COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

SONHAR

José do Egito estava pronto, pois aguardava aquele momento desde menino. Sabia que Deus tinha um ministério especial para a sua vida. Ele acreditou que o momento era chegado.

Quando Faraó contou seus dois sonhos e que ouvira que José seria o único com condições de interpretar José respondeu ao rei: ‘Isso não está em mim; Deus dará a resposta de paz a Faraó.’ (41.16). José com estas palavras estava dando toda credibilidade a Deus. Ele não precisava se vangloriar, pois sabia que todas as coisas vêm de Deus.
José possuía o dom de interpretar sonhos e ele sabia que vinha de Deus essa capacidade e logo que o rei terminou de contar seus sonhos ele imediatamente os interpretou.

Foi a partir daí que Faraó colocou José na mais alta posição do seu governo. Tudo que ele havia previsto do sonho aconteceu, mas José já estava administrando o país e tudo havia sido planejado com detalhes. Quando se pensa em administração na Bíblia logo nosso pensamento vai para José.
Foi isso que este homem fez e serve de exemplo para nossa vida e ministério. Ele foi chamado de sonhador e não somente sonhava, mas podia ver além das demais pessoas e desta forma ele procurou glorificar ao Pai. Precisamos como José, não ficar quietos, mas devemos dar glórias ao Senhor por Ele estar usando nossa vida de alguma maneira.
Léo Lima

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

SONHOS

Sonhar às vezes nos dá bastante satisfação. Ao acordarmos e recordarmos de um sonho ficamos satisfeitos ou mesmo temerosos. Os sonhos provocam interrogações em nós. Entretanto, é muito difícil desvendar um deles a não ser quando sonhamos com algo que nos preocupa ou que estamos muito envolvidos.

Na Bíblia houve um especialista em sonhos. A história de José do Egito é bastante conhecida e está narrada nos capítulos 30 a 50 do livro de Gênesis. José foi invejado por seus irmãos por alguns sonhos que sonhara e eles achavam que Jacó seu pai o preferia. Seus irmãos o venderam a uns mercadores e, em uma trama bem elaborada, disseram ao pai que encontraram as roupas de José suja de sangue e que talvez algum animal havia feito aquilo com José.

Seu pai chorou muito, se lamentou e as coisas se acomodaram. José foi levado cativo para o Egito. José viveu 13 anos vários acontecimentos que o fizeram sofrer muito. Foi um bom servo, mas uma mulher rejeitada o mandou para a prisão. Mas agora ele era o chefe no presídio e lá interpretou os sonhos de dois serviçais do Faraó. Tudo que ele havia dito aconteceu. Ele pediu que o copeiro quando voltasse contasse ao Faraó sobre ele, José.
O tempo passou e o faraó teve dois sonhos desafiadores e nenhum dos magos do Egito conseguiu decifrar os sonhos de Faraó. Só então o copeiro se lembrou de José e falou ao rei. No texto de Gn. 41.14 diz: “Então, enviou Faraó e chamou a José, e o fizeram sair logo da cova; e barbeou-se, e mudou as suas vestes e veio a Faraó.”

Momento importante. José estava pronto para a grande oportunidade da sua vida. Ele foi vendido quando tinha apenas 17 anos, agora com trinta, mesmo de surpresa, ele estava pronto para realizar a tarefa que Deus havia designado para ele cumprir.
E a sua tarefa, você já sabe qual é?

Continua amanhã.
Léo Lima

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

NOME

Qual é o seu nome? O que chega primeiro seu nome ou seu retrato? O que você acha que vão falar sobre você quando citar o seu nome? Eu me chamo Leonecir, mas gosto de ser chamada por Léo, pois soa bem aos meus ouvidos.

Meu nome diz muito sobre quem eu sou. É assim. Ao pronunciarmos o nome de alguém lembramos com esforço a sua imagem, mas o que mais chama nossa atenção é alguma atitude que aquela pessoa tomou na nossa frente. Nossos atos soam mais alto que nosso nome. São eles que fazem o nosso retrato.
Como será que uma pessoa amiga se lembra do meu nome? Ela sente minha ausência? Desde que eu sou uma lembrança é que estou distante dela. Nós teremos um nome novo quando Jesus voltar. Um nome especial.

Quando paramos para pensar nas palavras de Jesus sobre como deveríamos pedir algo a Deus recordamos que Ele disse: “E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho.” João 14.13. O poder do nome de Jesus é que vai fazer a diferença. Jesus não condicionou alguma coisa somente, mas TUDO. É pedir em o Nome do Senhor. Precisamos chegar ao Pai por intermédio do Nome precioso do nosso Salvador. Deus é o ponto que queremos chegar, o Filho é o caminho que nos apresenta para o objetivo final: teremos então através da mediação de Cristo o acesso ao Pai. Ele vê quando clamamos o Nome precioso de Cristo Jesus.
O seu nome já está escrito no livro da vida? Jesus quer que ele esteja entre os remidos. Que o Senhor nos abençoe e nos guarde para Louvor do Seu precioso nome. Amém.
Léo Lima

domingo, 26 de fevereiro de 2012

O AMOR É ETERNO!

O amor é eterno. Existem mensagens espirituais, porém elas duram pouco. Existe o dom de falar línguas estranhas, mas acabará logo. Existe o conhecimento, mas também terminará.” (I Coríntios 13.9).
Paulo nos mostra através deste texto que a eternidade do amor supera todas as coisas, inclusive as mensagens espirituais que vão durar pouco. Também o falar em várias línguas vai acabar. Até o dom do conhecimento terminará, pois estas coisas são imperfeitas.

Paulo ainda discorre que a perfeição virá e destruirá o que é imperfeito. Ele está falando do Perfeito, Jesus Cristo. Depois disso estaremos na eternidade com Deus e toda a nossa imperfeição desaparecerá. Para nós é importante estarmos realizando o ministério que Deus nos outorgou.
É bom nos lembrarmos que enquanto estivermos neste mundo temos que executar os dons a nós dado para servirmos, edificarmos e fortalecermos outros irmãos lembrando-nos sempre que estamos esperando por Jesus Cristo e sua volta. Paulo conclui estes conselhos de forma a nos lembrarmos o que temos diante de nós para praticarmos: “Agora, pois, permanecem a fé; a esperança e a caridade ‘amor’, estas três, mas a maior destas é a caridade” (v. 13).

Que o Senhor possa nos manter firmes em suas promessas e que Ele a cada dia nos encha do seu divinal amor que o ‘Amor eterno’.
Léo Lima

sábado, 25 de fevereiro de 2012

NUNCA DESISTA!

Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência.” (I Coríntios 13.7).

Paulo diz uma coisa que é necessária para todos nós. Nunca desistir! São tantas as vezes que nos pegamos ‘cansados’ e a nossa vontade é de desistir mesmo. É preciso que tenhamos outro olhar para as nossas preocupações, para os nossos problemas. Desejamos viver de acordo com a vontade de Deus, mas quando a situação é aguardar por uma resposta de Deus a coisa muda.
Paulo nos exorta para que nos lembremos que a pessoa que ama além de não desistir ela vai aguardar com fé, esperança e paciência. Estas três virtudes tantas vezes se ausentam do nosso cotidiano.
A fé é acreditar com uma certeza de que o que esperamos logo vai acontecer, pois este acontecimento não depende da nossa ação, na maioria das vezes. A fé resulta de um crer com mais certeza de que quem prometeu faz. A nossa fé tem que ser depositada em Deus o Criador.
Já a esperança é aquele almejar por algo mais distante sem deixar que o pessimismo se aloje em nosso ser. A esperança por dias melhores não nos força a sair correndo, mas nos induz a que nossa fé seja sempre crescente.
Quando se trata da paciência aí sim. A nossa é muito pequena, pois por quase nada quando vemos estamos irritados por qualquer coisa que nos contrarie. É muito bom que nos lembremos do texto inicial ‘quem ama nunca desiste’ mas aguarda no Deus todo poderoso que está atento às nossas necessidades. Que Ele seja glorificado nas nossas vidas!!!
Léo Lima

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

AMOR INIGUALÁVEL

Quem ama não fica alegre quando alguém faz a coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo.” (I Coríntios 13.6).

Amar é a melhor coisa que existe para um coração saudável. O apóstolo Paulo exalta o amor e neste ponto ele destaca que amar não é ficar contente com coisas ruins que acontecem com as pessoas, muito pelo contrário, a pessoa deve se alegrar quando o próximo faz as coisas certas.

Quando as coisas vão bem o resultado deve conter alegria a reinar nos nossos corações. Como Jesus disse que devemos nos alegrar com os que se alegram e chorar com os que choram. Esse compartilhar deve ser uma realidade na vida de quem ama.

Amor de mãe é mais ou menos isso: quando o filho tem problemas ela sofre junto, mas quando o filho tem vitórias ela se rejubila com ele. Creio que o amor que Deus exemplificou que poderia chegar perto do que Ele sentia por nós é o amor materno – sem pretensões, sem esperar nada em troca – amor que não espera nada em troca a não ser o próprio amor.

Foi assim o amor que Jesus revelou: amor sem esperar recompensa. Ele espera que a nossa fé seja para Ele. Que creiamos no seu amor inigualável!

Léo Lima

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

MÁGOA

"Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas." (1 Coríntios 13.5).

Continuando a refletir sobre a magnífica carta, neste capítulo 13 com especial destaque ao amor que o apóstolo Paulo tão bem detalhou. Vamos refletir sobre algumas reações que às vezes temos até mesmo sem perceber. Quem ama não é grosseiro nem egoísta. Como diriam alguns: esta parte é dura... Sim, isso acontece tantas vezes em nosso dia que agimos como se não tivéssemos feito nada de mais.

Somos por natureza egoístas e se não nos policiarmos com nossas ações o nosso próximo fica relegado a um último plano. A grosseria às vezes é resultante de alguma situação extessante que estamos vivendo e outras tantas situações. Mas nós somente percebemos se que sofreu a grosseria for nós mesmos.

Paulo ainda disse que quem ama não fica irritado nem guarda mágoas. Bem a situação é séria pois para que isso aconteça é necessário que tenhamos um amor totalmente desinteressado, é preciso que na realidade o nosso amor seja como o amor de Deus.

Qual a solução para que possamos ter um amor desta forma? Creio que somente se estivermos vivendo o amor divino em nós e colocarmos os desejos naturais que existem em nós de lado mesmo. Procurarmos fazer as coisas como se fosse para Jesus.

O grande segredo portanto, é que tenhamos a cada dia uma porção maior do AMOR de Deus em nós. Que Ele nos conceda sua graça e seu amor a cada dia! Louvado seja o nosso Deus e Pai!
Léo Lima

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

QUEM AMA...

Continuamos a pensar no amor. Desta feita vamos abordar algumas das qualidades que as pessoas que amam possuem. "Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso." (1 Coríntios 13.4).
As duas primeiras qualidades destacadas pelo apóstolo Paulo convida-nos a uma reflexão mais profunda sobre como deve agir a pessoa que ama. A pessoa paciente é uma pessoa serena, conformada. Alguém que sabe esperar, além de tudo é uma pessoa calma.

Já a pessoa bondosa possui a qualidade de quem tem alma nobre e generosa e é naturalmente inclinada a fazer o bem; Ou seja é uma pessoa que usa de benevolência, benignidade e magnanimidade para com seus semelhantes.

Portanto, se a pessoa ama, de fato, ela não é ciumenta, orgulhosa e nem vaidosa que são características que não andam junto aos que possuem amor.

Então, o amor é paciente e bondoso! Assim é o Senhor para com seus filhos. A paciência que o Senhor tem para conosco vai além de todas as nossas expectativas. E quando se pensa na bondade do Pai que nos cerca com suas misericórdias a cada manhã? Que possamos ter em nós o amor divino a nos dar AMOR que espera e que nos ensina a viver com benevolência para com os que nos carcam.
Léo Lima

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

DAR!!!

Continuo hoje a refletir sobre o amor tão bem descrito por Paulo. "Poderia dar tudo que tenho e até mesmo entregar o meu corpo para ser queimado, mas, se eu não tivesse amor, isso não me adiantaria de nada." (1 Coríntios 13.3).

DAR! É tantas vezes a preocupação das pessoas para demonstrar o amor. Pais se preocupam em dar coisas aos filhos para lhes suprir as necessidades. Parentes demonstram tantas vezes sua afeição com presentes palpáveis. Algumas pessoas chegam a endividar-se para DAR algo a alguém. Doar um presente a uma pessoa que amamos deve ser somente uma das atitudes resultantes do carinho que sentimos por ela.

Mas aqui Paulo refuta a idéia de DAR somente. Ele menciona que mesmo que eu dê meu próprio corpo, sem amor não adianta de nada. Ter amor para dar é o resultado de um exercício diário que cada pessoa precisa fazer. É através da prática que nos aperfeiçoamos em todas as coisas e com o amor não é diferente.

Você pensa em agradar uma pessoa com um presente? Você já pensou em presentear Jesus? Como damos um presente a Jesus? Eu acredito que para darmos um presente a Ele é necessário que primeiro recebamos o presente que está disponível a todos que o desejam. O presente que Jesus disponibiliza é o AMOR feito sangue e morte que resultou na ressurreição. Crer em Cristo e aceitar a salvação é a primeira atitude a ser tomada. Ao crer e aceitar Jesus na minha vida imediatamente eu recebo o seu AMOR infinito. Aí sim, eu posso dar o meu amor a outros. Jesus me amou primeiro. Hoje amo ao meu Salvador e Senhor! Você já tomou esta decisão? Ele deseja DAR todo amor que você precisa! Dê seu coração a Ele agora mesmo! Que Ele abençoe  sua vida!
Léo Lima

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

ELE PODE

"Feliz é aquele que nas aflições continua fiel. Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá a vida, o prêmio que Deus tem prometido aos que o amam." (Tiago 1.12 BLH).

 
Como será a recompensa que Deus prometeu aos seus filhos, àqueles que lhe são fiéis? A promessa divina é que aqueles que são fiéis à Palavra do Senhor serão felizes. E, depois que sair aprovado das aflições deste mundo, receberá a vida. É este o prêmio que Deus promete aos que o amam. Esta vida é a vida eterna por Jesus Cristo.

O que você tem feito com a sua vida? Como está o seu viver? Você já é um filho de Deus? Para se tornar um filho de Deus é necessário reconhecer que Jesus Cristo é o Senhor, que Ele veio a este mundo e se entregou em amor por nós, assumindo o nosso lugar na morte. Logo após a sua ressurreição, Jesus Cristo venceu a morte, com isso pode nos oferecer a vida eterna com Deus!

Em tudo você pode ser mais que vencedor, como disse o apóstolo Paulo, mas saiba que as aflições virão, elas serão, muitas vezes, acima das suas forças. Mas se estiver seguro nos braços de Jesus, você com certeza receberá o prêmio que Deus tem preparado para todos os que O amam! Portanto, continua fiel!
Léo Lima

domingo, 19 de fevereiro de 2012

OUVIR

"E eu o sustentaria com o trigo mais fino, e o saciaria com o mel saído da rocha." (Salmo 81.16).

Muitas vezes agimos sem refletir, precipitadamente. Quando percebemos já fizemos coisas que não imaginávamos ser capazes de fazer. Isto quando estamos com pressa ou dominados por sentimentos que não conseguimos controlar com a razão! Estas realizações, nem sempre serão vitoriosas, pois a ação é irrefletida.

Para a dona de casa, existem dias em que ela não consegue parar para pensar, pois as atividades estão pesando com a sobrecarga, e logo ela se choca com uma reação em si mesma que não lhe é habitual. Encontra-se agindo de uma maneira incomum para si. Às vezes ríspida ou até mesmo, muito grosseira.

No Salmo 81, Deus repreende o seu povo pela sua ingratidão e rebeldia. O Senhor gostaria que cada um estivesse atento às suas palavras, que houvesse tempo para raflexão, que o Seu plano fosse aquele escolhido, pois com o plano de Deus, está a Sua vontade para cada ser humano e que sempre é a melhor. E no verso 13 deste Salmo lemos: "Ah! se o meu povo me tivesse ouvido! Se Israel andasse nos meus caminhos!" Está muito claro, nestas palavras, a força da vontade de Deus para que bênçãos muito especiais sejam derramadas para os seus filhos. O 'se' mostra que esta condição resulta em: "Eu o sustentaria..." O sustento divino está condicionado à obediência.

Portanto, esta é uma bênção que será dada. É uma condição que não é difícil ser atendida. Basta ouvir a voz de Deus, compreender a sua vontade, conhecer os caminhos que Ele preparou para cada um caminhar. Este caminho é o de obediência à sua vontade e que resultará em vida plena. Ele não desampara o filho que lhe está atento.

Se você ainda não sabe ouvir a voz de Deus, basta ler a sua palavra que está escrita na Bíblia. Através dela Deus fala a todos que desejam ouvir a Sua voz!

A bênção que vem de Deus é superior a tudo que um ser humano possa imaginar. Isto se buscarmos, se falarmos tudo que sentimos, se dermos tempo para que nossos atos sejam pensados. Deus está atento a todo aquele que O busca. Ele liberta de toda a angústia a quem deposita nele suas aflições. Ele é amor. A condição é simples: "ouvir a voz de Deus e obedecê-lo!"
Léo Lima

sábado, 18 de fevereiro de 2012

PARA TER AMOR

Continuando a reflexão de ontem o apóstolo Paulo Disse: "Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada." (1 Co. 1. 2).

A importância de se ter amor faz com que Paulo exemplifique que mesmo que o cristão tenha todo conhecimento do mundo, entenda de tudo até conhecer todos os segredos, ou mesmo que se tanha uma fé que possa transportar montanhas sem AMOR a pessoa nada é. Amar é imprescindível para uma vida que tem Jesus Cristo como salvador pessoal.

Uma grande fé é fundamental. Atitudes de dedicação e altruísmo são necessárias mas sem amor perde o valor. O amor em ação mostra quão úteis nós somos. Sabemos que cada pessoa tem dons diversificados, mas o amor é igual para todos, pois o amor é um sentimento que recebemos de Deus como tudo que temos e somos, mas nos lembramos que DEUS é AMOR!!! Se pedirmos Ele nos dará. Como a Graça que vem Dele por meio de Jesus Cristo. Se eu não tiver amor, nada serei. Que possamos nos prencher do AMOR do Pai para que tudo que vamos realizar seja para glória e honra de Deus.
Léo Lima

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

COMO O SINO

"Eu poderia falar todas as línguas que são faladas na terra e até no ceú, mas, se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino." (1 Coríntios 13.1). Este texto é bem conhecido pelos cristãos. Durante os próximos dias esterei refletindo com você leitor, sobre cada uma das menções que o apóstolo Paulo escreveu para os cristãos da cidade de Corinto.

Mesmo que eu tenha sabedoria e conhecimento que estão além do esperado; mesmo que eu fale muitos idiomas se eu não tiver amor, minhas palavras não terão sentido, ou mesmo, serão incomprensíveis aquelas proferidas somente com a razão sem a emoção que move o mundo: AMOR!

É o amor que deve nortear as atitudes do ser humano. Se eu não tiver amor serei como um sonido que não comunica. O amor precisa estar latente em meu coração e na minha vida. Sem amor minha comunicação será como som sem melodia.

Para nada mais vale tudo que sei, tudo que aprendi, tudo que fiz se o amor não estiver presente serei como o sino desafinado.

Que o Senhor possa colocar o amor em nosso coração para que possamos viver de forma afinada e com Deus e com o nosso próximo.
Léo Lima

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

ARCO DO PACTO

"E disse Deus: Este é o sinal do concerto que ponho entre mim e vocês, e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas: O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal do concerto entre mim e a terra." (Gênesis 12.13)

Gostaria de compartilhar com você, algo do que tem sido minha experiência com o nosso Deus, especialmente, quanto ao tema, "Lealdade Divina". Era apenas uma menina que na curiosidade dos seus sete anos, muito entusiasmada e ativa, participava de uma EPB (Escola Popular Batista) hoje EBF (Escola Bíblica de Férias),onde cânticos alegres são entoados, concursos desafiadores promovidos, histórias com figuras deslumbrantes contadas! Enfim, todo um conjunto festivo para alegrar os corações infantis! parecia-me que somente o meu coração sorria, cantava, orava e até‚ chorava ante tanta coisa que marcava minha infância!!!

Ah! A maravilhosa, mas amedrontadora história do dilúvio! Vidas perecendo nas águas... animais que foram preservados... Somente uma família creu! Foi demais! Diante de tudo uma cena ficou fixada em minha memória, passando, então, a perceber que em tudo aquilo que acontecia, o Arco-íris estava a nos mostrar a grandiosa Lealdade Divina; o Arco-íris, estava a nos lembrar que: "O Arco do Pacto Divino" é a máxima fusão de cores! Este é o pacto que perpetua através dos tempos! E, através desta lembrança podemos ver o quanto Deus nos é leal!

Hoje, elevando o olhar para o arco-íris, constato a fusão da vida. O sol, astro rei que mantém a Vida, encontra-se à água, que dá Vida. Nesta União surge o Arco nas nuvens. Este será por sinal do concerto entre mim e a humanidade!

Ele é leal hoje, como ontem, quando na Sua Palavra encontramos Promessas para todos!
Léo Lima

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

O MAR, VOCÊ E EU...

Bom dia! Hoje desejo compartilhar uma das poesias que escrevi... Bem, para que falar quando?!!! O que realmente importa é o que motivou estes versos. Foi a inspiração que a visão perfeita do mar cantou. Poesia é a expressão de um coração para outro que aguarda ouvir, ver, sentir os versos bailando por sobre as linhas. A palavra de Deus fala que toda a natureza proclama sem discurso sem palavras e nenhum som é ouvido a não ser o bramido do mar. Entretanto, a Palavra do Senhor mostra que a voz do céu se espalha pelo mundo inteiro, e as suas palavras alcançam a terra toda. É assim que temos Deus nos falando através das suas obras. (Salmo 19.3,4). Deus abençoe a sua vida. 

O mar, você e eu

Pego agora a caneta com uma ânsia
De muito dizer, de tudo, tudo desabafar.
Foi um dia diferente; o mar com pujança,
Que queria somente seu nome querido apagar!
Sim, eu a escrever na areia, e ele vinha
E logo desfazia; mas o meu peito já o continha!
 

Ah! O mar! Que parece querer brincar com a gente!
Muitas vezes traiçoeiro, outras calmo, lindo!
Às vezes nos falando de um amor urgente
Outras, zombando, brincando, oh sim! Sorrindo!
Sim, no mar vejo você, que brinca, ama,
Parecendo uma criança, sorrindo até me chama!
 

Você que parece estar me amando, e sonho.
Sim. Pois no sonho lhe vejo sempre
Falando de um amor lindo, até me acanho!
Pego a areia fina, macia, e revejo
Suas mãos hábeis, que falam muito
Mas às vezes... sem nenhum intuito.
 

Olho o céu que encontra o mar, e assim
Se fundem um só, compondo o infinito
Penso mais em você, penso em mim,
Parecendo tudo em minha volta mais bonito!
Novamente seu nome na areia vou escrever
Mas eu sei, a água vem; ela quer me ver sofrer!
Léo Lima

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

FONTE

"Porque para isso trabalhamos e lutamos, pois esperamos no Deus vivo, que é o salvador de todos os homens, principalmente dos fiéis." (I Timóteo 4.10).

Estamos diante de mais um dia em que pode ser somente o rotina. Acordamos, levantamos, começamos a nos preparar para as atividades normais. Quando saímos desta rotina para outra que nos proporcionará um dia de folga, mais em contato com a natureza, sentimos como se nossas forças estivessem sendo renovadas. Como é gostoso contemplarmos uma bela paisagem, um lago, uma fonte! Se pararmos para procurar de onde vem a água que desce bela e fresca, podemos demorar para encontrar, mas sabemos que vem de uma nascente. Tudo isto nos leva a uma maior aproximação com Deus.

Certa feita saímos passeando por um campo muito bonito quando nos deparamos com um olho d’água que brotava do profundo da terra para a superfície e provocava uma beleza indescritível. Estávamos diante de uma fonte viva. A água brotava do solo provocando um borbulhar ininterrupto. Aquele vivo manancial, puro, cristalino, percorria distâncias incontáveis, e muito distante encontrava-se com outras correntes d’água que formam rios. É maravilhosa a natureza!

Deus, em sua infinita sabedoria, nos proporciona todas estas alegres experiências, estes momentos inesquecíveis. E muito mais! Assim como várias fontes, temos uma fonte de vida que não seca nunca. Precisamos, para nossa vida espiritual, buscar da fonte divina a água viva! Precisamos sair da rotina e buscar no Deus vivo. Como o apóstolo Paulo falou: "É por isso que lutamos e trabalhamos muito, pois temos posto a nossa esperança no Deus vivo, que é o Salvador de todos, especialmente dos que crêem." Eis a fonte inesgotável de esperança.

Não devemos estar tristes ou enfraquecidos. Basta buscarmos no Senhor que é o nosso Criador e que está sempre pronto a nos encher da graça salvadora. Portanto, nenhuma aflição pode tomar conta de nossas vidas. Nenhuma dor pode residir em nós. Temos uma fonte inesgotável de fé que nos impulsiona a continuar a caminhada para Deus!
Léo Lima

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

SENHOR E DEUS MEU!!!

Este é o dia que fez o Senhor, regozijemos e nos alegremos nele. A alegria é o antônimo da dor. Muitas são as dores que sofremos no nosso dia a dia. Mas a dor da separação que resulta da morte só pode ser amenizada quando nos deparamos com as palavras de Jesus antes de deixar este mundo: "Na casa do meu Pai tem muitos cômodos, e eu vou preparar um lugar para vocês. Se não fosse assim, eu já lhes teria dito." (João 14.2 BLH). Muitos crêem nesta promessa pois, para que ela se tornasse real, foi necessário que, tudo que aconteceu, após o calvário, se tornasse público. Sim, a ressurreição de Jesus foi justamente o que fez com que suas promessas tivessem mais crédito.

Desde que os seus amigos foram ao túmulo e souberam que Ele não estava mais lá, puderam constatar as palavras que Ele havia dito. Jesus, o Filho de Deus havia ressucitado dos mortos! Ainda nos lembramos daquele discípulo chamado Tomé, que precisou vê-lo, passar-lhe as mãos sobre os sinais, e então exclamou: "Senhor meu, e Deus meu!" esta expressão de pasmo, de reconhecimento, de respeito, de confissão da incredulidade, tornava-se maior na certeza de que Deus estava entre eles!

Ele vive! Cristo está vivo! É esta a alegria que nutrimos, e que de uma certa forma não nos deixa temer a morte física. Pois que esta Jesus venceu, e com Ele somos mais que vencedores!

Muitos estão vivendo na espera de que o seu lugar está garantido por Jesus, pois Ele foi para o Pai, e tem o lugar de todos os filhos de Deus reservado!
Léo Lima

domingo, 12 de fevereiro de 2012

PROMESSA


"A alegria está no coração de quem já conhece a Jesus" estas são algumas palavras de um cântico bem conhecido. Mas alegria mesmo, é realmente aquela que reside no coração dos mansos, estas são palavras de Jesus.
Outras promessas Dele:

felizes os pacificadores... os humildes (pobres de espírito) ... os limpos de coração... os misericordiosos... os que têem fome e sede de justiça... os que sofrem perseguição por causa da justiça... os que choram... felizes sois vós, quando vos perseguirem por minha causa..." (Mateus 5.3-11). Jesus deu estes conselhos a todos aqueles que desejam viver uma vida livre e cheia de bem aventurança. Vida de felicidade!

Mas para que esta felicidade habite o coração do homem é necessário que ele conheça Jesus de uma maneira muito especial.

O Senhor Jesus veio para que todo aquele que nele crer tenha a vida feliz, tenha a vida abundante, que quer dizer: de total felicidade. E como se faz para usufruir esta vida? É preciso crer em Cristo como Salvador. Cristo que é Deus e Filho de Deus, veio a este mundo em forma de homem, e deu muitos conselhos, mas acima de tudo, morreu em uma cruz e ao terceiro dia ressuscitou dos mortos.

Portanto, Deus enviou seu Filho para que aqui sofresse toda sorte de dificuldade como todo ser humano, só que Ele esteve sempre em oração a Deus o Pai, e venceu a todas elas. Para que você desfrute da felicidade completa basta que creia no sacrifício da cruz e receba a vitória sobre a morte que Ele oferece gratuitamente!

Esta promessa vem se cumprindo na vida de todo aquele que através de Jesus Cristo, crê que tem garantida a vida eterna. Não que os problemas acabem, mas Jesus disse: "No mundo tereis aflições, mas tenha bom ânimo, eu venci o mundo." É esta promessa que para muitos não é uma esperança, mas que se tansforma na certeza do céu. Jesus não fez promessas de uma vida de sonhos, mas uma vida de lutas, pois o inimigo, quando a pessoa aceita a salvação por Jesus Cristo, luta para tirar esta pessoa do caminho de Deus. É por isso que as dificuldades estão presentes. Entretanto, a alegria da salvação suplanta todas as dificuldades!

Que, você possa encontrar, ou mesmo renovar sua fé em Jesus. Que Ele esteja guiando seus passos e sua vida para no porvir desfrutar da vida eterna com Deus, o Pai.
Léo Lima

sábado, 11 de fevereiro de 2012

AMOR PATERNAL

Como necessitamos de amor paternal! Para a criança esta é uma necessidade vital. Se o amor paterno não existe, muitos serão os problemas existentes para ela! Este sentimento, o acompanhamento paterno em sua vida dar-lhe-á, possivelmente, a estabilidade futura! Sabemos que existe uma lógica para todas as coisas, e para que uma pessoa seja coerente consigo mesma é necessário que sua educação seja de uma família estruturada.

Mesmo que isto não ocorra, muitos consiguem levar uma vida estruturada, sendo vencedores, pois em sua luta diária eles, com muito esforço, ajudados por diversas pessoas e situações o seu caráter foi bem formado, e assim conseguem passar muito bem por todos os desafios do dia a dia!

Entretanto, o amor paternal de Deus é aquele que vem revestido de misericórdia inesgotável. Ele, que, por muito nos amar, deu-nos Seu Filho, tornando-nos coerdeiros de Deus, cujo herdeiro é Jesus Cristo. Somente motivados por esse inigualável amor é que temos condições para sermos felizes. O amor de Deus por nós é algo que não se consegue explicar. Pode-se ver o invizível, quando se vive a vida através do amor do Pai! Deus nos ama e nos tornou seus filhos, e vamos desfrutar das infinitas bênçãos que todos os salvos aguardam, pois temos na carta do apóstolo Paulo aos crentes de Roma no capítulo 8 verso 17: "E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus e coherdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados." Isto também quer dizer: sejamos participantes das mesmas alegrias e vitórias.

Mas como Ele mesmo disse, é preciso ser como a criança em sua dependência de seu pai. Portanto, para usufruir e para ser participante do Reino de Deus é necessário receber o Senhor com pureza de coração, tal a criança.
Léo Lima

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

NA PAZ

Neste tempo de completa agitação, é necessário buscar viver, pelo menos, momentos de descanso, em que corpo e alma sejam reabastecidos da energia vinda de Deus! Precisamos pensar nestes termos. Desfrutar de perfeita paz em todos os momentos, até com muito cansaço físico.

As coisas estão como que se atropelando, é preciso correr para se chegar onde se pretende. Corre-se atrás do sustento, que mal está dando para a subsistência, isto, para a grande maioria. Sustento este que não consegue nutrir os sonhos!

Quando em Gênesis, lemos sobre a Criação, podemos perceber claramente que Deus, ao sétimo dia, descansou. Deus contemplara toda a obra já finalizada e sentiu-se satisfeito, alegre, porque tudo era bom! Este descanso é aquele que produz paz! Descanso do dever cumprido! Quando nós, após terminarmos nossas atividades, olhamos e vemos que tudo está bom, está bem feito, paramos para apreciar com satisfação e podemos, então, desfrutar de perfeita paz! É esta paz que falamos desde o início.

Jesus quando esteve desenvolvendo seu ministério neste mundo, disse que a luta seria grande, mas que Ele deixava a Sua paz! E esta paz penetra o coração de todo aquele que Crê que Jesus Cristo é o Filho do Deus vivo! Assim, mesmo após dias de lutas e dissabores, a paz reina na vida dos filhos de Deus! Isto quando ele descansa realmente no Senhor!

Portanto, todo aquele que já vive com Cristo reinando em sua vida, terá a paz no descanso. Deixe Cristo reinar em seu viver!!! Deixe que Ele seja o guia da sua vida a cada momento.
Léo Lima

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

CAMINHOS

A vida nos oferece muitos caminhos para que, sempre que necessário, e muitas vezes é necessário, façamos nossa opção. Entretanto, precisamos saber escolher. Como procurar conhecer e seguir aqueles rumos que nos aproximam de Deus? E mais que isso, é preciso andar como Jesus andou. Portanto, chegar o mais perto possível do Senhor. Assim estaremos indo onde Jesus iria.

Andar como Jesus andou é mais do que ter fé; é mais que andar pelas veredas da justiça; é mais que ter misericórdia; é mais que ter prazer no Senhor; é mais que ter entendimento perfeito; é mais que ter paz; é mais que andar em verdade de vida; é mais que conhecer os caminhos de Deus; é mais que constante proteção. É, acima de tudo, confiar sua vida a Ele e oferecer seu coração para que Jesus possa aí fazer morada!

Decidir qual o caminho seguir, às vezes, é mais difícil por não conhecermos o que de fato Deus requer de cada um de nós. O que precisamos fazer é estar em plena comunhão com Ele. Muitas vezes, andar nos caminhos de Deus, é tão simples que até nos confundimos. Realmente é, acima de tudo, deixar que Cristo viva em nosso coração totalmente e que somente Ele mostre a cada momento como agir.

Andar como Jesus andou, é ter Deus residindo em nosso espírito. Somente quando o Espírito de Deus domina totalmente a vida de uma pessoa é que ela pode saber qual é o caminho a percorrer.

Se o Espírito de Deus reside em nosso ser vamos percorrendo os caminhos do Senhor, sempre prosseguindo para a morada de Deus e desde então desfrutando de uma pequena parcela do que será o céu.
Léo Lima

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

ALEGRIA

Vamos refletir sobre a Alegria! Sejam os nossos momentos difíceis, alegres, ou mesmo com nuvens que toldam! Eles, na verdade, serão Alegria no dia a dia se pudermos ver o Maior Amor por cada criatura que igual jamais existiu! O Amor imedido de Deus para conosco!

Em Isaías 49.15 lemos:   Pode uma mulher esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti." Esta é uma das maiores e mais fantásticas comparações do amor de Deus para conosco! Este sentimento que movimenta um coração amoroso como o de mãe, que pode falhar, pode ser limitado, e se este sentimento pudesse ser avaliado por um filho, este poderia saber um pouco sobre a extensão do amor ilimitado de Deus por seus filhos!
Mesmo que a mãe, coisa muito difícil, viesse a esquecer-se do filho que amamenta, o nosso Deus não nos esquece! Você deseja motivo maior, para termos alegria em todos os momentos, mesmo que alguns deles sejam difíceis?
Sim, o amor de Deus é maior que tudo que podemos imaginar. É o sentimento que se mescla à misericórdia, que torna-se único!
Por estes e outros motivos é que devemos ser alegres, pois o apóstolo Paulo disse: "Regozijai-vos sempre no Senhor, outra vez digo, regozijai-vos." Sim. É justamente esta alegria que devemos cultivar a cada momento de nossas vidas! Alegria no Senhor!
Léo Lima

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

VITÓRIA

Todos nós gostamos de vivenciar vitórias. Muitas vezes fazemos um esforço sobrenatural para atingirmos um alvo e sermos vitoriosos! Sim, a vitória para cada ser humano representa ultrapassar seus limites físicos, emocionais e até intelectuais. Para alguns, a vitória está em chegar ao final de uma disputa, não importa se em último lugar! Para este, participar, é a VITÓRIA! Para outros vale somente o primeiro lugar!

O que precisamos refletir é algo de único para a vida de toda a criatura humana.

Sem vitória a vida não teria significado. A existência seria vazia e sem perspectiva. O apóstolo Paulo disse que: "Somos mais do que vencedores por aquele que nos amou". Sim, é sobre esta vitória que refletimos agora. A Vitória Pela Cruz!

Para que Paulo pudesse afirmar isto, foi necessário que Jesus morresse na cruz por todos. Em João 3:16, lemos: "Porque Deus amou tanto o mundo que deu seu Filho único, para que todo aquele que crer nEle não pereça, mas tenha a vida eterna." É justamente esta vida eterna que nos é garantida por Jesus após Sua morte na cruz e sua ressurreição que nos leva a concordar com Paulo de que: "Somos mais que vitoriosos!"

Para que possamos viver esta e outras vitórias espirituais, nós precisamos, como diz o texto de João, "crer", é através deste ato que poderemos conhecer a redenção, usufruir a paz, e ter a certeza da Vitória final, que é viver eternamente com Deus!
Léo Lima

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

DESCANSAR

Neste tempo de completa agitação, é necessário buscar viver, pelo menos, momentos de descanso, em que corpo e alma sejam reabastecidos da energia vinda de Deus! Precisamos pensar nestes termos. Desfrutar de perfeita paz em todos os momentos, até com muito cansaço físico.

As coisas estão como que se atropelando, é preciso correr para se chegar onde se pretende. Corre-se atrás do sustento, que mal está dando para a subsistência, isto, para a grande maioria. Sustento este que não consegue nutrir os sonhos!

Quando em Gênesis, lemos sobre a Criação, podemos perceber claramente que Deus, ao sétimo dia, descansou. Deus contemplara toda a obra já finalizada e sentiu-se satisfeito, alegre, porque tudo era bom! Este descanso é aquele que produz paz! Descanso do dever cumprido! Quando nós, após terminarmos nossas atividades, olhamos e vemos que tudo está bom, está bem feito, paramos para apreciar com satisfação e podemos, então, desfrutar de perfeita paz! É esta paz que falamos desde o início.

Jesus quando esteve desenvolvendo Seu ministério neste mundo, disse que a luta seria grande, mas que Ele deixava a Sua paz! E esta paz penetra o coração de todo aquele que Crê que Jesus Cristo é o Filho do Deus vivo! Assim, mesmo após dias de lutas e dissabores, a paz reina na vida dos filhos de Deus! Isto quando ele descansa realmente no Senhor!

Portanto, todo aquele que já vive com Cristo reinando em sua vida, terá a paz no descanso. Deixe Cristo reinar em seu viver!!! Deixe que Ele seja o guia sda ua vida a cada momento.
Léo Lima

domingo, 5 de fevereiro de 2012

DÁDIVA

"Bendito seja o Senhor, que diariamente leva a nossa carga, o Deus que é a nossa salvação." (Salmo 68.19).

Todos nós sentimos, às vezes, um peso superior ao que nos é normal. Temos problemas que nos parecem sem solução, e com isto tiram nos o bem estar natural. Todos temos realmente um fardo que nos é pesado. Para cada pessoa é um tipo de problema. Eles estão rondando-nos a cada dia. Estão desafiando-nos constantemente.

Entretanto, para nós, os que cremos em Cristo e já vivemos a experiência da salvação, sabemos que existem muitas promessas feitas por Deus, o Pai; dentre estas promessas podemos destacar como dádiva bendita, o glorioso presente que podemos usufruir no nosso dia a dia, pois Ele, o nosso Cristo, é quem nos oferece um fardo leve: "Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve." (Mateus 11.30).

O que mais poderíamos desejar do nosso Deus? "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei." Promete o Senhor. (Mateus 11.28). Nosso Pai, além de ser presente a cada momento, leva as nossas angústias, as nossas preocupações, todo nosso sofrimento. Alivia-nos da opressão. Acompanha-nos em nossa jornada, às vezes, longa. Somente o nosso Deus é quem nos proporciona este bem estar, que nos dá esta alegria vivida em cada passo que damos. Somente Ele é a nossa salvação!

O Senhor já é o seu Salvador? Ele já realizou a maior obra em sua vida? A salvação é o maior milagre e Deus deseja que você seja mais um a usufruir deste bem sem igual. Ele quer ser presente em seu viver a cada momento . Entregue a sua vida nas mãos do Senhor porque: Louvado seja o Senhor que dia a dia leva as nossas cargas. Deus é a nossa salvação.
Léo Lima

sábado, 4 de fevereiro de 2012

SER

Conseguiremos "contar as bênçãos"? Será que podemos nos recordar das indizíveis maravilhas que desfrutamos a cada momento de nossas vidas? Será que se nos voltarmos a cada manhã, em um momento de reflexão poderemos sentir o Senhor a nos amparar, a nos guardar, a nos guiar, a nos amar? Sim, se olharmos com cuidado poderemos, sem dúvida nenhuma, sentir Sua presença muito perto de nós ou melhor, em nós!

 Precisamos a cada dia recordar de promessas que irão nos mostrar o quanto somos abençoados, o quanto Deus nos oferece! Cada manhã é coroada de infinitas misericórdias para aqueles que esperam no Senhor! Se prestarmos atenção a cada pequena ação poderemos contar o quanto recebemos, e o quanto deixamos de ver e agradecer! Elas estão acontecendo de fato! Elas estão sendo ofertadas diariamente a cada um de nós, mas muitas vezes, com distração deixamos de sentir, de até, usufruir! E muito menos, de Contar!

O que precisamos após contemplar todas as bênçãos, é exclamar como aqueles que voltaram do cativeiro: "Sim, grandes coisas fez o Senhor por nós, e por isso estamos alegres." (Salmos 126.3). Se observarmos com atenção, de fato, nos alegraremos pelas infindáveis e indizíveis bênçãos que usufruímos a cada dia!!! Porém, mais que tudo, além de Contar as bênçãos devemos ser bênção para todos que nos cercam e para glória do Senhor!!!
Léo Lima

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

GRANDE


"E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção." (Gênesis 12.2). Quando o grande amigo de Deus, Abraão, estava ante o Senhor ouvindo sua promessa, vemos que ele imediatamente obedeceu às ordens do Senhor, e sua firme determinação em cumprir o que ouvira. Partiu pois Abraão o mais rápido que podia, para assim deixar impresso o que viria a ser o maior exemplo de fé, de confiança em Deus, apesar de que ainda não podia avaliar como seria a bênção do Senhor.

Este quadro é um vivo modelo de convicção ante o invisível, ante o desconhecido que havia sido a ordem a ser cumprida: "Sai. Sai da tua terra, da tua parentela." Como é difícil para nós sairmos em busca do desconhecido, em especial deixando todos os nossos queridos. Vemos este servo que procurou desde então ser aquele em quem o Pai podia contar. "E abençoar-te-ei" isto era um grande motivo para que ele saísse. Mas a promessa é ainda maior: "e tu serás uma bênção" Abraão foi e é até hoje uma grande bênção para muitas vidas que nele se espelham. Quantas bênçãos Abraão pode contar!
Eis que neste mês estaremos contando as bênçãos, isto se for possível! Como é fantástico pararmos para pensar e, diante de cada dia, contemplarmos as bênçãos, pois elas nos são concedidas a cada passo, em cada momento.
O salmista disse: "Graças te dou de todo o meu coração; diante dos deuses a ti canto louvores... e louvo o teu nome pela tua benignidade, e pela tua fidelidade;" (Salmos 138.1,2). São, justamente, estas palavras, estas expressões que devem brotar do nosso coração ante as copiosas e ricas bênçãos que nos são concedidas sem que de nenhuma maneira mereçamos! São outorgadas pelas infinitas misericórdias e pelo amor imedido do nosso Deus para conosco!

Léo Lima

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

ESPERANÇA

"Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda a criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro." (Colossenses 1.23).

Vivemos fazendo interrogações. Elas são uma busca das verdades. São também resultado das dúvidas existentes em nosso dia a dia. Isto nos incomoda, pois gostaríamos que a certeza estivesse presente a todo instante. Quando nos deparamos com um "SE", sabemos que teremos que fazer alguma opção. Nestas ocasiões é preciso olhar os vários ângulos que se nos deparam. É este o momento da dúvida. Com a interrogação surgem a dúvida, a angústia e a dificuldade!

O apóstolo Paulo falando sobre a excelência da pessoa e obra de Cristo, depois de vários considerandos, ele nos mostra a solução para qualquer dúvida que exista sobre Jesus Cristo. Ele nos deixa uma condição para que estejamos sempre convictos, isto é, sem dúvida nenhuma!

"Se é que permaneceis na fé, alicerçados e firmes, não vos deixando afastar da esperança do evangelho que ouvistes..." eis a condição: "Alicarçados e firmes" não pode existir dúvida, não é possível que aquele que está alicerçado e firme no amor de Cristo Jesus, possa continuar a duvidar, esta pessoa deve permanecer firme na fé.

Evidentemente a esperança é sempre viva. Portanto, a dúvida é morta. Após este momento decisivo é necessário que se alicercem os propósitos. É preciso que a esperança permaneça viva! É preciso que a boa nova do evangelho seja vivida realmente!

Jesus Cristo é uma realidade para todo aquele que crê. E como esta experiência é maravilhosa! Basta que se queira, que se deseje ardentemente crer em Cristo o Filho que Deus enviou com o propósito de salvar os homens! Jesus Cristo é a resposta completa para todas as dúvidas que possam existir! Deixe que Ele fale ao seu coração.
Léo Lima