentes firmes no Senhor. Isto vai além de todo entendimento.
Muitas vezes as pessoas buscam este sentimento, procuram entender o que não é possível, mas ela está de fato buscando em fontes que não podem oferecer esta paz inigualável. Como é bom desfrutar desta paz que Cristo dá.
Eu vivo este sentimento gostoso e gostaria que você também pudesse sentir o mesmo. Para que a paz pudesse acontecer em minha vida, um dia eu permiti que Jesus entrasse em meu coração e Ele não mais saiu de lá. Jesus hoje reside na minha vida fazendo dela uma vida cheia de paz. Às vezes sinto tristeza, mas é algo que passa, como o vento. Quase não dá para percebê-la. Jesus está reinando soberano! Como é bom viver com Jesus!
Você gostaria de experimentar este sentimento único? Deixe Jesus entrar e fazer morada em sua vida! Ele vai proporcionar "a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus." Creia, Ele deseja estar com você também. Entregue sua vida a Jesus. Confia nele e Ele tudo fará.

Léo Lima

domingo, 27 de julho de 2014

SAUDAÇÕES AO CRIADOR

Estava refletindo sobre a publicação dos pensamentos que ininterruptamente estão em nossas mentes. Sei que escrevemos o que sentimos, mas sei também que quando uma pessoa lê o que escrevemos o significado pode ser diferente do que aquele que nos leva a escrever. Isso porque em todas as atividades que realizamos a emoção é quem vai determinar aquilo que estamos pensando e sentindo. Então, uma coisa que escrevemos para expressar nossa alegria, muitas vezes vai parecer triste para a pessoa que aflita lê.
Desta feita vou compartilhar uma poesia que escrevi em um momento de grande aflição. Ela foi como que um esvaziar da dor que sufocava todo meu ser, e isso há muito tempo atrás. Hoje, com a graça de Deus posso pensar no que passou e agradecer ao Senhor por todas as coisas vividas. Louvado seja o Nome do Senhor.

MORNA?! NÃO!!!

Existe aquele instante que a vida gritante torna-se apagada.
A alma magoada vai estraçalhada,
Amordaçada, simplificada em nada.

O coração entristecido até embrutecido
Chora desfalecido.
- A vida que hei vivido???
Tudo parece perdido. 
O ser todo se transforma perde todas as normas,
Adquire a mais negra forma... A alma faz-se morna...
Ao redor tudo caos.
Os omens são todos maus...
A sensibilidade é como pau da proa, que embrutece a náu!
A vida, o ar, a amplidão
Tudo se transforma em: NÃO!
Chega a noite de supetão escurecendo a razão!
Que fazer então?
Nada? Como dizer se o coração a sofrer
Pede quase a perecer que quer a Cristo ver.
Que quer com Ele se encontrar
Que só o doce sono vai acalmar
Que após o último suspiro exalar
A vitória vai ganhar.
A vida vai desfrutar
O orgulho vai murchar
As ânsias vão terminar
A canseira amenizar...
Vai receber no céu um lar!

Perdão, Senhor.
Morna a alma oh, não!
O Senhor tem a palma
Para aquele que em calma,
A mantém aquecida! Ardente a alma se encontrar.
É o prometido louro que em meio à luz, ao ouro,
Feliz cantará no eterno coro,
Glórias, aleluias; efusivas saudações, todas alusivas
Ao Criador da Vida!...

Léo Lima

sábado, 26 de julho de 2014

ORANDO POR TODOS

"Que Deus, que nos dá a esperança, encha vocês de alegria e de paz, por meio da fé que têm nele para que a esperança de vocês continue a crescer pelo poder do Espírito Santo." (Romanos 15.13).
Nosso Deus é Deus de esperança. O apóstolo Paulo escreve uma oração em favor dos crentes de Roma. Ele pede a Deus que dê muita alegria e paz àqueles crentes que se achavam distantes dele. Mesmo em forma de oração Paulo apresenta a forma que o crente deve viver. Com muita fé em Deus que ouve e atende as orações e que atende todos os que O buscam. Vemos aí que Paulo torna a dizer que é o Espírito Santo quem dá poder e capacita a cada um para crescer na esperança para com Deus. O crente consegue visualizar a vida do porvir através de uma vida cheia do Espírito de Deus.
Como é bom quando falamos com uma pessoa amiga e ela nos fala de que tem orado por nós. Lembramo-nos de Jesus quando exercia o final de seu ministério neste mundo orou por nós que havíamos de crer Nele (João 17). Esta atitude de Jesus é um dos motivos que nos impulsiona a continuar a caminhada, por mais difícil que seja, mas a oração de Jesus por nós nos motiva também a desfrutar, desde já, das incontáveis bênçãos que Ele mesmo prometeu aos seus filhos. Hoje usufruímos, com alegria, de pleno gozo e paz no Senhor.
É preciso que elevemos nossos pensamentos e sentimentos em orações ao Senhor, no nome de Jesus, para que os que nos são queridos sejam salvos e edificados em Cristo. Precisamos orar por todos que nos cercam, pelos governantes de nossa pátria para que todos cheguem a desfrutar do gozo e paz em Jesus, pois assim teremos um mundo melhor. Um mundo que reconheça que só o Senhor é Deus.
Oremos. Falemos com Deus através de Jesus que ele intercederá por sua vida diante do Pai e você poderá orar por outros que tanto necessitam.
Ore:
Senhor, que possamos estar diante de Ti em oração por aqueles que nos são queridos e Te pedimos em favor de nossa Pátria para que seus governantes sejam homens tementes a Ti. Amém.


Léo Lima

sexta-feira, 25 de julho de 2014

COMO A CRIANÇA

Ó Senhor, nosso Deus, a tua grandeza é vista no mundo inteiro. O louvor dado a ti chega até o céu e é cantado pelas crianças e pelas criancinhas de colo.” (Salmo 8.1,2ª).
Neste dia precisamos agradecer ao Senhor por mais um dia que nos concede. O salmista louva e engrandece a Deus por todas as maravilhas que podem ser contempladas. Ele menciona que é possível ver as maravilhas que Deus criou no mundo inteiro. O louvor que o salmista canta neste salmo é de coração e suas palavras enaltecem a Deus o Criador.
Quando diz que o louvor que chega até o trono é como o dado pelas crianças. Isto quer dizer que é um louvor pleno e puro. Assim deve ser o nosso louvor e adoração. Com simplicidade como a da criança e pureza que só ela pode ter.
Louvemos e adoremos ao Criador com canto simples e puro que chega até o coração de Deus. Louvado seja o Senhor!

Léo Lima

quinta-feira, 24 de julho de 2014

O LIVRO DOS LIVROS

A tragédia do Livro que não se abre
A grande tragédia narrada no Livro dos livros faz-nos pensar na maravilha que Deus nos proporcionou. Quando Ele resolveu deixar a Sua Palavra para nós, Ele não pretendeu ocultar nenhum fato. Mesmo que este fato seja uma tragédia que nos decepcione. Deus nos mostra seu Plano Redentor de forma clara. Não existe nada de secreto quando se trata da Salvação prometida! Ele mostra o Seu amor e as suas misericórdias - que se renovam a cada manhã - de forma límpida. Uma das maiores tragédias pessoal narrada na Bíblia é a vida do grande servo Jó. Como Jó, procure conhecer o autor da Palavra!
Grandes homens falaram sobre a Bíblia: D. Pedro II; Jean Jackches Rousseau; Immanuel kant; Coelho Neto entre muitos outros.
“Escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti.” (Salmo 119.11). Falou o salmista que faz uma oração em forma de súplica para que a Palavra do Senhor não esteja somente aberta diante dele, mas o coração esteja selado com a Palavra divina. É necessário que abramos nossa Bíblia para meditar nela dia e noite.
Abra a Palavra do Senhor e permita que ela fale ao seu coração para que ele se transforme em um novo coração!
Léo Lima


quarta-feira, 23 de julho de 2014

PAZ DIVINA

"Deixo com vocês a minha paz; a minha paz lhes dou, não como o mundo costuma dar. Não se preocupem nem tenham medo." (João 14.27).
Jesus, ao se despedir dos seus discípulos, falou: "Disse-vos estas coisas por figuras; chega, porém, a hora em que vos não falarei mais por figuras, mas abertamente vos falarei acerca do Pai. Naquele dia pedireis em meu nome, e não vos digo que eu rogarei por vós ao Pai; pois o Pai mesmo vos ama; visto que vós me amastes e crestes que eu saí de Deus. Saí do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai. Disseram os seus discípulos: Eis que agora falas abertamente, e não por figura alguma." (João 16.25-29).
Sim. Jesus deixava suas recomendações finais e os alertava de que a vida para eles não seria um mar de rosas, mas que deveriam encarar cada aflição vivida de uma maneira que a paz reinaria em seus corações em todos os momentos. Por isso disse: "Deixo com vocês a minha paz; a minha paz lhes dou..."
Nesta promessa também está inserida a verdade que eles teriam que enfrentar, de que as aflições viriam e eles precisavam desfrutar da paz de Jesus em todas as circunstâncias. A paz do Senhor viria com o consolador, o Espírito Santo de Deus, que seria presença certa na vida de todo aquele que viesse a crer em Cristo como Salvador e Senhor. Hoje, sabemos que a paz é um estado que não se pode explicar conforme disse o apóstolo Paulo: "E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus." (Filipenses 4.7).
Hoje, como no início do cristianismo, as aflições do mundo rodeiam os cristãos, mas se ocorre algo que tenta perturbar a paz, basta buscar em Jesus a paz verdadeira e infalível. Ele tem o poder de acalmar até o mar, imagine de nos dar da Sua paz! Mesmo quando a dor física, moral ou espiritual nos afligir e estiver acima das nossas expectativas, a paz de Jesus pode apaziguar toda tempestade. É preciso entregar ao Mestre toda dor ou problema. Se de fato descansarmos no Senhor, a paz inundará nosso ser.
Você já experimentou a paz que Jesus oferece? Ele fala a você agora: "Deixo com você a minha paz; a minha paz lhe dou, não como o mundo costuma dar. Não se preocupe nem tenha medo."

Léo Lima

terça-feira, 22 de julho de 2014

SEMPRE LOUVANDO

"Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios." (Salmos 103.2).
Deus, na Sua Onisciência me conhece mais que eu mesma. Ele me sonda e vê tudo que há em mim. Se algum caminho mau há, Ele me protege, me livra. Deus me cerca com seu amor, com sua graça e com sua misericórdia. Ele dá tudo o que necessita meu ser.
É o Senhor que, em sua Onipresença, está comigo em todos os momentos. Não existe distância que possa afastar Deus da minha vida. A altura ou a profundidade para Deus estão num mesmo plano. Não há trevas que possa esconder alguma coisa dos olhos de Deus.
Deus em Sua perfeição nos formou e opera no mundo que é desconhecido para o ser humano. Deus, somente Deus pode nos esquadrinhar antes mesmo de existirmos "Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe, e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais iam sendo dia a dia formadas, quando nem ainda uma delas havia" (Salmos 139.16), e é Ele, o nosso Deus, que nos formou, que merece o nosso louvor e a nossa adoração. O salmista convida a não nos esquecermos de nenhuma das bênçãos recebidas de Deus. Portanto, contar as bênçãos é um imperativo.
Diante do verdadeiro Deus qual deve ser o desejo do coração temente? O coração temente ao Senhor deve ter repugnância pelo pecado e, acima de tudo, deve tomar uma posição na sua vida: escolher viver uma vida nos caminhos de Deus.
Você deseja que sua vida seja uma vida para a vida eterna? Fale com Deus agora!
Léo Lima

segunda-feira, 21 de julho de 2014

SOMENTE AMOR

Desejo compartilhar mais uma das minhas poesias publicadas no livro 'Vê'. Esta foi escrita com muita oração. É resultante de um olhar bem dentro e ver que falta somente amor. Que Deus dê a cada um de nós o amor que nos falta para podermos compartilhar de um amor Verdade. O Teu AMOR SENHOR!!!

 AMOR SOMENTE

Senhor dá-me amor!
Com seu fulgor
Cheio de dulçor
Em meio ao amargor
E tanto dissabor
Dá-me amor!
É amor somente.
Meu ser contente
Quer, docemente,
Constantemente,
De amor se encher.
Vem preencher,
Conceder,
Permanecer,
Sem retroceder,
Desde o amanhecer
Ao anoitecer
Dá-me amor!
Amor com abastança
Nunca a vingança.
Amor com fartura
Nunca a perjura.
Amor para compartilhar
Nunca furtar.
Amor para construir
Nunca destruir.
Amor para repartir
Nunca só pedir.
Dá-me amor somente.
Amor Verdade,
Que não mente.
Amor para a eternidade!...
Léo Lima

domingo, 20 de julho de 2014

AÇÕES DE GRAÇA

"Tudo isso aconteceu para o bem de vocês, a fim de que a graça de Deus atinja cada vez maior número de pessoas, e estas ofereçam mais orações de agradecimento, para a glória de Deus." (II Coríntios 4.15).
Muitas pessoas não entendem o que é a graça de Deus. Graça envolve outros assuntos tais como o perdão, a salvação, a regeneração, o arrependimento e o amor de Deus. Ainda é aplicada na Bíblia muitas vezes como misericórdia, bondade e longanimidade. Portanto, graça é o mesmo que favor em um plano muito maior.
No texto acima, vemos que existe graça suficiente para todos que desejarem. O apóstolo Paulo, autor das palavras escritas neste texto teve em seu ministério um único assunto: Jesus Cristo. A redenção por Cristo, e mais, abundância da graça por Cristo somente. A doação da Graça de Deus é automática, desde que o homem assuma que é um pecador, e com coração arrependido e contrito volta-se para Deus, com propósito de confessar os seus pecados que são logo perdoados.
Assim, ele passa a tomar posse deste favor divino. Graça de graça! O que Deus requer de nós? Somente um coração arrependido, cheio de gratidão e a manifestação desta gratidão: Ações de graças. No texto, vemos que é preciso fazer orações de gratidão. Esta atitude só acontece partindo de uma vida de total desprendimento ante as coisas banais deste mundo e uma completa entrega da vida a Deus. São coisas que estão interligadas, a graça salvadora e as ações de graças vão se multiplicando naturalmente.
Quand a pessoa recebe a salvação por Jesus Cristo, logo ela começa a desfrutar das infinitas bênçãos, que chamamos de graça divina! É a melhor coisa que se pode usufruir nesta vida, pois a graça de Deus vem repleta de paz! A paz que todos desejam!
Existe abundância de graça para você também.
Tome posse dela através de Jesus Cristo!
Léo Lima

sábado, 19 de julho de 2014

BRISA DE AMOR

"Não esmagará o galho que está quebrado, nem apagará a luz que já está fraca. Ele agirá assim até que a causa da justiça seja vitoriosa." (Mateus 12.20).
 A vida de Jesus aqui na terra, o seu ministério foi uma escola vivida por muitas pessoas que testemunharam a forma mais humana, mais amorosa e misericordiosa de tratar as pessoas. Ele considerava cada ser humano precioso, sensível, como se o que fumega fosse espalhado pela mais leve brisa. Ainda, como se uma cana seca que pudesse ser quebrada ao mais suave toque, ou mesmo, como se a centelha existente pudesse apagar-se com facilidade.
A vida de Jesus estava dentro da vontade de Deus. Ele sabia como tratar cada criatura. Jesus, com sua abundante misericórdia, seu amor sem medida, seu querer bem, tratava a todos com extremo zelo. Seu terno amor logo era notado diante da Sua empatia, o sofrer com o próximo. Esta atitude era natural Nele. Jesus veio com propósito de dar triunfo à justiça.
Como estamos nos portando diante das pessoas que nos cercam? Como estamos tratando aqueles que estão próximos de nós? Muitas vezes é necessário que uma brisa do nosso amor, brisa somente, perpasse por cada um destes que estão diante de nós. Uma brisa de amor, de perdão, de amizade! É uma brisa somente o que muitos esperam de nós!
Sejamos a brisa do amor de Deus para aqueles que nos cercam!
Léo Lima

sexta-feira, 18 de julho de 2014

BENÇÃO GRATUITA

"A bênção do Deus Eterno traz prosperidade, e nenhum esforço pode substituí-la." (Provérbios 10.22).
Existe uma ambição sadia: - ser rico das bênçãos de Deus! O texto acima mostra-nos que quando Deus traz prosperidade com suas bênçãos, nenhum esforço próprio poderá substituí-la. Esta é uma tarefa que Deus não passa para ninguém realizar. Abençoar a todas as pessoas que O buscam!
Neste provérbio Salomão comenta que as bênçãos de Deus trazem alegria, especialmente, quando elas resultam em abundância! Aquelas pessoas que possuem coisas que sentem serem doações do Senhor podem se alegrar. Deus quer que os seus filhos sejam ricamente abençoados. E esta prosperidade é gratuita. Ela deve provocar uma alegria sincera e simples como a alegria da criança. É possível constatar que o único esforço necessário é a dependência de Deus, o esperar no Senhor, confiar totalmente nele, assim como a criança confia no seu pai. A pessoa que assim vive desfruta de tranquilidade, vive satisfeita e com o intuito de somente agradar a Deus nosso Pai.
Se você crê nas promessas do Pai pode se considerar rico das bênçãos divinas. Deus está pronto para proporcionar uma vida cheia de paz e amor. Basta que você esteja colocando o Senhor em primeiro lugar. É preciso que Ele seja toda a sua força e alegria.
O Eterno está pronto e quer abençoar a sua vida!

Léo Lima

quinta-feira, 17 de julho de 2014

FÉ QUE MOVE MONTANHAS

"Foi porque vocês não têm bastante fé - respondeu Jesus. - Lembrem-se disto: se tivessem fé, mesmo que fosse do tamanho de uma semente de mostarda, poderiam dizer a este monte: Saia daqui e vá para lá, e ele iria. E vocês teriam poder para fazer qualquer coisa." (Mateus 17.20).
"Muitas pessoas desejam ter uma fé do tamanho de uma montanha, antes de tentarem mover uma semente de mostarda." (Paul E. Holdcraft).
No texto bíblico vemos Jesus falando aos seus seguidores que se eles tivessem fé do tamanho da menor semente, eles poderiam realizar a maior proeza já vista! Entretanto, ao olhar dentro de si mesmo pode-se constatar que a fé é a mais difícil atitude que o homem pode ter.
O exemplo que Jesus dá é singular, pois ao comparar algo que eles já possuíam a fé, fala que se ela fosse do tamanho da menor semente, eles fariam milagres até como o de mudar um monte de lugar. Este exemplo vem para mostrar que nós não sabemos exercitar a nossa fé.
É através da fé que se crê para a salvação. É somente o ato de crer em Jesus Cristo como Salvador pessoal e confessar todos os pecados que o pecador recebe o perdão. É, também, aceitar o sacrifício da cruz e a ressurreição de Cristo que a vida eterna está garantida. A Nova Vida é o milagre maior, oferecido no amor imensurável de Jesus Cristo na cruz do calvário. Este deveria ser o maior e mais persistente objetivo que todas as pessoas deveriam ter: buscar, pela fé, a salvação.
Desde a cruz Jesus oferece a salvação, é só ter fé.
O realizar de cada um depende do tamanho da fé! 

Léo Lima