COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quarta-feira, 31 de julho de 2013

SANTO É O SENHOR

Em Isaías 54.15, este texto é da Bíblia Nova Versão Internacional: "Eis que embora se levantem contendas, isso não será por mim; todos os que contenderem contigo, por causa de ti cairão." E este é da Nova Versão na Linguagem de Hoje: "Se alguém a atacar, não será por minha ordem;você derrotará todos os que lutarem contra você." E este último é da Almeida Revista e Corrigida "Eis que poderão vir a juntar-se, mas não será por mim; quem se ajuntar contra ti, cairá por amor de ti."

Bem, depois de todas estas versões de uma pequena porção da Bíblia, o que é possível sentir diante de tal promessa? O nosso Deus é o Pai que sempre dá uma palavra animadora para os seus filhos. E eu sou filha.

Com essas palavras é possível a gente se sentir amparada, amada, protegida e tudo o que mais se pode necessitar neste mundo tão difícil.

Todavia, diante de promessas tão especiaiss, proferidas através de um grande profeta, Isaías, não dá para ficar somente neste momento de quase êxtase, mas faz com que a gente se lembre de quando o profeta se viu diante dos querubins e do Pai e exclamou: "Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos, a terra inteira está cheia da sua glória... Ai de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de impuros lábios..." Isaías 6.3,5.

E diante da majestade divina me sinto como Isaías e só posso clamar: "Senhor, Purifica a minha vida!"
Léo Lima

terça-feira, 30 de julho de 2013

NOSSO PRÓXIMO

“E quem é o meu próximo?” (Lucas 10.29).
Nestes últimos dias ouvimos muito sobre ajudar àqueles que precisam. Nós sabemos que Jesus falou e viveu isso. Inclusive Ele contou um acontecimento em que um homem sofreu açoites e muitos dos que passaram por aquele lugar mudaram o curso da caminhada. Somente um homem se compadeceu e parou para ajudar. Este homem era um próximo bem próximo daquele homem que ajudou? Não. Ele nem mesmo conhecia o ferido.
Nós sabemos que Jesus quer que façamos como Ele. Olhar. Parar. Ajudar. Estamos fazendo a nossa parte? Jesus espera que façamos e cumpramos o ministério que Ele nos confiou. Desejamos que Deus seja misericordioso conosco a cada manhã. E o que fazemos com o nosso próximo?
Precisamos abrir nossa mão e coração e ajudá-los.
Léo Lima

segunda-feira, 29 de julho de 2013

METAS

"E vós também, pondo nisto mesmo toda diligência, acrescentai a vossa fé a virtude, e à virtude a ciência." (II Pedro 1.5).
É comum chegarmos totalmente cansados ao topo de uma escada. Subir degraus é de fato cansativo. Exige-se muito daquele que não está com um bom preparo físico. Se zelarmos com os nossos ideais, fazemos tudo que nos é possível para realizá-los. "É preciso atingir a meta!" O pensamento está sempre impregnado destas palavras: ideais, metas e alvos.
Porém, quando os nossos alvos são aqueles que chamamos: "escala de virtude", e nos parecem muito difíceis, olhamos e às vezes, paramos. Indagamos se vamos conseguir vencer cada etapa. Ela é muito íngreme, as dificuldades se avolumam como o maior desafio a ser vencido.
Desde que colocamos os nossos pés na primeira etapa, vemos que é preciso que nos apliquemos com toda a diligência -presteza naquilo que se faz- para que seja obtido o êxito final! Isto em todas as etapas da vida. Em cada tarefa a ser executada, é necessário atividade e fé. Ainda se mescla a virtude e esta à ciência, que é aquela maneira de aprimorarmo-nos em tudo que fazemos.
Poderemos escalar degrau por degrau que, se firmes em Cristo Jesus, vamos chegar ao topo! Vamos com confiança vencer todos os obstáculos, que se nos fizerem presentes. Só Jesus nos dá o lenitivo mesmo que as barreiras nos pareçam intransponíveis.
Assim de degrau em degrau, conheceremos o sabor da vitória. Necessitamos da ajuda de Deus para sermos cuidadosos com nosso viver e com nossos alvos. É preciso encarar os desafios com amor e cuidado, para que assim sejamos vitoriosos!
Diante de você está mais um degrau para subir. Você já subiu o primeiro? O primeiro é aceitar o amor de Deus por você. Logo será fácil subir cada degrau que surgir diante dos seus olhos.
Ore:
Senhor, não permitas que o cansaço ou o egoísmo me impeça de ser esforçado, e assim a cada dia subir mais um degrau para o céu. Senhor ajuda-nos! Amém.

Léo Lima

domingo, 28 de julho de 2013

CONFISSÃO

O Senhor Deus perguntou então à mulher: ‘Que foi que você fez?'” (Gênesis 3.13).
Que foi que você fez? Esta pergunta chega aos nossos ouvidos muitas vezes durante a nossa vida. Desde crianças nossos pais fazem esta interrogação e nós também muitas vezes nos indagamos: ‘O que fiz?’
A indagação do texto inicial é Deus quem faz à Eva após a desobediência. Ela teve medo e deu desculpas além de colocar a culpa na serpente. Quando fazemos algo errado procuramos dar desculpas e amenizar o que fizemos. A situação era da primeira infração a uma ordem divina. O que provocou a separação de Deus. Adão e Eva sabiam como era boa a intimidade com Deus. Agora eles sentiam o peso da desobediência.
O medo penetra em nossos corações quando fazemos algo de errado e não sabemos como nos portar. Mas Deus deixou muito claro que através de Jesus Cristo todos os nossos pecados e faltas seriam perdoados. Basta que nos coloquemos diante do altar e nos prostremos pedindo perdão com arrependimento sincero.
O medo anda ao lado do pecado, mas a libertação vem com o arrependimento junto à confissão.
Léo Lima

sábado, 27 de julho de 2013

SEM SOM

Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabe­doria a outra noite, sem linguagem, sem fala, ouvem-se as suas vozes.” (Salmos 19.2,3).
Os céus são uma prova visível do poder, da glória, da sabedoria e das leis de Deus. Contemplá-lo dá ao ser humano a sensação da grandiosidade do amor quando da criação. É tudo tão harmonioso que quando qualquer coisa é alterada, logo o homem procura descobrir a razão física para que, por exemplo, os tufões aconteçam.
Neste salmo que é uma das mais completas poesias sobre a excelência da criação, o salmista Davi deixa jorrar do seu coração toda a admiração, todo seu enlevo. Uma adoração transcendente que procura glorificar no espiritual. Ele conseguiu captar tão sublime mensagem que lembra como Deus é louvado pela natureza e ele a expressou de maneira singular!
Cada dia fala dessa glória ao dia seguinte, e cada noite repete isso à outra noite. Não há discurso nem palavras, e não se ouve nenhum som.” Quando os olhos podem contemplar este quadro multicolorido e adentrar na magnitude desta mensagem que está sempre disposta a cantar ao Senhor, ela é sentida! Esta poesia se mostra de forma singular aos olhos dos que desejam compreendê-la. Ela é transmitida a todos os povos como um testemunho universal do amor divino ante a profunda contemplação de cada um.
Os céus estão a revelar a glória do Pai. A sua Palavra revela a magnitude de Deus que nos mostra que em nosso interior podemos ter refletida esta beleza, a Sua graça em nós, a Sua misericórdia por nós. E para que essa graça fosse completa, temos em nós Jesus Cristo O mediador. Ele é a plenitude de Deus Pai que se fez visível entre nós.
Precisamos, assim como os céus, proclamar estas maravilhas do Senhor. Testemunhar de tão grande amor. E como um dia faz declaração a outro dia, assim nós afirmamos que Deus pode modificar todos que desejarem ser transformados por Cristo Jesus.
Léo Lima

sexta-feira, 26 de julho de 2013

AMOR SEM EGOÍSMO

Estou pensando no sentimento maior, o AMOR. Este sentimento especial que muitas vezes mora em nosso ser, mas outras tantas percebemos que ele se ausenta por vários motivos. Comecei então a analisar alguns pormenores que circundam nossos relacionamentos e logo a palavra Ciúmes chegou. Lembrei-me que na Bíblia Sagrada existem passagens que falam dos ‘ciúmes’ de Deus. Resolvi pesquisar.
O Dr. R. N. Champlin em seu dicionário comenta sobre este sentimento que pode ser positivo e pode ser negativo. O aspecto positivo do ciúmes ele discorre que: “O ciúme é um tipo de apreensão mental, quando a pessoa que o sente, sente estar sendo preterida. [...] Seria o temor de ser substituído por um rival qualquer. Também envolve a atitude de ânsia e vigilância acerca daquilo que é considerado propriedade de quem tem ciúmes, como se essa pessoa ou objeto pudesse ser perdido ou prejudicado de alguma maneira.”  Ele afirma que nesse caso não existe manifestação de egoísmo insensato.
Já na forma negativa ele diz que: “Esse tipo de ciúmes mistura o amor com o egoísmo.” Para Champlin o ciúme pode ser considerado por puro egoísmo em alguns casos. Mas o pior deles é aquele em que ele vem acompanhado da inveja. Esta forma é a mais negativa existente.
Ele menciona também que o amor desperta ciúmes em algumas pessoas que logo é o ódio que toma conta deste sentimento. Mas o Dr. Champlin encerra dizendo que: “O ciúme e a inveja manifestam-se tão comumente entre os homens porque o ser humano é, essencialmente, um ser egocêntrico.” Afirma ainda que “Amar consiste em deixar de lado o egocentrismo. O amor não arde em ciúmes conforme (I Cor. 13:5); não ultrapassa seus legítimos direitos."
Sabemos que a origem do amor é divina e o evangelista João menciona que “Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.” A partir daí podemos constatar que se cada um de nós for para mais perto de Deus logo vamos viver de forma que sentimentos mesquinhos não se enraízem em nosso coração. 
Que Deus possa abençoar seus sentimentos e que você possa viver uma vida segundo os preceitos de Deus.E assim amar sem egoísmo!
Léo Lima

quinta-feira, 25 de julho de 2013

MEU PASTOR

Salmo 23
“Tenho um pastor que não me falta em nenhum momento da minha vida! Pode ser um momento de aflição, de desesperança, de preocupação, o socorro dele é imediato! Pois, Ele não permite que nada venha me faltar.
Ele me dá condições de descansar tranquilamente e apreciar as verdes paisagens no caminho que sigo!
Ele me guia por lugares tranquilos, mesmo que eu esteja andando por águas profundas e que elas possam me provocar medo! Ainda assim, Ele me dá a paz!!!
Mesmo que na minha frente eu me depare com um vale sombrio e que as trevas tentem me assombrar, eu não terei medo, pois sei que Ele – Jesus Cristo - está comigo!
Meu pastor tem uma vara e um cajado que me dão toda a orientação e consolo.
Ele prepara um banquete de misericórdias a cada manhã, pois a alegria me visita com frequência por saber que é Ele quem me fala ao nascer do sol! Os meus amigos se alegram comigo! É que Ele não me deixa passar por nenhuma necessidade!
A bondade do meu Pastor me segue todos os dias da minha vida e morarei na casa Dele por toda a eternidade!
Louvado seja nosso Pastor, Jesus Cristo!!!”

Léo Lima

quarta-feira, 24 de julho de 2013

QUE É O HOMEM

Recordo o que vi na noite de segunda feira. Uma lua encantadora que surgia próxima a uma árvore que fica bem em frente à minha varanda. Ela encanta. Faz com que nossas emoções sejam aguçadas, as emoções boas, claro! Hoje o céu está parecendo com o da noite anterior. Lembrar do céu é como recordar do Criador. É possível orar somente ao elevar os olhos para a beleza do firmamento. Que é o homem?

“Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites?” (Salmos 8.3,4).

O salmista ao exclamar estes versos se detém ante a criação divina da natureza. É magnífica! Quando temos o privilégio de contemplarmos as maravilhas criadas por Deus, ficamos extasiados! Assim foi com o poeta. Cada detalhe nos recorda que a magnificência do Senhor é o que de maior pode existir. Diante do esplendor da criação, nosso coração deseja somente enaltecer e glorificar o Criador!

Se durante o dia contemplamos o azul celeste e o grandioso astro rei, ficamos profundamente gratos ao nosso Deus por tão grande amor demonstrado através das coisas lindas criadas por Ele! Se durante a noite contemplamos as miríades de estrelas cintilando nas alturas, a lua com sua magia nos sentimos pequenos e, como o salmista, também indagamos: “Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem para que o visites?”

Como somos pequenos constatamos ao nos recordarmos da grandiosidade suprema do Criador, do Deus que nos redime.

Sabemos que se olharmos para a perfeição da criação suprema de Deus, o homem, tudo que compõe nosso corpo e, acima de tudo, a força de nosso pensamento e sentimento, podemos ver que Deus completou Sua obra prima em nós.

Que é o homem? Fomos feitos à imagem e semelhança de Deus. Será que na mente ou na forma? Isto não nos deve preocupar. Deus terminou a obra da criação ao criar o homem e a mulher. Sabemos também que quando permitimos que Deus entre em nosso interior, fazendo residência em nós, quando permitimos que Ele molde cada atitude, cada pensamento, aí sim, podemos compreender: Que é o homem? É a imagem e semelhança de Deus!

Ele nos criou para sermos sua alegria. Criou-nos para termos um relacionamento direto e de comunhão com ele. E somos a glória da Sua criação. Você já tem a resposta para saber que é o homem? O ser humano é a criatura que Deus ama e deseja salvar para tê-lo junto a si.

Léo Lima


terça-feira, 23 de julho de 2013

ALEGRIA COM CRISTO

"Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustem-me com um espírito voluntário. Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão." (Salmos 51.12,13).

Nem sempre a alegria reside em nosso interior. Muitas vezes, preocupações normais do dia a dia afligem o nosso coração. Outras até, quando sentimos que algo no reino de Deus não está de acordo com aquilo que imaginamos. Ainda temos momentos em que o pecado infiltra de mansinho em nosso coração e até nos assustamos quando nos deparamos com nossa capacidade de transgredir!

No texto acima, o salmista está fazendo um pedido de socorro e em especial, um pedido de perdão. Ele se achava em pecado diante de Deus e sentia a necessidade de buscar, o quanto antes, o perdão divino. Ele sentia que a alegria em Deus havia se ausentado de sua vida e isto é a pior e mais angustiante situação que pode chegar quem vive com Deus. O mais leve distanciamento de Deus é pior que uma dor muito forte. No mesmo capítulo deste salmo, no versículo 10 ele diz: "Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto." Este é um pedido de socorro. É um grito de angústia que o crente pode precisar fazer. O que ele desejava era vivenciar novamente a alegria da salvação. A alegria de testemunhar do amor divino. Ele ansiava sentir seu de espírito renovado e, para tanto, suplica ao Pai e confessa os seus pecados, para sentir-se novamente digno da salvação.

Quando, em algum momento, estivermos nesta situação é preciso que tenhamos coragem suficiente para declararmos livremente ao nosso Deus nossa transgressão. Ele é rico em misericórdia para nos perdoar e restituir-nos a alegria que se foi.

Se você não sente esta alegria é preciso chegar-se diante de Deus e pedir perdão que Ele está pronto a conceder.

Léo Lima

segunda-feira, 22 de julho de 2013

AMOR EM PRÁTICA

Ser bondoso com os pobres é emprestar ao Senhor, e ele nos devolve o bem que fazemos.” (Provérbios 19.17).
Uma das formas que demonstramos nosso amor a Deus é quando fazemos o bem a todos. Não importa a forma que fazemos. Precisamos compartilhar o que Deus nos dá e desta forma sentiremos uma paz que não se explica.
Jesus disse: ‘Que a sua mão direita não veja o que a esquerda faz’. Isso quer dizer que devemos fazer sem nos vangloriarmos ou mesmo ficarmos falando a todos o que fazemos.
Não devemos esperar que sejamos retribuídos pelas pessoas que ajudamos, pois o Senhor é quem nos recompensa conforme diz o texto.
A promessa é que Ele nos devolve o que fazemos. Não devemos fazer pela recompensa, mas como resultado do amor divino em nossa vida.  Portanto, vamos fazer a nossa parte: colocar o nosso AMOR em PRÁTICA!

Léo Lima

domingo, 21 de julho de 2013

RENOVADOS

Quando estou cercado de perigos, tu me dás segurança. A tua força me protege do ódio dos meus inimigos; tu me salvas pelo teu poder.” (Salmo 138.7).
A angústia muitas vezes é o meio de estruturar nossa felicidade. O caminhar por vales de problemas lembra-nos sempre da promessa de uma vivificação que o Senhor vai dar. ‘andando eu no meio da angústia, Tu me vivificarás...’ Vou ter mais vida e energia; terei mais fé.
Não é preciso que eu vá e lute contra os que me desejam mal, pois o Senhor mesmo vai me livrar de todas as aflições que possam vir sobre mim.
Fico em paz, pois o braço do Senhor é que me protege e me livra de todas as ciladas que possam me sobrevir. O Senhor mesmo disse: ‘Minha é a vingança; Eu recompensarei, diz o Senhor’. Ele me salva com a Seu poder e sabedoria.
Oremos ao Senhor para que nos vivifique e deixemos tudo em Suas santas mãos!
Léo Lima

sábado, 20 de julho de 2013

EU IREI DIANTE DE TI

Eu irei na sua frente e aplanarei as montanhas; arrebentarei portões de bronze e quebrarei as suas trancas de ferro.” (Isaías 45.2).
Esta promessa dada ao rei Ciro, é para sempre e para todos aqueles que buscam a Deus. Seguir com fé e vamos percorrer o caminho plano. Não devemos percorrer caminhos tortuosos que não agradam a Deus. Todas as portas que podem atrapalhar serão destruídas. O Senhor fará o que nos parece impossível e viveremos o inesperado cheio de bênçãos.
Não devemos temer. Vamos em busca pelo caminho prometido pelo Senhor. Ele prometeu: ‘Eu irei na sua frente’. Precisamos somente seguir em frente. O que pode impedir ou mesmo frustrar os seus propósitos? O caminho para a fé é plano, ainda que pareça tortuoso aos olhos humanos.
A promessa divina é: 
Eu irei diante de ti. Não permita nenhuma dúvida.
Léo Lima

sexta-feira, 19 de julho de 2013

PURO AMOR

"Amor! Amor! Amor, nasceu de mim, nasceu de ti, nasceu da alma" este é o refrão de uma música popular.Amor mesmo eu só posso ter se receber Daquele que é PURO AMOR. Nosso Deus. Ao pensarmos em Deus e sua essência de amor vamos ter de forma real a tríplice expressão de Amor. Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Jesus mostrou-nos em seu ministério na terra que não existe maior amor do que este: De dar a vida por outras pessoas.
Jesus deixou muito claro que seu amor excede todo entendimento e que se desejarmos nos encher Dele, logo saberemos como se ama. O nosso amor é falho e egoísta. Tantas vezes ao olharmos para ele só podemos contemplar uma fagulha dele. Há alguns anos escrevi uma poesia que é mais uma súplica para que Deus me dê do infinito amor que Ele É! Compartilho-a mais uma vez para que você possa relembrar dela:

TEMPLO DO TEU AMOR
Senhor, faze em mim Teu santuário.
Que meu coração em festim
Receba o prêmio da Tua presença 
Perpassando este templo
Purificando,
Restaurando para ser um exemplo.
Tirando todas as manchas, nódoas...
O que deixei de fazer
Meu irmão que não vi sofrer.
Meu filho, porventura a esquecer.
O pobre, o aflito
O que vive em conflito,
Aquele que busca em vão
Uma Luz, uma Razão.
Meu amigo do coração
Que deixei de dar a mão
Oh, Senhor! Quanta ingratidão!
A mim deste tanto
E no entanto
A sós no meu canto
Minha dor choro,
A alegria canto.
É só eu que preciso?
Oh, não! Se submisso me tornar
E em mim Teu templo
Edificares,
Modelares,
Purificares prestarei a contento
O culto constante,
E meus semelhantes
Verei consoantes a mim!
Oh! Sim Senhor!
Que eu seja o Templo
Do Teu AMOR!...
 Léo Lima

quinta-feira, 18 de julho de 2013

VEEMÊNCIA

Um desabafo e um juramento do servo Jó em cinco versões da Bíblia. Bíblia na Linguagem de Hoje (NVI); Almeida Revista e Atualizada (ARA); Almeida Revista e Corrigida (ARC); Bíblia de Jerusalém (BJ) e Nova Versão Internacional (NVI).  
BLH – “Juro por Deus, pelo Todo-Poderoso, que não quer me fazer justiça e que enche de amargura o meu coração, juro que, enquanto ele me der forças para respirar, os meus lábios nunca dirão coisas más, e a minha língua não contará mentiras.”
ARA – “Tão certo como vive Deus, que me tirou o direito, e o Todo-Poderoso, que amargurou a minha alma, enquanto em mim estiver a minha vida, e o sopro de Deus nos meus narizes, nunca os meus lábios falarão injustiça, nem a minha língua pronunciará engano.”
ARC – “Vive Deus, que desviou a minha causa, e o Todo poderoso, que amargurou a minha alma. Enquanto em mim houver alento, e o sopro de Deus no meu nariz, não falarão os meus lábios iniquidade, nem a minha língua pronunciará engano.”
BJ – “Pelo Deus vivo que me nega justiça, por Shadai que me amargura a alma, enquanto em mim houver sopro de vida e o alento de Deus nas narinas, meus lábios não dirão falsidades, nem minha língua pronunciará mentiras!”

NVI – “Pelo Deus vivo, que me negou justiça, pelo Todo poderoso, que deu amargura à minha alma, enquanto eu tiver vida em mim, o sopro de Deus em minhas narinas, meus lábios não falarão maldade, e minha língua não proferirá nada de falso."
Que possamos refletir nestas palavras veementes de Jó em que ele declara que enquanto for vivo e em qualquer circunstância não falará nada falso nem dirá maldades que venham ferir alguém. Jó, apesar de se sentir injustiçado não nega seu Criador.
Louvemos e adoremos o Deus Todo Poderoso para quem Jó faz sua declaração de amor e dependência.
Léo Lima

quarta-feira, 17 de julho de 2013

GRATIDÃO

Segue mais uma porção do diálogo entre Jó e Elifaz. A poesia nele contida faz com que nosso coração sinta-se cheio de gratidão por sabermos que Deus cumpre seu plano para nossas vida até o final se assim o desejarmos. Léo Lima
Elifaz - 22
“Deus está nas alturas do céu; ele olha para baixo e vê as estrelas, embora elas estejam lá no alto. Mas você pergunta: ‘Será que Deus sabe alguma coisa? As nuvens escuras ficam no meio; como é que ele pode nos julgar?’ Jó, você acha que as grossas nuvens não deixam que Deus nos veja, quando ele está passeando pelo céu? “Será que você quer andar nos caminhos que os maus têm seguido desde os tempos antigos? Eles morreram de repente, como se fossem levados por uma enchente. A Deus eles diziam: ‘Deixa-nos em paz!’ E comentavam: ‘O que pode o Todo-Poderoso fazer em nosso favor?’
Jó - 23/24
Ele levará até o fim o que planejou fazer comigo e também realizará todos os seus outros planos. Por isso, eu perco a coragem na presença dele e, quando penso nisso, fico apavorado.

A escuridão me deixou cego; mas é o Deus Todo-Poderoso quem me põe medo, e não a escuridão. “Por que o Todo-Poderoso não marca um dia para julgar, um dia para fazer justiça aos que são dele? Há homens que mudam os marcos de divisa para aumentar as suas terras; eles roubam ovelhas e as põem no meio das suas. Levam jumentos que pertencem a órfãos e ficam com o boi de uma viúva como garantia de pagamento de empréstimo. Eles não respeitam os direitos dos pobres e forçam os necessitados a correr e se esconder. Os pobres são explorados pelos maus “Como se fossem jumentos selvagens, os pobres andam pelo deserto procurando alimento para os filhos.

terça-feira, 16 de julho de 2013

HONESTIDADE

Vale ler mais um pouco sobre este diálogo tão importante. Elifaz mostrando razões possíveis para tamanho sofrimento e Jó em contrapartida mostra sua honestidade para com Deus. E nós, como argumentamos sobre o que nos acontece? 
Elifaz - 22
“Como garantia de um pequeno empréstimo, você ficava com as roupas dos seus patrícios e assim os deixava nus. Você não dava água para as pessoas cansadas nem comida aos que tinham fome. Você usou a sua posição e o seu poder para se tornar o dono da terra. Você roubou e maltratou os órfãos e nunca ajudou as viúvas. Por isso, agora você está cercado de perigos, e, de repente, o medo toma conta de você. A escuridão é tanta, que você não enxerga nada, e uma enchente o arrasta. Você quer andar no caminho dos maus?
- 22

Sou um homem honesto. Eu poderia apresentar a minha causa a ele, e de uma vez por todas ele me declararia inocente. Eu procuro Deus “Eu procuro no Leste, mas Deus não está ali; e não o encontro no Oeste. E também não o vejo quando age no Norte ou se esconde no Sul. Mas Deus conhece cada um dos meus passos; se ele me puser à prova, verá que sairei puro como o ouro. Eu sigo o caminho que ele me mostra e nunca me desvio para lado nenhum. Obedeço aos mandamentos de Deus; sempre faço a sua vontade e não a minha. Deus fará comigo o que planejou fazer “Deus faz o que quer; quando ele decide fazer alguma coisa, ninguém pode impedir.”
Precisamos estar cientes de que Deus é quem comanda o universo e sabe tudo o que nos acontece. Que saibamos entregar nossa vida ao Senhor de forma honesta e sincera.
Léo Lima

segunda-feira, 15 de julho de 2013

PACIÊNCIA

Vocês também precisam ter paciência. Não desanimem, pois o Senhor virá logo.” (Tiago 5.8).
Das últimas palavras da profecia de Apocalipse diz: “O Espírito e a Esposa, dizem: ‘Certamente cedo venho’”. Desejamos a manifestação grandiosa do nosso Deus e esperamos na doce promessa de que a vinda do Senhor se aproxima. Nossos anseios são amenizados com esta promessa. Nossa esperança se renova sempre que nela pensamos.
Em cada provação que enfrentamos nos lembramos que a paciência é a ferramenta necessária para um viver tranquilo. As nossas tentações nas provocam um leve e instantâneo vacilo, mas se nos firmarmos na promessa divina de que o Senhor logo voltará sentiremos nosso coração fortalecido.
É necessário que fortaleçamos nosso coração e sejamos constantes assim teremos nossa ansiedade apaziguada. Que nesta semana sintamos esta promessa em nós. Louvemos e adoremos ao Senhor porque ele vem. Ora, vem Senhor Jesus!
Léo Lima

domingo, 14 de julho de 2013

GEMIDOS

A partir de hoje compartilho um pouco do diálogo entre Jó e seus amigos. Para refletirmos!
Elifaz 
Jó 22
“Será que uma pessoa, por mais sábia que seja, poderia ser útil para Deus? Será que interessa ao Todo-Poderoso que você seja honesto? Que lucro tem ele se você é correto em todas as coisas? Se ele o castiga e o chama para prestar contas, não é porque você o adora com todo o respeito, mas sim porque cometeu muitos pecados, e as suas maldades não têm conta."
Jó 
Jó 23

“Eu ainda estou revoltado e me queixo de Deus; não posso parar de gemer. Gostaria de saber onde encontrá-lo; gostaria de ir até o lugar onde ele está, para levar a ele a minha causa e apresentar todas as razões que tenho a meu favor. Gostaria de saber o que ele me diria e  como me responderia. Será que Deus usaria todo o seu poder contra mim? Não! Estou certo de que ele me ouviria."
Que o Senhor fale ao nosso coração.
Léo Lima

sábado, 13 de julho de 2013

CHORO FELIZ

Felizes os que choram, porque eles serão consolados.” (Mateus 5.4).
Palavras de Jesus a uma grande multidão. Diz-se que o choro faz bem às emoções. Entretanto este choro mencionado por Jesus é o chorar pelos próprios pecados e por aqueles que ainda estão vivendo em pecado e não conhecem a alegria que é ter a salvação que Jesus oferece. É através do pranto natural que sai da alma é que as bênçãos nos são derramadas.
Aquele que chora será bendito no mesmo instante. É o Espírito Santo que consola os corações doloridos pelo pecado. Serão consolados quanto ao pecado que assola as cidades, e neste século. O Senhor vai Se glorificar, apesar de tudo que os homens se rebelam contra Ele. Serão consolados com a fé de que em pouco serão livres do pecado de forma total. Depois que a vida daqueles que choram terminar cada um vai morar para sempre na presença única e sublime de Deus.
Chorar é saudável para o corpo e o espírito!
Léo Lima

sexta-feira, 12 de julho de 2013

ENTREGA TUDO AO SENHOR

Entregue os seus problemas ao Senhor, e ele o ajudará; ele nunca deixa que a pessoa que lhe obedece fracasse.” (Salmo 55.22).
Muitas vezes acordamos e sentimos que o dia será difícil. São muitos os desafios a vencer. As preocupações tomam conta do nosso pensamento e iniciamos um dia de lutas. Guardamos como algo precioso tudo que nos aflige e tentamos resolver da nossa maneira.
Mas o Senhor está aguardando que entreguemos todos os problemas e preocupações para que Ele resolva. Ele quer ouvir da nossa boca tudo que nos incomoda. E mais, não dê a Ele o seu problema e depois volta e pega para si. Deixa com Deus a aflição. Só então te sentirás livre e poderás ver a forma que o Senhor tem para que tudo seja solucionado.
Quando entregares os teus fardos a Deus, Louva! Louva o Senhor que te concede a paz que desejas!

Léo Lima