COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quinta-feira, 28 de abril de 2011

A VITÓRIA


"Esse poder é o mesmo que Deus mostrou com força extraordinária quando ressuscitou Cristo e o colocou ao seu lado direito no mundo celestial." (Efésios 1.20 - Bíblia na Linguagem de Hoje).
Muitas vezes desejamos estar em um lugar de destaque. Como uma flor linda que cativa os olhos e a admiração. Outras pessoas são um pouco acanhadas e presume-se que elas não gostam de estar em foco. Mas, cremos que bem no fundo de nossas emoções desejamos estar em destaque. Quando ouvimos a expressão: "Ele é o meu braço direito" sentimo-nos felizes, pois somos destacados como importantes para aquela pessoa. Este, muitas vezes é o nosso ideal.
Entretanto, sem nos deixar prender por pequenas coisas passageiras, vamos refletir no que o apóstolo Paulo nos diz no texto acima: "...que Deus manifestou o seu poder em Cristo, resssuscitando-O dos mortos, e pondo-o à sua direita nos céus, acima de todo principado." Eis a vitória pela ressurreição: ter uma posição de onde se pode ver todas as coisas. De onde se pode presenciar todos os acontecimentos e acima de tudo ser como cabeça da Igreja de Deus, o Pai. Como é sublime o nosso Salvador! Como seu triunfo nos coloca em uma posição de destaque, pois muitas vezes somos considerados o braço direito na igreja, ou outro membro do Corpo de Cristo, cuja função tem a mesma importância para o Senhor.
A vitória de Cristo sobre a morte nos proporciona muita alegria e grande responsabilidade. A partir do momento que assumimos um posicionamento de fazermos parte integrante do corpo de Cristo, da família de Deus, passamos a viver grandes desafios. Quando nos sentimos no centro da vontade de Deus, seja qual for a atividade que Ele nos solicite, passamos a desfrutar como que de um lugar de destaque! E a paz interior é uma consequência normal que Cristo mesmo prometeu: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou, não vo-la dou como o mundo a dá."
Que o lugar que hoje ocupamos no reino de Deus possa nos proporcionar as grandes bem-aventuranças prometidas por Jesus. Somos vitoriosos a partir do momento que entregamos nossa vida nas mãos de quem triunfou sobre a morte!
E você, já desfruta desta alegria, desta vitória? Se ainda não vive esta paz inesgotável, dirija-se ao trono de Deus e peça-lhe a alegria da salvação , em nome de Jesus, que você receberá.
Léo Lima

sábado, 23 de abril de 2011

O TÚMULO GUARDADO

Hoje vou compartilhar um esboço dos muitos que foram legados por meu pai: Pr. Manoel R. de Lima. O sábado após a morte de Jesus é lembrado como um dia de silêncio e reflexões. Vamos refletir nas observações de um túmulo guardado. Não guardado por cuidado, mas guardado por receio de que acontecesse conforme as profecias diziam. Sabemos o que aconteceu mas vamos tentar neste dia em entrar em nossos sentimentos e refletirmos sobre o que significa o Messias para nós.
Que Deus a todos abençoe.
Léo Lima
Mateus 27.61-66
Introdução: Um pouco de recapitulação dos acontecimentos anteriores. Uma parte do tempo, o sepulcro guardado por algumas mulheres. No dia seguinte, apesar de sábado, os príncipes dos sacerdotes foram ao Governador romano pedindo mais segurança para o túmulo. Temos assim o túmulo guardado.

I - Por certas senhoras que serviam a Jesus.
1. Observando onde era posto. (Marcos 13.47)
2. Contemplando o que fora o seu amado Mestre.
3. Preparando para voltar depois do sábado. (Lucas 23.56)

II - Por uma guarda Romana.
1. A pedido dos principais sacerdotes.
2. Selando o sepulcro.
3. Vigiado por soldados.

III - Como preparo para maiores evidências de sua ressurreição.
1. Tendo em vista a segurança do sepulcro.
2. O selo aposto pelos fariseus e príncipe dos sacerdotes.
3. As testemunhas da guarda.

Conclusão: Não podia sofrer dúvida a morte de Jesus. Também não poderia ser negada a ressurreição ante as evidências. O túmulo foi guardado pelos inimigos de Jesus com medo exatamente do cumprimento das suas profecias. Muitas vezes os incrédulos crêem naquilo que eles não querem crer. Não somente creiamos, mas convém que também nossa vontade se submeta à fé.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

PERFUME QUE SE ESPALHA


"Mas dou graças a Deus porque, unidos com Cristo, somos sempre conduzidos por Deus como prisioneiros no desfile vitorioso de Cristo. Como perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas." (II Coríntios 2.14 - Bíblia na Linguagem de Hoje).
Todas as pessoas gostam de um bom perfume. E neste texto podemos ver que Jesus produz este aroma suave que deverá agradar a todos que se aproximarem daqueles que são redimidos pelo sangue de Jesus Cristo. Mas, para que isto aconteça é preciso estar em união com Ele. É através desta união que este perfume penetra em nossa vida. Podemos ainda constatar que, para qualquer um que se aproxima do cristão verdadeiro, sejam os salvos ou não, como diz no versículo 15: "Porque para Deus somos o bom cheiro de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem," portanto, todos sentem este suave perfume. O cheiro que Cristo oferece a Deus. E este perfume deve chegar até Deus através de cada um que se salvou por Cristo Jesus. O perfume do amor, da paz, do perdão, da generosidade e da união entre todos.
É muito bom ser salvo por Cristo, mas a responsabilidade do salvo é grande, pois ele precisa dar testemunho do amor redentor de Cristo, que chegou até ele. Como é bom conhecer o amor de Deus e desfrutar dele! E isto é muito fácil, basta que você creia que Jesus Cristo sofreu a morte de cruz e ressuscitou dos mortos, por amor a você. É preciso um sentimento verdadeiro, pois diante de Deus não se pode forjar qualquer coisa: Ele a todas vê e conhece o que vai no mais íntimo de cada um!
Você crê em Cristo? Deseja exalar este perfume tão precioso? Sei que você gosta de respirar o ar puro! Gosta de estar em um ambiente limpo. Gosta de viver com plenitude! Tudo isso é possível, mesmo diante das dificuldades do dia-a-dia, se você colocar sua vida nas mãos do Senhor Jesus. É possível, se você estiver unido a ele!
Léo Lima

terça-feira, 19 de abril de 2011

VITÓRIA COM JESUS

"Eles lutarão contra o Cordeiro, e ele os vencerá porque é o Senhor dos senhores, o Rei dos reis. Ele os vencerá, e com ele vencerão os seus seguidores, aqueles que são escolhidos e fiéis." (Apocalipse 17.14 - Bíblia na Linguagem de Hoje).
São várias maneiras de se buscar uma vitória. Muitas vezes o atleta treina durante 15 horas por dia. Ele quer ultrapassar o limite que já foi conquistado na sua modalidade esportiva. Em nossa vida procuramos vencer no dia a dia, principalmente em nossa vida material. É uma corrida constante, especialmente nos dias em que vivemos, pois as dificuldades são enormes.
Muitas vezes é dificil conseguir os objetivos principais, como a comida de cada dia! As lutas, os desafios são constantes, os adversários são muitos. Mas o objetivo principal permanece na maioria das pessoas: conseguir ser um vencedor!
O vencedor apontado pelo texto de Apocalipse, foi, é e será sempre um vitorioso, pois desde que venceu o poder da morte, ou seja, satanaz, ele tem esta vitória garantida. Não importam as batalhas que os seguidores dele enfrentam, elas serão todas ganhas pelo Cordeiro, o Senhor dos senhores. Para os que confiam no Cordeiro a corrida para a vitória final, mesmo com os impecilhos e as dificuldades, terão alegrias no Senhor ao constatarem que por serem escolhidos e por serem fiéis ao Rei, estão com esta vitória garantida!
O apóstolo Paulo ao escrever aos cristãos de Corinto disse: "Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstem; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível." (I Corintios 9.24,25). É nesta corrida, chamada de batalha, onde todos Os escolhidos já vivem uma experiência pessoal com o Cordeiro e podem sentir-se vitoriosos, tal como é a promessa. Você não vai sozinho nesta guerra, mas o Cordeiro vitorioso estará sempre ao seu lado. Não importa a corrida, não importa as coisas que você terá que renunciar, a vitória com Jesus é certa!
Léo Lima

domingo, 17 de abril de 2011

NO PERDÃO HÁ PAZ

Há poucos dias (13/04/2011) a minha tia, Eva Mendes, foi chamada para estar diante do Senhor. Posso dizer isto pois ela poucos dias antes entregou a vida ao Senhor e confessou todos os pecados que ela havia cometido na vida dela (81 anos).
Na véspera da sua morte ela conversou com a pessoa que tomava conta dela, Celina mais conhecida por Célia, na conversa ela pediu perdão por tudo que havia feito para ela e foi um momento muito terno entre as duas. O perdão de Deus atinge a todos os corações que em sinceridade procuram por Ele.
Jesus, na cruz, ante tantos maltratos pediu ao Pai que perdoasse a todos e na reflexão do Pr. Israel Belo de Azevedo para hoje consta justamente estas palavras que Jesus falou já na cruz:
"Mesmo no sofrimento provocado por seus algozes, Jesus não pensa lhes administrar justiça. Tampouco espera que tomem a inicativa de pedir perdão por sua violência, para, então, os absolver.
Jesus olha para eles e então dirige uma oração ao seu "Aba" (Pai). Nesta oração, pede perdão para aqueles que não sabiam a Quem matavam. A maldade deles vinha da ignorância. Sabiam que matavam, mas não sabiam a Quem matava.
Jesus nos ensina que perdoar deve ser o verbo da nossa vida.
O perdão precisa ser unilateral e incondicional. Enquanto a gente esperar que o ofenses se humilhe, a inimizade continuará.
Você quer perdoar? Pare de olhar para quem o ofendeu. O rancor só fará aumentar.
Quer perdoar? Olhe para o Pai, que lhe perdoou."
Concluindo desejo dizer que a minha tia Eva deixou saudades, mas terminou sua jornada com serenidade e o olhar cheio de paz que só o perdão de Jesus pode dar.
Que o Senhor abençoe a todos e que possamos viver com o perdão em nossas almas abençoando outras vidas ao nosso redor com o amor do Senhor Jesus Cristo.
Léo Lima

sexta-feira, 15 de abril de 2011

VIVOS COM O SENHOR

"Assim, quando fomos batizados, fomos enterrados com ele por termos morrido junto com ele. E isso para que, como Cristo foi ressuscitado pelo poder glorioso do Pai, assim também nós vivamos uma vida nova." (Romanos 6.4 - Bíblia na Linguagem de Hoje).
A morte, como desconhecida, é a mais temida coisa, e isto também por ser uma certeza de que vai acontecer com todos. Sabemos que vamos nos defrontar com ela mais cedo ou mais tarde. Ela é a mais indesejável ocorrência vivida pelo homem; até quando é com alguma pessoa desconhecida. Existe sempre uma atitude de respeito e indagação quando ela mostra sua ação! Muitos se furtam até de pensar nela.
Entretanto, a morte que estamos pensando é outra. Não é esta em que o corpo se petrifica e deteriora. Não é esta em que a existência tem um fim. O apóstolo Paulo disse que "quando fomos batizados, fomos enterrados com ele por termos morrido junto com ele." Esta morte quer dizer que deixamos de conviver na dependência do pecado, e passamos a viver para a Deus e a vida eterna que Ele outorga. Esta é a morte que produz a vida! A partir do momento que acontece esta morte em nosso viver, passamos a desfrutar com Ele de uma vida nova justificada por Ele. Isto se dá quando o pecado é sepultado junto a Cristo e ocorre a ressurreição do velho homem para o novo com o propósito único de glorificar a Deus em Cristo Jesus.
E esta morte é bem vinda à todos aqueles que desejam viver eternamente com Deus. E para isto basta que você creia que Jesus Cristo quer e pode lhe dar esta morte para a vida. Como se morre para o pecado? Basta que você creia em Cristo como Salvador e confesse todas as suas faltas a Ele com sincero arrependimento. Assim, você morre para o pecado e nasce para a vida eterna com Deus! Esta é a morte a todas as maquinações maléficas e começa a partir deste momento uma nova vida junto a Deus, o Pai!
Léo Lima

terça-feira, 12 de abril de 2011

CRISTO VIRÁ COM PODER

"E então virá o fim. Cristo destruirá todos os governos espirituais, todas as autoridades e poderes e entregará o Reino a Deus, o Pai." (I Coríntios 15.24).
Muitas pessoas não acreditam no fim do mundo! "E então virá o fim". Estas palavras do apóstolo Paulo soam como o som da trombeta que será ouvido naquele grande e tremendo dia! Esse acontecimento só será possível porque Jesus Cristo veio a este mundo e com poder venceu a morte. Foi sua ressurreição o motivo desta vitória.
Hoje, Jesus está triunfante à direita de Deus Pai e intercede por cada um que deseja ser salvo, para que naquele grandioso dia muitos estejam juntos por Ele. Tudo que aqui existe terá um fim, somente os salvos terão a vida eterna com Deus, a vida plena, a vida ao lado do cordeiro de Deus. Mas para que este dia chegue é necessário que aqueles que já possuem a salvação façam a sua parte testemunhando, anunciando este amor inigualável que Cristo demonstrou na Cruz do calvário.
Somente crendo na morte e ressurreição de Jesus Cristo o homem pode ser salvo e usufruir das alegrias do céu. É sabido que só depois de todas as pessoas ouvirem conforme narra o evangelho de Mateus 24.14: "E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim." é que o Salvador virá com poder e grande glória.
Se neste momento você, que possivelmente nunca tenha ouvido falar de Jesus, seu amor, sua morte e ressurreição, e da sua vinda com grande poder e glória, está, ao ler estas linhas, tomando conhecimento desta mensagem que Deus está enviando ao seu coração: deixe Cristo entrar em sua vida para aí reinar! Para que isto aconteça é só você se arrepender dos pecados, que são naturais em todas as pessoas, e confessá-los a Deus o Pai, que está pronto a perdoar e a recebê-lo como filho. Você deseja ser um filho de Deus? Entregue sua vida a Ele neste momento.
Léo Lima

quarta-feira, 6 de abril de 2011

PELA FÉ SOMOS UM

"E não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela fé." (Atos 15.9).
Ao pensarmos na separação que existe entre as criaturas de hoje e as que estarão quando da volta de Jesus, ficamos até atordoados ao indagarmos: - Quem estará de que lado? direito-esquerdo; céu-inferno... isto quando ocorrer no grande e terrível dia do Senhor.
Mas a separação na qual estaremos pensando nestas linhas deu-se no início do cristianismo, quando os cristãos desejavam fazer a exigência de que os que não eram israelitas deveriam ser circuncidados. Os rituais judaicos exigiam que logo que um menino nascia deveria ser circuncidado pois somente assim seria possível usufruir das bênçãos espirituais. Mas Pedro, usando da palavra, logo lembra aos que questionavam de que não haveria nenhuma diferença entre os judeus e os cristãos que eram chamados de gentios. Disse ele que a salvação é a mesma para todos. A purificação é através da fé em Cristo Jesus.
Quando somos salvos pela graça de Deus, estamos dando os primeiros passos em direção ao céu. Isto nos será possível usufruir após a volta de Jesus. Ele escolheu um povo, "E, Ele veio para os que eram seus, mas os seus não o receberam." (João 1.11) A graça salvadora é para todos que desejam. Em Efésios 2.8,9 vemos que Deus não estabeleceu nenhuma distinção entre os homens, conforme consta: "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie." Todo homem que tem fé, pode usufruir desta salvação. Jesus mesmo afirmou: "Felizes os que não viram e creram." Somente pela fé teremos o coração purificado pelo sangue de Cristo.
Você que também não viu, consegue crer que pode ser salvo pala graça de Jesus? Isto é o que você precisa fazer: Crer.
Léo Lima

terça-feira, 5 de abril de 2011

TOQUE DE UM OLHAR

"E, quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa." (Lucas 19.5).
A linguagem mais conhecida, mais usada, mais penetrante e que não mente, é aquela transmitida por um olhar. Sem palavras, sem idiomas, sem nada sonante. Todavia, ela penetra no mais profundo do ser. Isso, entre pessoas falhas, criaturas com muitos erros. Imaginemos estar ante o olhar de Jesus Cristo.
Quando lemos o texto acima, não podemos fugir ao contexto para lembrarmos do pequeno pequeno homem chamado Zaqueu que praticou uma atitude infantil, subir em uma árvore para ver Jesus. A sua atitude era própria da criança, não somente dada a sua estatura, mas com a ansiedade, a esperança da mesma. E para espanto da multidão, Zaqueu sentiu, viu o toque do olhar de Jesus. A alegria estava refletida em seu semblante pois conseguira ver Jesus! Murmurações foram ouvidas, sensuras pela atitude de Zaqueu e de Jesus. Jesus lhe dissera que iria ser seu hóspede. E como isto causava espanto, causava ciúmes. Alguns pensavam: "Jesus deveria ir à minha casa, eu que o sigo sempre..."
Como seria se hoje nós estivéssemos por alguns instantes ante o olhar de Jesus? Como seria ver Seus olhos a nos fitar? Mas Ele tem seus olhos fitos em nós e que demonstra todo amor que Ele possui por nós. Sabemos que com os nossos olhos naturais não podemos ver Jesus, mas com os olhos da fé isto se torna possível. Hoje Ele se manifesta ante nossos olhos em um dos pequeninos que estão perto de nós. Muitos até nos visitam. "Qualquer que receber um destes meninos em meu nome e mim me recebe; e qualquer que a mim me receber, recebe, não a mim, mas ao que me enviou." (Marcos 9.37). Portanto, é-nos possível contemplar o olhar de Cristo a nos fitar!
Que possamos exercitar o nosso olhar espiritual para contemplar o nosso Mestre entre nós! Você consegue ver Jesus? Ele está com os olhos fitos em você. Olhe para Jesus e aceite o amor que Ele lhe oferece.
Léo Lima

domingo, 3 de abril de 2011

PERDÃO DISPONÍVEL

"Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar." (Isaías 55.7).
A cada dia em que se liga a televisão pode-se constatar que a miséria ainda está presente de forma assustadora no mundo. A dor, a necessidade e a fome quase destroem o ser humano que vive tantas vezes até sem o básico para sua manutenção: o pão.
É desumano o que acontece. Mesmo sendo esta a grande preocupação dos governantes, daqueles que dirigem as nações, com todas as obras assistenciais, muitos chegam a perecer por este estado de vida que o submundo lhes oferece!
Entretanto, sabe-se que também, mesmo que muitos homens possuam riqueza e todo conforto que o dinheiro possa dar ele, às vezes, é o mais miserável de todos, pois os seus pensamentos são maus. Isto é a consequência da mais pobre herança que toda a criatura humana recebe. A herança do pecado que é algo que nasce com ele. E se esta pessoa não desenvolve o bem, logo todo seu lado negro aparece com nitidez até se transformar na escuridão da desordem. Mesmo tendo bens a sua mente muitas vezes o coloca em pleno estado de miséria, chegando ao mais profundo abismo. O abismo do pecado!
Como diz o profeta Isaías da parte de Deus: "... deixe o iniquo os seus pensamentos; converta-se ao Senhor... e volte-se para Deus, porque é rico em perdoar" É infinita a fartura do perdão divino. Todo aquele que se converter a Ele e deixar os seus maus caminhos, Deus dará com fartura o seu perdão.
Tem riqueza imensurável de paz e amor todo aquele que confia em Deus. Deus é rico em perdoar e não tem a sua mão encolhida. E é justamente este perdão que preenche o interior de todo aquele que é salvo, proporcionando um pleno estado de paz. Mesmo que as aflições se interponham, mesmo que as provações cheguem, mesmo que a fome ronde a sua casa, ainda assim, Deus que é rico em perdoar, poderá dar-lhe tudo que anseia seu coração. Quem está seguindo nos caminhos do Senhor não terá falta ou vazio na vida. Mesmo que muitas sejam as necessidades Deus não tem suas mãos encolhidas. Ele deseja salvar sua vida. Entregue seu coração e creia que Deus pode dar-lhe perdão nesta vida.
Léo Lima

sexta-feira, 1 de abril de 2011

O QUE SAI DO CORAÇÃO...

O dia primeiro de abril é denominado o 'dia da mentira'. Todos sabemos que nada tem a ver com a nossa realidade. Verdade? Não tem nada a ver mesmo?
Quando pensamos que Deus abomina a mentira nós ficamos atentos a tudo o que vamos falar e fazer. Mas, será mesmo que nós não mentimos nunca? Aquele momento em que o seu celular toca e você olha e não quer atender aquela determinada pessoa... ou mesmo a campainha que toca e você muito ocupado pede que digam que você não está e outras tantas situações que vivemos...
Como será que Deus vê nossas atitudes nestes momentos? Podemos chegar diante dele como Adão e Eva chegaram antes de pecar? ou estaremos nos escondendo conforme eles fizeram após desobedecer a Deus?
Como está nosso testemunho em todos os momentos e circunstâncias que vivemos?
Bem para começar temos: "Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira?" (Salmo 4.2).
A Bíblia tem muitos textos referentes ao que pratica a mentira: "O que usa de fraude não habitará em minha casa; o que profere mentiras não estará firme perante os meus olhos." (Salmo 101.7). "A testemunha falsa não ficará impune; e o que profere mentiras não escapará." (Provérbios 19.5). Esta última mostra como Deus abomina a mentira.
Léo Lima