COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

ÁRVORE

"Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detem no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores." (Salmos 1.1).

Há dois dias refletimos sobre a felicidade do homem que não anda com os pecadores. Ontem, pensamos naquele que não se detém para ouvir os maus conselhos. Hoje, vamos refletir no que não se assenta na roda dos escarnecedores. O andar é, muitas vezes, rápido. O parar é um pouco mais lento. Entretanto, aquele que se assenta é porque tem mais tempo. Ele vai usar muito do seu dia, da sua vida para compartilhar ou, simplesmente, ouvir o que outros pensam e nem sempre é com respeito ao Senhor. Se você não puder testemunhar, ser luz para os que estão na escuridão é preciso andar mais depressa. É preciso remir o tempo. Isto significa, ter uma vida de melhor qualidade. Usar o tempo para coisas úteis e nunca para o mal.

Sentar-se entre os que escarnecem do Senhor não é remir o tempo. Isto é o que o cristão deve evitar para ser feliz. O salmista ainda faz a seguinte comparação: "Ele é como a árvore plantada na margem das águas correntes: Dá fruto na época própria, sua folhagem não murchará jamais. Tudo o que empreende, prospera." (Salmos 1.3).

Que promessa! O justo desfrutará de benefícios que nem se pode imaginar! O que Deus requer dele é somente uma vida longe daquilo que não glorifica a Deus, e, principalmente, nunca com pessoas que tem prazer em zombar da sua crença.

Não podemos nos esquivar de estarmos com estas pessoas, mas quando com elas estivermos, andando, parando, ou sentando precisamos influenciá-las com nossa vida, e ainda, procurarmos dar testemunho do amor de Deus. Sempre remindo o nosso tempo. Jamais compartilhando com eles do seu pensamento ou de sua descrença.

E você, já lê a Palavra de Deus? Saiba que Ele, nosso Deus, deseja falar ao seu coração através da Sua Palavra. Seja mais um a participar das margens do rio. Não murcha jamais. Jesus o ama e deseja que você o ame também.
Léo Lima

domingo, 30 de outubro de 2011

PARAR PARA QUÊ?

"Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detem no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores." (Salmos 1.1).

Feliz é o homem que não pára ou seja, não se detém com os pecadores. Não se deter quer dizer não ficar e ouvir o que eles dizem.

Todo aquele que consegue ter o seu prazer na lei do Senhor, é como uma árvore que cresce na beira de um riacho; ela está sempre úmida, nutrida. Ela tem em sua volta tudo o que precisa para um viver pleno e saudável. Suas folhas são verdejantes. Esta pessoa que assim procede é feliz. Ela se distancia daquilo que é mau e se aproxima cada vez mais do Senhor. Esta é a verdadeira felicidade: Meditar na Palavra de Deus!

O salmista canta de forma maravilhosa o estar com Deus e seus benefícios.

Precisamos estar atentos e, ao nos aproximar de pessoas que não seguem a Deus como Senhor, mostrarmos a elas que somos felizes com Deus. Dar o nosso testemunho é a prioridade. O que não podemos, é parar, é fazer o que elas fazem; e nos agradar da forma que elas pensam. Devemos parar sim, mas para compartilhar da nossa alegria em Deus e na Sua Palavra.

E você é feliz? Você medita na Palavra de Deus? Consegue ter comunhão com Ele? O que Deus mais quer é ter um relacionamento de amor com você. Se você ainda não conhece a Deus intimamente, é preciso crer que Jesus se deu em seu lugar na cruz do calvário e Ele está pronto a dar-lhe o maior amor que alguém pode dar. Salvar a sua vida e garantir a eternidade com Deus.
Léo Lima

sábado, 29 de outubro de 2011

AMIGO

Compartilho hoje mais uma das minhas poesias desta feita do livro 'Vê'. Que possamos viver rodeados de amigos, faz bem à alma. Mas não podemos nos esquecer do "AMIGO" certo em todos os momentos. Que Ele te abençoe neste dia.
"O homem que tem muitos amigos pode congratular-se; mas há amigo mais chegado que um irmão." (Provérbios 18:24).

Na longa caminhada desta vida
As jornadas, as desditas...
Nos tropeços, com apreço,
Vejo um amigo!...
Que auxilia na agonia, na dor...
Quando cerca a desventura
Dá-me um presente e, se ausenta...
Vejo um amigo!...
Que acompanha
Sem artimanhas, prestativo,
Sempre ativo...
Que solicitude!
Em franca atitude.
Mesmo em meu egoísmo,
Me acompanha ameno...
Até à porta do abismo...
Vejo um amigo!...
Que comigo chora...
Que comigo sofre...
Que na hora me defende
De morte horrenda!
É o amigo certo!
É Cristo ressurreto!
De ontem, hoje, agora.
Bem de perto sem demora
Me protege...
É o amigo,
Mais chegado que um irmão!...
Amigo certo que no mundo incerto
Dá-me a mão!...
Léo Lima

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

OPINIÃO

"Feliz aquele que rejeita os conselhos dos maus, não segue o exemplo dos pecadores e não anda com os que zombam de Deus." (Salmos 1.1 - Bíblia na Linguagem de Hoje).

Como é bom podermos andar! A cada dia que passa consigo valorizar mais o privilégio de poder me deslocar para diversos lugares com minhas pernas e pés. Temos visto pessoas que têm deficiência física que são alegres, têm muita força de vontade e, acima de tudo, gostam de se locomover e servem de exemplo aos que não dependem de um objeto para andar.

Pensaremos na felicidade daquele que não anda. Entretanto, este andar não é um caminhar comum, não é simplesmente dar passos um após o outro. Mas é um modo de proceder. "Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios." Eis o caminhar que convém àqueles que buscam a Deus. Não ficam ouvindo os maus conselhos. Ele não busca o seu rumo de acordo com a opinião de pessoas que nem sempre praticam o que é bom. A pessoa que não os aceita e não caminha orientado por intenções escusas, essa pessoa é feliz! Ela não anda - vive - orientada por aqueles que desejam destruir a comunhão que elas têm com Deus. Quem consegue se livrar da artimanhas propositais, pode ser feliz.

E você, onde procura saber qual é o melhor caminho a seguir? Segue seus passos firmes por um caminho orientado por Deus? Consegue se desviar de pessoas que não desejam o seu bem? Jesus Cristo é o orientador, conselheiro e maior amigo que se pode desejar. Busque a Ele agora.

Você pode começar a ser feliz com Jesus. Você pode andar nos caminhos do Senhor para que desfrute da verdadeira felicidade. Andar com Jesus é andar em comunhão com Deus, o Pai. Caminhe em busca da verdadeira felicidade - Jesus Cristo.
Léo Lima

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

OBRA PRIMA

"Bem-aventurado o homem que põe no Senhor a sua confiança, e que não respeita os soberbos nem os que se desviam para a mentira. Muitas são, Senhor meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; eu quisera anunciá-los, e manifestá-los, mas são mais do que se podem contar." (Salmos 40.4,5).

Ao contemplarmos a natureza que nos cerca, não podemos nos furtar de ver que Deus colocou seu amor nesta obra. O céu a terra e tudo que ela contém. "E Deus viu que o que havia feito era bom." (Gênesis 1.25b - Bíblia na Linguagem de Hoje). O mundo em que vivemos é singular. Em tudo existe uma razão de ser.

Entretanto, a obra prima de Deus é o ser humano. Esta máquina maravilhosa que é o nosso corpo, sua sincronia, seus órgãos e membros que mostram a mais extasiante criação de tudo que existe. O próprio salmista disse: "Pouco menor do que os anjos me fizestes." Mas o melhor de tudo é que Deus criou todas as coisas para benefício do próprio homem. E como tudo é maravilhoso!

No texto inicial, vemos a oração que é um cântico de louvor: "Feliz aquele que confia em Deus, o SENHOR, que não vai atrás dos ídolos, ... Ó SENHOR, nosso Deus, tu tens feito grandes coisas por nós!" O Eterno, desde o princípio, se preocupa com as seres viventes, oferecendo-lhes o que lhes é necessário. Deus, em seu infinito amor, criou-nos para sua alegria, e nós temos dado muito pouco para que esta alegria seja real. É Ele quem nos dá tudo que necessitamos. Bênçãos que não podemos enumerar.

E você, consegue contemplar as maravilhas de Deus? Consegue desfrutar dos benefícios que Deus proporciona na sua vida? Deus quer que você seja feliz e desfrute das suas maravilhas.
Léo Lima

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

UNIÃO

"Conservando a fé, e a boa consciência, rejeitando a qual alguns fizeram naufrágio na fé." (I Timóteo 1.19).

A questão da consciência é algo muito difícil para ser explicada e mesmo compreendida. Muitas vezes ouve-se a expressão: "Estou com a consciência tranquila!" Esta afirmação pode ser verdadeira, isto porque não podemos supor o que se passa no (in)consciente das pessoas. Mas uma coisa certa é que muitos se permitem ter uma consciência tranquila de acordo com aquilo que acham normal. Isto é, para muitas pessoas não existe pecado, portanto, ter consciência tranquila para elas é poder fazer "tudo" ou quase tudo sem nenhum problema. Mas onde fica Deus? Onde fica o bem e o mal?

Lemos que é preciso: "Manter a fé e a boa consciência", podemos perceber que esta pode ser a solução para um perfeito relacionamento com Deus. Esta deve ser a união que desce de Deus e vai para Deus. Uma consciência que anda de acordo com a fé em Deus, só pode ser harmoniosa, pois Ele conhece o nosso interior melhor que nós mesmos. O apóstolo Paulo disse: "Portanto quer comais, quer bebais, ou façais outra qualquer coisa; fazei tudo para glória de Deus." De acordo com estas palavras, se em tudo o que vamos fazer colocarmos a presença de Deus diante de nós, e em nós, poderemos glorificar o nome do senhor para honra e glória de Deus. Assim vivendo, estaremos compartilhando desta união perfeita.

O náufrago, se tiver oportunidade, enquanto descortina o caos que se encontra, valoriza tudo que antes não percebia. Sua consciência acorda repentinamente e, pela fé, pode ver o porto seguro, a sua salvação. Fé e boa consciência podem realmente despertar o relacionamento para uma união perfeita entre o homem e Deus!

Jesus está pronto para ser o veículo que unirá você a Deus. Ele quer que você se aproxime do Pai e este momento é oportuno para que sua vida seja entregue a Ele totalmente. Una-se ao Pai neste momento.
Léo Lima

domingo, 23 de outubro de 2011

SACRIFÍCIO

"Bem-aventurados sereis quando os homens vos aborrecerem e quando vos separarem, e vos injuriarem, e rejeitarem o vosso nome como mau, por causa do Filho do homem." (Lucas 6.22).

Ninguém gosta de ser odiado, desprezado ou mesmo rejeitado. O que mais apreciamos é ter bons relacionamentos e nossa vida seguir um curso normal e tranquilo. Mas temos, nas palavras de Jesus, de que aqueles que sofrerem qualquer um destes males, por causa Dele, por amor ao Seu nome serão felizes. Serão bem-aventurados.

Sabemos que todo 'sacrifício' pela causa de Cristo terá o seu galardão. O melhor de todos está inserido nesta promessa de que todos que sofrerem, pelo reino de Deus, estarão percorrendo o caminho da alegria. "A alegria é o remédio de Deus. Todos o deveríamos usar. Os cuidados, as ansiedades, o mau humor, toda a ferrugem da vida deveria ser lubrificada com o óleo da alegria." (Oliver W. Holmes). Holmes sugere que todos deveríamos ser lubrificados pelo óleo da alegria. Jesus já falava que seriam felizes todos que por amor a Ele e ao Seu Nome fossem injuriados. Não existe alegria maior do que estar percorrendo o caminho da paz e da felicidade que Jesus traçou para os seus servos.

Na minha infância, as crianças reconhecidas como 'crentes' eram marginalizadas por outras crianças e até por alguns professores. Como era difícil compartilhar do amor de Deus na década de 1950/60! Como é bom termos a liberdade de expressão onde podemos manifestar o que sentimos e o que cremos! Já usufruímos da alegria que Cristo falou e mesmo quando, de alguma maneira, somos rejeitados precisamos nos lembrar que Deus nos ama e deseja que sejamos gratos por tão este grande amor. Precisamos agradecer a Deus pela liberdade que vivemos em nossa Pátria. Podemos livremente testemunhar do amor de Deus por todos. Podemos usufruir da Alegria Nele!

Você quer saber como ser feliz? Aceite a mensagem salvadora de Jesus. Ele ama você.
Léo Lima

sábado, 22 de outubro de 2011

GOSTARIA...

Hoje, senti vontade de compartilhar uma das primeiras poesias que escrevi e que é reflexo da minha adolescência que estava indo embora... É claro que neste estágio da vida creio que posso dizer não mais: gostaria, mas sim gosto.
Gosto da vida como ela é para mim. Gosto de ter amigos e saber que podemos compartilhar experiências, alegrias, tristezas, vitórias e em especial a certeza da salvação por Jesus Cristo e com esta certeza vejo a alegria do céu com Deus. Desta forma a certeza do ... que seremos um dia não mais assombra, só mostra que Deus nos fez, como  e com o que nos fez. Isso de forma incontestável.
Agora a esperança de uma vida eterna com Ele me enche de alegria e só é possível dizer: Gosto de estar com Deus a cada instante.
Deus te abençoe neste dia.

GOSTARIA

Gostaria de poder escrever
Versos de alegria
Poder descrever
A bonança do dia a dia!
 
Gostaria de narrar fatos.
Não quimeras,
Nem boatos,
Mas, bem-aventuranças sinceras!
 
Gostaria de ver a vida
De outro prisma
Sempre viva!...
Não receber só sofismas!
 
Gostaria de nos meus poemas
Sempre cantando,
Canções amenas,
Dizer: Te amo! Não chorando!...
 
Gostaria que os meus olhos
Falassem sorrindo
Sem abrolhos...
Que sinto meu viver lindo!
 
Gostaria de te ver a toda hora, calmo,
Me falando
Até minh´alma
Satisfeita, toda refeita; seguir cantando!
 
Gostaria de não ficar sempre só
Na vida passageira
Até que o pó
Termine sua grande carreira!
 
Gostaria de ser mais eu
Sem vacilar
Dizer que valeu
Nesta vida eu te encontrar!
 
Gostaria de cultivar a flor
Sempre regando
E ter teu amor
Não com lágrimas molhando!
 
Gostaria de sempre participar
Do teu sofrer
Do teu cantar
Das vitórias, alegrias do teu viver!...
Léo Lima

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

DÁDIVA

"Eis que bem-aventurado é o homem a quem Deus castiga; não desprezes, pois, o castigo do Todo-poderoso." (Jó 5.17).

Quantas vezes em nossa vida, não compreendemos as coisas que nos acontecem. Especialmente, quando é um problema físico que nos aflige. Mais ainda, quando temos a certeza de que não é falta de nos cuidarmos. Jó, nós sabemos, foi o homem mais afligido que se conheceu. Ele, além de perder todos os seus bens materiais, perdeu seus filhos de uma só vez e até a sua saúde. Mas não vacilou e sabia que não estava sofrendo por culpa própria. Isto sabemos, hoje, ele realmente não era culpado diante de Deus e não era um castigo de Deus.

Elifaz (amigo de Jó) não podia conhecer, de fato, a intimidade que Jó tinha com Deus. E muito menos o motivo de tanto sofrimento pelo qual Jó estava passando. Mesmo assim, em suas palavras ele consegue transmitir uma mensagem de bem-aventurança para todo o homem que aceita a admoestação do Senhor.

Hoje, por muito menos, achamos que estamos sofrendo por algo que não merecemos. São tantos os sofrimentos que vivemos e até nos esquecemos de tirar lições preciosas para nossa vida para um viver pleno com Deus.

Deus continua a nos abençoar com a salvação apesar de não sermos merecedores. Quer dádiva maior que a vida eterna com Deus? E ela temos a certeza de que vamos usufruir, todos os que aceitaram Cristo como Redentor. Quando Deus nos admoesta, seja lá da forma que for, precisamos aceitar com amor tudo que vem do Senhor.

Você consegue ver que todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus? Jó, após as provas que Deus permitiu que ele passasse, foi grandemente recompensado por Deus. Recebeu tudo em dobro, tanto bens materiais, como filhos e uma maior comunhão com Deus. Você crê que existe um Redentor e que Ele intercede a Deus por sua vida? Creia em Jesus Cristo agora mesmo.
Léo Lima

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

JUSTIÇA

"Mas àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça. Bem-aventurados aqueles cujas maldades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos." (Romanos 4.5,7).

No capítulo quatro de Romanos o apóstolo Paulo usa o grande amigo de Deus, Abraão, como exemplo. Ele procura ilustrar que a justiça de Deus é eficiente e se baseia na fé. A figura do patriarca Abraão, como ser humano e principalmente na fé, era, para os judeus, o modelo que melhor exemplificaria o relacionamento de amizade com Deus. Abraão sempre foi exemplo porque guardou a fé como lei do Altíssimo, sem lei.

Já foi dito: Crer é segurar de uma só vez a perfeição de Deus. Isto nos motiva a buscar, a segurar dentro de nós a única perfeição para que cheguemos à unidade da fé em Deus. No texto que lemos vemos Paulo dizendo que a bem-aventurança tem o homem cujas iniquidades são perdoadas e cujos pecados são cobertos.

Se começarmos a olhar para dentro de nós mesmos e olharmos nossa vida até o momento, poderíamos concluir que a justiça de Deus é infinita. A razão é simples: Cristo se fez justiça por nós. Ele pagou um preço muito alto. O preço que teríamos que pagar por nossas culpas e delitos. Somente após o sacrifício completo na cruz do calvário é que podemos desfrutar das bem-aventuranças. Abraão foi justificado pela fé. Nós somos justificados pela fé no sacrifício remidor que Jesus Cristo consumou. Somente os que já desfrutam desta alegria podem deixar que o brilho do Senhor seja irradiado em seu ser.

"Porém a pessoa que não põe a sua esperança nas coisas que faz, mas simplesmente crê em Deus, é a fé dessa pessoa que faz com que ela seja aceita por Deus, o Deus que trata o culpado como se ele fosse inocente." Você já consegue crer no sacrifício de Cristo na cruz do calvário que teve seu ápice na ressurreição? Jesus oferece-lhe a salvação como uma singular prova de amor. Deus ama você. Aceite este amor!
Léo Lima

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

PERDÃO

"Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Bem-aventurdo o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano." (Salmos 32.1,2).

O dicionário diz que iniquidade é: perversidade; ação condenável. E ainda que pecado é: transgressão de preceito religioso, culpa, vício, defeito, maldade. Isso tudo nos leva a uma reflexão introspectiva, a qual chegamos à conclusão de que, de fato, nós praticamos muitas das formas de iniquidades e outras de pecado. E como nos assusta constatar isso!

O salmista está dizendo que é muito feliz aquele que tem suas iniquidades perdoadas, e ainda tem os seus pecados cobertos. Cobrir, o crente é escondido ou ainda mais, revestido pela justiça de Cristo. É a expiação que já foi consumada. Vemos também que o Senhor não leva em conta as nossas faltas pois o sacrifício de retidão que Cristo ofereceu-nos já anulou nossa culpa. Ele não cobra nossa dívida de pecado. Ele precisa ver que o homem vive em sinceridade para com Ele e com o próximo.

Quando uma pessoa vive a experiência do perdão sente uma grande transformação em seu interior. Ela passa a ter uma vida plena no Senhor. A vida dela torna-se uma vida onde a alegria da salvação é refletida amplamente.

"Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados ele apaga! Feliz aquele que o SENHOR Deus não acusa de fazer coisas más e que não age com falsidade!" Esta linguagem da Bíblia já demonstra que feliz é aquele que recebe o perdão de Deus por Jesus Cristo. É feliz todo aquele a quem o Senhor, não mais imputa maldade. Isto somente acontece após a mudança de mente que Cristo opera em cada vida que aceita o seu amor e perdão.

E você sente que todas as suas faltas já foram perdoadas? Já desfruta da alegria que o Senhor oferece? Se ainda não sabe o que é esta alegria, entregue seu coração a Jesus e peça a Ele que faça a mudança.
Léo Lima 

terça-feira, 18 de outubro de 2011

GRATIDÃO!!!

Hoje comemora-se o dia do Médico. Creio que todos nós temos que agradecer àqueles que já foram importantes em nossa vida quando de uma doença, ou mesmo quando nos orientam para que possamos ter uma vida mais saudável. Portanto, deixo aqui minha gratidão a cada um daqueles que já me ajudaram. A reflexão de hoje expressa a necessidade que temos de agradecer a Deus por todas as bênçãos que nos oferece através das misericórdias e graças que Ele nos doa. Deus abençoe os senhores e senhoras médicos que fazem deste ofício um ministério cheio de amor a quem sofre. E todo louvor ao Médico dos médicos.
"Tudo isso aconteceu para o bem de vocês, a fim de que a graça de Deus atinja cada vez maior número de pessoas, e estas ofereçam mais orações de agradecimento, para a glória de Deus." (II Coríntios 4.15).

Muitas pessoas não entendem o que é a graça de Deus. Graça envolve outros assuntos tais como o perdão, a salvação, a regeneração, o arrependimento e o amor de Deus. Ainda é aplicada na Bíblia muitas vezes como  misericórdia, bondade e longanimidade. Portanto, graça é o mesmo que favor em um plano muito maior.

No texto acima, vemos que existe graça suficiente para todos que desejarem. O apóstolo Paulo, autor das palavras escritas neste texto teve em seu ministério um único assunto:  Jesus Cristo. A redenção por Cristo, e mais, abundância da graça por Cristo somente. A doação da Graça de Deus é automática, desde que o homem assuma que é um pecador,  e com coração arrependido e contrito volta-se para Deus, com propósito de confessar os seus pecados, que são logo perdoados.

Assim, ele passa a tomar posse deste favor divino. Graça de graça! O que Deus requer de nós? Somente um coração arrependido, cheio de gratidão e a manifestação desta gratidão: Ações de graças. No texto, vemos que é preciso  fazer orações de gratidão. Esta atitude só acontece partindo de uma vida de total desprendimento ante as coisas banais deste mundo e uma completa entrega da vida a Deus. São coisas que estão  interligadas,  a graça salvadora e as ações de graças vão se multiplicando naturalmente.

Quando a pessoa recebe a salvação por Jesus Cristo, logo ela começa a desfrutar de todas as infinitas bênçãos, que chamamos de graça divina! É a melhor coisa  que se pode usufruir nesta vida, pois a graça de Deus vem repleta de paz! A paz que todos desejam! E, veja, existe abundância de graça para você também, tome posse dela através de Jesus Cristo!
Léo Lima

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

ACREDITAR

"Bem-aventurada a que creu, pois hão de cuprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas." (Lucas 1.45).
Como é pequena a nossa fé! Se fôssemos compará-la a algo palpável veríamos que nem mesmo como um grão de mostarda ela é. Visto que, se assim fora, poderíamos realizar grandes coisas no Senhor. Jesus mesmo disse: "Se a sua fé for do tamanho de um grão de mostarda dirieis a este monte sai daqui para lá e ele iria."

"E naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá, e entrou na casa de Zacarias, e saudou a Isabel e aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre e Isabel foi cheia do Espírito Santo e exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres e bendito o filho do teu ventre. E donde provem isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre. " (Lucas 1.39-44). Isabel reconheceu, pelo estremecimento em seu ventre, que estava diante da mãe do Messias prometido. Ela creu!

Quantas vezes Deus nos fala de diversas maneiras e nós continuamos insensíveis à Sua voz, à Sua mensagem, à Sua vontade para nossas vidas! Nós não sabemos viver, pois do tamanho da nossa fé é a nossa felicidade! Sabemos que desejamos ardentemente desfrutar desta maravilha! E como nós nos afastamos dela gradativamente, pois conforme é a nossa fé é o nosso relacionamento com Deus o nosso Pai! Sim, o texto nos diz claramente que você é abençoada, pois acredita que vai acontecer o que o Senhor lhe disse.

Na maioria das vezes, nós retardamos o cumprimento das promessas que o Senhor nos faz e queremos até questionar o porquê disto! Somos pretenciosos! Porém, como está na Palavra de Deus: feliz a que creu! Somente crer. Esta é a única atitude que Deus requer de nós, que creiamos em Seu Filho como Salvador e Senhor e que procuremos ouvir a voz Dele a nos falar.

Você acha que é muito difícil o que Deus quer que você faça? Crer Jesus que morreu em seu lugar na cruz do calvário. Crer que Deus ama você acima de todas as coisas e deseja dar-lhe o perdão e a vida eterna por Jesus Cristo. Acredite!
Léo Lima

domingo, 16 de outubro de 2011

DUVIDAS?

"E bem-aventurado é aquele que se não escandalizar em mim." (Mateus 11.6).

Jesus estava respondendo a João Batista sobre a veracidade de ser Ele o Filho de Deus, o Messias. Com esta resposta Ele está mostrando que sua pessoa não era nada fantástica. Pois como Isaías profetizou, Jesus não seria formoso. Mas para João era necessário tirar qualquer dúvida, pois ele era o arauto da vinda de Cristo. Aquele que veio para anunciar que o Messias já fazia parte do povo de Deus. Este povo que sofria muito e aguardava este Messias. Portanto, era necessário que todos, no tempo próprio, percebessem que Jesus era o Messias prometido por Deus.

E Jesus diz: "E felizes são aqueles que não abandonam a sua fé em mim." Estas palavras queriam dizer que abençoado seria todo que reconhecesse Jesus como o Salvador enviado por Deus. O guia que conduziria seu povo a desfrutar do reino celeste. Para isso era necessário que não houvesse dúvidas quanto às suas realizações, o seu ministério.

Jesus não veio satisfazer alguns judeus que desejavam ver estabelecido o maior de todos os reinos terrestres. Ele não veio para fomentar a guerra. Mas Ele veio estabelecer a paz. Paz entre os homens. Este reino se estebeleceria na paz de Deus. O reino dos céus.

Por isso as palavras de Jesus são uma lembrança de que é feliz todo aquele que vê a Jesus como O enviado de Deus para estabelecer o reino dos céus. É feliz, como Jesus mesmo disse, todo aquele que vê nele o libertador dos aflitos. Vê que Ele destruiu os grilhões da morte eterna. Sem dúvida nenhuma, é feliz todo aquele que crê em Cristo somente.

E você, como vê o Messias? Acredita que Jesus veio estabelecer o reino de Deus? O reino dos céus? Você faz parte deste reino? Conhece e crê que Cristo quer dar-lhe a vida eterna e pode tirar qualquer dúvida do seu coração? Permita que Jesus entre e faça morada em seu ser.
Léo Lima

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

MULTIPLICANDO

"Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque, sendo ele só, eu o chamei, e o abençoei e o multipliquei." (Isaías 51.2).

A agitação faz parte da vida. Ela rouba os momentos de se estar só para uma introspecção, reflexão, de sentir o que acontece e contar as grandes bênçãos. A oração é rápida, ela é parte da rotina, muitas vezes. Os questionamentos sobre os males que acontecem são muitos, sem entretanto se perceber quantas as bênçãos que são acrescidas a cada dia.

"Pensem no seu antepassado Abraão e em Sara, de quem vocês são descendentes. Abraão não tinha filhos quando eu o chamei, mas eu o abençoei e lhe dei muitos descendentes." O Senhor disse através do profeta Isaías e Ele continua a nos prometer a mesma coisa hoje. Pare! Olhe com cuidado e você verá as bênçãos que Deus já deu a você.

Vamos enumerar algumas bênçãos de Deus para nós que chegam a ser impercebíveis: Ele acrescenta a cada dia a vida, que é o bem mais precioso que possuímos. Ele consola os atribulados. Ele o que nosso coração sonha. Ele promove a paz. Ele realiza milagres a cada passo. Abraão e Sara sua mulher creram, com certa desconfiança, de que Deus faria deles uma grande nação, visto que Sara já era de idade avançada e não possuía filhos. Deus lhes deu Isaque de uma forma milagrosa. A bênção não vem por méritos próprios, mas de graça e pela graça e misericórdia de Deus. A Bíblia, que é a Palavra de Deus, narra este e muitos outros acontecimentos em que Deus operou milagres somente por sua graça e misericórdia e não por merecimento do ser humano.

É preciso que separemos momentos para que a agitação que nos cerca não seja impecilho e não interfira para que o nosso momento com Deus aconteça e seja contínuo e que possamos ver neles as muitas bênçãos que estão se multiplicando a cada momento em nossa vida. Que saibamos viver em íntima comunhão com o nosso Deus.

E você, já separou um momento com Deus, ou sua vida é uma constante agitação? Como é bom viver ouvindo Deus a nos falar! Você quer desfrutar desta alegria? Se ainda não, você só precisa crer no amor de Jesus por você e entregar seu coração, alma e pensamento ao Senhor dos senhores.
Léo Lima

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

CRIANÇA!

Hoje dia 12 de outubro comemora-se o Dia da Criança. Minha oração é que possamos ser o melhor exemplo para esssas vidas em formação. Deus abençoe as crianças do Brasil e do mundo todo. Que sejamos a luz que elas possam caminhar.
Aos nossos filhos, netos sobrinhos e tantos outros vínculos que tenhamos com as crianças com amor ofereço estes versos que escrevi quando meus filhos eram CRIANÇAS!
Criança...
Pureza,
Alegria.
Toda hora
Todo dia!
Quando diz:
"Gosto de você."
Com terno olhar.
Sim. Ela sabe amar!
Criança...
Que nesta vida
Nos dá grandes lições...
Muitas interrogações...
Mostra-nos Cristo,
Amor perfeito!
Segue satisfeita...
Deus abençoe você Criança...
Você, criança grande
Que já viveu mais...
E por onde andou
Sofreu muitos,
Muitos ais!
Se não se tornar como a criança,
Se não retornar
À criança de então
Tal e qual...
Não ganhará o céu
Não terá a vitória final!!!
Léo Lima

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

SANTO e IRREPREENSÍVEL

"Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em caridade." (Efésios 1.4).

Se pararmos e fizermos uma retrospectiva sincera das nossas atitudes e pensamentos, chegaremos a uma conclusão clara e assombrosa: estamos muito aquém de sermos "santos e irrepreensíveis". Constatar isto nos mortifica, nos decepciona! O nosso desejo era de chegar logo e cada vez mais perto da santidade de Cristo. Mesmo ante este quadro chocante podemos nos lembrar de que somos cumulados de bênçãos celestiais, sabemos que Deus nos cumula das Suas infinitas misericórdias.

O apóstolo Paulo recomenda aos irmãos de Éfeso que recordem que Deus com Sua Onipotência e Onipresença viu-nos e elegeu-nos antes da fundação do mundo. Isto é maravilhoso. Antes mesmo que Ele, o Pai, criasse o céu dos céus, sabia que seríamos redimidos por Seu Filho Jesus. Então ele nos amou e colocou os nossos nomes para sermos santos e irrepreensíveis perante Ele, em amor.

Deus determinou soberanamente que sua graça salvadora nos seja dada sem olhar para qualquer mérito em nós. Sim, se fôssemos salvos por nossa bondade, ou outra qualquer coisa nossa, estaríamos totalmente perdidos. A nossa natureza pecaminosa nos impede de, por nós mesmos, nos aproximarmos da santidade Divina. Entretanto, temos Cristo nas regiões celestiais. Dele provém toda sorte de bênção e Ele nos dá um viver crescente na presença do Senhor. Vivendo de perdão em perdão chegaremos ante o tribunal de Deus, revestidos do amor divinal, aí sim, santos e irrepreensíveis.

Você consegue compreender este amor que Deus tem por você? Ele ama você de tal maneira que enviou Jesus Cristo, Seu Filho para que ele pudesse dar-lhe o perdão e restaurar nossa comunhão com Ele. Jesus, a todo que O busca, concede a salvação a fim de que possa viver uma eternamente com Deus.
Léo Lima

domingo, 9 de outubro de 2011

FIDELIDADE

"O homem fiel abundará em bênçãos, mas o que se apressa a enriquecer não ficará sem castigo." (Provérbios 28.20).

Temos pensado muito sobre a lealdade de Deus. O texto fala do homem fiel. É somente uma questão de opção como tudo o que fazemos. Somos nós mesmos quem escolhemos. Isto é o livre arbítrio. A fidelidade é um atributo do bom caráter do ser humano. Podemos também enumerar muitas razões por que devemos ser fiéis: fiéis para com aqueles que estão mais próximos de nós; para com aqueles que de nós dependem; para com aqueles que amamos; para com aqueles que nos olham simplesmente; mas acima de tudo, precisamos ser fiéis conosco mesmos, pois, se assim agirmos, automaticamente estaremos sendo fiéis a Deus, o nosso Pai.

Quando em nossa vida procuramos dar primazia, dar o primeiro lugar às coisas de Deus, sem que as preocupações materiais sejam um impecilho, poderemos ser grandemente abençoados. Mesmo que nos faltem coisas, o que mais precisamos não nos faltará com certeza, se estivermos colocando o nosso relacionamento com Deus como a prioridade maior no nosso dia a dia poderemos acumular bênçãos.

"A vida da pessoa honesta é cheia de felicidade, mas quem tem pressa de enriquecer não fica sem castigo." (Nova Tradução na Linguagem de Hoje). O texto mostra que será punido aquele que faz da riqueza sua única razão de viver e não se importa com os meios para conseguir seu objetivo. Entretanto, vemos que o fiel irá desfrutar de bênçãos que vão se acumulando e que não se poderá contar. Uma das maiores bênçãos é a certeza de ouvirmos a voz de Deus a nos dar a paz, a nos falar, corrigir, orientar, a demonstrar seu amor e seu cuidado para conosco.

Você pode ser um homem fiel e passar a desfrutar de abundantes bênçãos, basta que entregue sua vida aos cuidados do Senhor e então Ele fará o milagre maior: a salvação através da Sua graça.
Léo Lima

sábado, 8 de outubro de 2011

JUSTIÇA

"Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus." (Mateus 5.10-12).

Jesus diz que os que sofrem perseguição por buscarem a justiça e aqueles que são injuriados por buscar a paz, mesmo que sejam perseguidos serão bem-aventurados. Eles serão felizes. Estas pessoas precisam se alegrar porque deles é o reino dos céus. Que promessa!

Conforme o que estamos vivendo a cada dia é que sabemos se temos de tudo o que necessitamos, mas vemos que de todos os lados existem pessoas que estão sem ter o que até comer. É preciso repartirmos uma porção do que temos. Mesmo que seja um pouco de amor. Mas podemos clamar por justiça em favor dos que sofrem injustiças.

Muitas vezes nos sentimos descrentes por vermos que muitos dos que sofrem são mal intencionados e ficamos como que inertes por não sabermos como agir. Entretanto, não podemos permitir que acontecimentos grotescos nos tirem a vontade e a alegria de fazermos alguma coisa pelos que sofrem. Não podemos permitir que nem mesmo a fome, ou a nudez, nem a doença nos separe do amor de Cristo. Não podemos permitir que coisas que acontecem mudem nosso senso de justiça. Não é possível permitir que o mundo lá fora vença e que nós fiquemos somente paralizados pela indignação.

O que precisamos fazer é inicialmente buscarmos a Deus em oração a favor da justiça divina e fazermos o que estiver ao nosso alcance para que muitos sejam salvos da miséria em que vivem. Não importa se a perseguição, se a injuria, se a mentira nos perseguirem, se estivermos certos de que buscamos a justiça de Deus, Ele mesmo fará com que sejamos rodeados pela graça e misericórdia. Ele, que é justo, pode transformar todas as nossas aflições em bênçãos e em alegrias por Ele mesmo e confiar na sua promessa: Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus.

Você consegue imaginar o que Deus pode fazer de diferente em sua vida? O que a justiça de Deus pode operar se você entregar todas as suas preocupações e aflições no trono do Senhor?
Léo Lima

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

PAZ!!!

"Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus." (Mateus 5.9).

É muito fácil distinguir os pacificadores. Os pacificadores quando presenciam situações de discórdia, intriga, discussão eles se aproximam dos envolvidos na confusão e com palavras apaziguadoras, conselhos sábios, ou até atitudes silenciosas eles conseguem acalmar para que a paz e a harmonia voltem a reinar naqueles corações irados e atordoados. Eles transmitem a paz que reside em seu interior provocando a união onde havia agitação. Sim, assim são os filhos de Deus. Eles desfrutam das bem aventuranças por Jesus!

É muito bom vermos pessoas com espírito pacífico. Quando desfrutamos deste estado sentimos a necessidade de compartilhar dessa paz. As pessoas atordoadas precisam buscar os pacificadores.Quando suas ansiedades forem maiores do que elas possam suportar Deus pode torná-las leves através de um pacificador. Isto acontece quando ela deixa que outros a ajudem e exerçam influência de paz.

A paz é ambicionada por muitos. Para que isso seja uma realidade é preciso que mantenhamos este propósito em nós e logo tudo o que nos rodeia poderá se transformar. Somos pacificadores por Jesus Cristo, e nunca por méritos próprios. A paz de Deus que está em uma pessoa é tão grande que inunda todos os corações que dele se aproximam. Foi justamente a mão de Deus que no toque de amor dado por Jesus nos transformou de pessoas inquietas em pessoas portadoras da paz de Deus.

Para usufruir esta paz é preciso adorar a Deus em verdade e em santidade. Louvar o nome de Deus é algo imprescindível aos pacificadores. A paz estará nos pacificadores. Eles são felizes. Eles são filhos de Deus. Eles são abençoados pois Jesus mesmo disse: "Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus."

Para que a paz se torne uma realidade em sua vida, se ainda não o é, busque a Deus e aceite o Seu amor e salvação. Ainda é preciso estar diariamente diante do trono de Deus para que Ele reforce esta paz em seu coração.
Léo Lima

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

PENSAMENTO

"Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus." (Mateus 5:8).

O mundo em que vivemos nos obriga a termos os nossos olhos bem abertos e atentos, pois a violência, a maldade e a falta de pudor predominam e se não estivermos concentrados poderemos ser influenciados pelo que tão de perto nos rodeia.

Para que tenhamos um coração limpo e assim desfrutar de tão sublime felicidade, ver a Deus, é necessário que estejamos atentos e sempre dispostos a permitir que o Senhor nos oriente, nos mostre o caminho a seguir, nos molde e até que nos quebre para refazer nosso coração fraco sujeito às tentações. Precisamos pedir ao Senhor que transforme o nosso coração e que ele seja moldado por Cristo em um coração movido somente pelo amor Divino. Que ele seja impulsionado pelo amor ao próximo e acima de tudo purificado pelo sangue de Jesus.

Acreditamos que todas as pessoas, de uma maneira ou outra, desejam ver a Deus. Contemplar a divindade suprema que nos ama acima de qualquer coisa. Entretanto, Jesus disse que somente aqueles que são puros de coração poderão desfrutar deste singular momento. Somente aqueles que buscam a santidade de vida diante de Deus, que mantém seu interior purificado pelo sangue de Jesus na cruz podem ter o coração limpo. Para se chegar a este estado é necessário, conforme o apóstolo Paulo mencionou, pensar em 'tudo' que é puro, verdadeiro, justo, correto e amável. Portanto, olhar para dentro é fundamental para ver se os seus pensamentos são aqueles que edificam.

"Bem-aventurados os limpos de coração..." Este desafio é colocado para você agora. Jesus quer fazer a diferença em sua vida. Ele deseja transformar seu coração e dar-lhe um novo coração para que você possa ver a Deus. Basta para isso que sua vida seja colocada nas mãos do Senhor e que você creia que Jesus pode fazer esta transformação, este milagre.
Léo Lima

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

MISERICÓRDIA

"Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericordia." (Mateus 5.7).

A compaixão não é uma atitude naturalmente praticada entre os seres humanos. Cada um procura, com muita pressa, fazer tudo o que lhe interessa e de que necessita, pois o tempo passa muito depressa. Vemos poucas pessoas que exercem a misericórdia. Sofrer com a miséria e os problemas dos outros é passageiro para nós. Não conseguimos usar de um tempo do nosso sono para orar por aqueles que sofrem tragédias e na marginalidade. Deus, em sua infinita misericórdia, pela sua compaixão, enviou Jesus Cristo que proporciona a vida eterna a todos os que O buscam.

Antes, quando o povo de Deus se encontrava sofrendo pelo distanciamento de Deus, o profeta Jeremias convidava o povo a reconhecer os seus pecados e lembrava que: "As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; novas são cada manhã, grande é a tua fidelidade." (Lamentações de Jeremias 3.22,23). Este povo vivia de misericórdia em misericórdia.

Agora somos um povo que pode ser salvo pela grandiosa obra milagrosa de Cristo que revela todo amor do Pai para com o ser humano. Jesus dizia ainda no sermão da montanha, que aqueles que sentissem compaixão para com seu próximo seriam felizes, teriam um viver pleno da misericórdia divina. Misericórdia é: compaixão; pena causada pela miséria alheia; perdão concedido por bondade pura; graça ou perdão. Este sentimento vem de Deus e se adentrar em nosso coração, logo seremos misericordiosos. Precisamos nos encher da misericórdia divina para sentirmos o quanto as pessoas precisam de nós. Elas precisam sentir em nós a grandiosidade deste ato que deverá ser o resultado do nosso amor para com Deus, o Pai. Jesus se deu para que a misericórdia de Deus chegasse ao ponto do seu propósito final. A graça salvadora por Jesus Cristo.

Você já desfruta desta graça? Já participa das misericórdias divinas para com você? Olhe ao seu redor e veja quem está precisando de você agora. Reparta um pouco das misericórdias que você usufrui.
Léo Lima

terça-feira, 4 de outubro de 2011

FOME

"Bem-aventrados os que têem fome e sede de justiça, porque eles serão fartos." (Mateus 5.6).

Ninguém gosta de sentir fome. É uma necessidade física que se não for suprida prejudica o bom desenvolvimento do nosso corpo. Vemos nos noticiários a fome que mata e deixa crianças e pessoas de todas as idades muito sofridas. Isso dói em nosso coração! A sede, é um pouco mais difícil de suportar. A necessidade de água provoca impaciência e até desespero! Isto tudo é um estado orgânico que expressa aquilo que é absolutamente necessário para manter a pessoa viva.

Lembramos que Jesus quando falava ao povo e percebeu que a fome chegava ele mandou os seus discípulos providenciarem o que comer, e foi aí que Ele fez o milagre dos pães e dos peixes e alimentou a multidão.

Jesus está dizendo que feliz o homem que tem fome e sede, mas de justiça. Isto de fato pruduz felicidade. Se houvesse justiça neste mundo não veríamos o que nos mostra os noticiários. Os povos iriam saciar de vez a fome que mata. A justiça de Deus é o que precisamos buscar. É necessário ter fome e sede desta justiça que proporciona felicidade. Precisamos, se não pudermos fazer mais nada, clamar ao Senhor para que mova os corações daqueles que podem fazer algo de real por todos os que sofrem injustiças. Qual é a sua fome? O que podemos fazer? Estamos fazendo?

Portanto, é preciso que se esteja buscando maior santificação, e esta só pode ser adquirida de Deus o Pai. Quando sentimos esta fome logo seremos felizes pois seremos fartos pelo Senhor, pelo Deus que é justiça. Jesus disse: "Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome; e quem crê em mim nunca terá sede." (João 6.35) É Jesus quem nos sacia a fome e a sede espiritual.

Você pode beber da água viva e saciar a sua fome agora mesmo. Jesus está pronto para suprir todas as suas necessidades. Entregue sua vida a Jesus agora mesmo, Ele pode proporcionar o necessário para seu bem estar.
Léo Lima

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

HUMILDADE

"Felizes as pessoas humildes, pois receberão o que Deus tem prometido." (Mateus 5.5 - Nova Tradução na Linguagem de Hoje).

A palavra humildade é mais usada para designar a pobreza. O dicionário diz que humilde também é: modesto, simples, submisso. E é justamente aí que Jesus coloca. "Felizes os humildes." Felizes os simples. Muitas vezes, quando acontecimentos infelizes nos machucam, nos maltratam, nós, em uma reação nada singela protestamos de maneira áspera com o nosso Pai e com aqueles que estão perto de nós. Esquecemo-nos de que Deus é quem deveria tantas vezes se irritar com muitas das nossas atitudes. Entretanto, temos um defensor em Jesus Cristo que, com infinta misericórdia, está à dextra de Deus e intercede por nós em todos os momentos aflitivos.

Não podemos imaginar alguém que exerça a virtude da humildade sem que essa pessoa seja paciente, pois a paciência está interligada à índole pacífica, dócil, sossegada. A mansidão é o resultado de um exercício da paciência que é um atributo do amor e que é um reflexo daquele que possui o coração repleto de amor. De fato, quando o amor preencher nossa vida nós nos tornaremos pacientes, mansos, humildes e todos os que nos cercarem gostarão de conviver conosco, pois que, além de sermos felizes, proporcionaremos felicidade àqueles que nos rodearem.

Mas Jesus, além de afirmar que os humildes serão felizes, prometeu que estes deverão herdar a terra, "pois receberão o que Deus tem prometido." Não podemos dizer onde é esta terra, nem como será este lugar mas a promessa é de que os humildes receberão o prometido de Deus.

Esta promessa é feita por Jesus e está à sua disposição também. Eu já desfruto dela. É tão fácil que até muitos acham que é ilusão. Mas a realidade é que Deus não falha em suas promessas para conosco e esta é uma delas. Você pode participar desta herança. Possuir a terra prometida. Basta aceitar a salvação que Jesus oferece. Jesus deseja salvá-lo.

domingo, 2 de outubro de 2011

LÁGRIMA

"Felizes os que choram, pois Deus os consolará." (Mateus 5.4 - BLH).
 O choro é uma reação instantânea de emoções fortes. Que pode ser de tristeza ou de alegria. O que importa é que é um momento em que esta reação faz bem às pessoas.
Jesus, quando fez esta declaração estava no monte e deixava que seu sermão fosse penetrando os corações da multidão presente e os nossos, posteriormente. Se Ele disse que felizes são os que choram, é porque esta deve ser a reação daquele que reconhece o seu pecado e com o coração contrito arrepende-se e deixa que na sinceridade do pranto derramado a paz, a consolação do Senhor reine completamente. 

Como é bom imaginarmos e nos recordarmos de que todo pecado ser-nos-há perdoado pelo Senhor, e que toda lágrima Ele limpará. Todo pranto será estancado após aquele momento em que a paz reinará definitivamente pois seremos ternamente consolados pelo Senhor.
Hoje, muitos não estão tendo forças nem mesmo de chorar pois a fome vai lentamente minando suas forças e não conseguem ver nada que os faça ter esperança a não ser um pedaço de pão que se lhes ofereça. Multidões estão perecendo sem forças para chorar. Esta dor nos comove mas pouco podemos fazer para mitigar-lhes o sofrimento. Porém, se em nossos corações estivermos orando, clamando ao Senhor, Ele poderá fazer com que coisas grandiosas sejam realizadas neste mundo.
"Felizes os que choram, pois Deus os consolará." Nós já choramos por nossos pecados e delitos, hoje desfrutamos de paz e de uma vida abundante no Senhor. O que precisamos é nos treinar e nos moldarmos para que possamos expressar, com sinceridade, o que sentimos para que o Senhor, somente o nosso Pai, seja aquele que nos console nos momentos difíceis e os transforme de tristes em bem aventurados! Mas, hoje é necessário que, conforme disse o profeta 'sofrermos pela dor dos que jás em trevas.
E você, como está seu coração? Reconhece que pecou e deseja fazer um pacto com Deus para limpar todo o seu ser? Entregue sua vida a Ele agora e Ele poderá dar a alegria do céu.
Léo Lima