COMUNIQUE

Seja Bem vindo! A meta é dar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

VENCEDORES

Ó Senhor, aqueles que te conhecem confiam em ti, pois não abandonas os que procuram a tua ajuda”. (Salmo 9.10).
Não é muito fácil confiar nas pessoas nos dias em que vivemos. A decepção é um sentimento que nos visita muitas vezes. O salmista mostra que quando se deposita a confiança naquele que pode todas as coisas não sofremos decepções.
O discípulo João mostra que se estamos diante do Senhor e lhe pedimos alguma coisa Ele nos ouve e nos atende de acordo com a vontade divina. ‘Quando estamos na presença de Deus, temos coragem por causa do seguinte: se pedimos alguma coisa de acordo com a sua vontade, temos a certeza de que ele nos ouve’. (I João 5.14).
E Paulo indaga aos que assim fazem: ‘Diante de tudo isso, o que mais podemos dizer? Se Deus está do nosso lado, quem poderá nos vencer? Ninguém’! (Romanos 8.31). Estas palavras lembram que os servos do Senhor são mais do que vencedores.

Léo Lima

terça-feira, 27 de setembro de 2016

PROMESSAS

Confie em Deus, o Senhor, e faça o bem e assim more com toda a segurança na Terra Prometida. Que a sua felicidade esteja no Senhor! Ele lhe dará o que o seu coração deseja”. (Salmo 37.3-4).
Esta porção da Palavra de Deus é uma promessa. Como é bom podermos conhecer as promessas divinas para nosso viver. O salmista diz que: ‘No sofrimento, eu fui consolado porque a tua promessa me deu vida’. (Salmo 119.50).
De todo o coração, eu te peço: tem misericórdia de mim, como prometeste’. (Salmo 119.58). Nossa oração chega como súplica ao Senhor que é real e está ouvindo nossos desejos que Ele suprirá conforme sua infinita bondade.
As promessas do Senhor nos dão vida de fato. ‘Ó Senhor Deus, tu cumpriste a tua promessa e tens sido bom para mim, este teu servo’. (Salmo 119.65). Sim, diante de promessas cumpridas é preciso que nos ajoelhemos diante do trono divino e agradeçamos por bênçãos de cada momento.

Léo Lima

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

AMOR E RESPEITO

Que o amor de vocês não seja fingido. Odeiem o mal e sigam o que é bom. Amem uns aos outros com o amor de irmãos em Cristo e se esforcem para tratar uns aos outros com respeito”. (Romanos 12.9-10).
Os conselhos do apóstolo Paulo fazem referência ao amor e o respeito. Se em nosso viver observarmos os dois viveremos de forma harmoniosa e feliz. A sinceridade é a atitude que ele recomenda para que se cultive o amor e o respeito.
Paulo em outra ocasião destacou como deve ser o amor de uns para com os outros: ‘Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso. Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas. Quem ama não fica alegre quando alguém faz uma coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo. Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência’. (I Coríntios 13.4-7).
Para reforçar como se deve proceder na vida Pedro disse: ‘Respeitem todas as pessoas, amem os seus irmãos na fé, temam a Deus e respeitem o Imperador’. (I Pedro 2.17). O respeito é outra manifestação do amor, portanto para amarmos de forma que agrade ao Senhor o respeito deve ser uma prática real.

Léo Lima

domingo, 25 de setembro de 2016

A FÉ É PELO OUVIR

De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Mas digo: Porventura não ouviram? Sim, por certo, pois por toda a terra saiu a voz deles, e as suas palavras até aos confins do mundo”. (Romanos 10.17,18).
A oportunidade é para todos. É esta a afirmação do Senhor através do apóstolo Paulo. Entretanto, existe algo que o Senhor não pode interferir que é a liberdade do homem em fazer a sua opção de vida. O livre arbítrio.
Quando Jesus voltava para o céu ele deixou uma ordem aos seus discípulos e a todos os que viessem a crer na salvação por ele: ‘Portanto, ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado’. (Mateus 28.19,20). Esta é a ordem de Jesus. Ele disse que os salvos deviam sair para anunciar a salvação por todos os lugares, a todas as nações dando-lhes oportunidades iguais para que no dia do Senhor ninguém pudesse dizer: ‘não me falaram de Cristo’.
O que, infelizmente, estamos presenciando é o domínio da opressão e do ter e não SER. É o reinado daqueles que somente usam as pessoas para manipular em benefício próprio. A maioria aterradora que está sendo oprimida ainda busca, em ritos pagãos, um alívio para suas almas que na escuridão continuam vagando sem Deus e sem salvação.
Não nos importa o que o homem busca para enganar-se, o que precisamos é continuar a proclamar com nossas vidas, com nosso testemunho a salvação e o Salvador. É com a nossa voz que a única mensagem salvadora deverá ser conhecida por toda a terra, isto é, por todas as pessoas. Somente depois disto é que Jesus Cristo voltará.
É preciso que a mensagem seja anunciada, pois ‘De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Mas digo: Porventura não ouviram? Sim, por certo, pois por toda a terra saiu a voz deles, e as suas palavras até aos confins do mundo’, vemos então que depende de cada um de nós fazer a nossa parte.
Você já ouviu e creu nesta mensagem salvadora? Se já, então é preciso sair e anunciar o que você vive para que todos na terra ouçam.

Léo Lima

sábado, 24 de setembro de 2016

ADORAÇÃO SOMENTE

Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.” (Salmo 43.5).
Esta pequena passagem da Bíblia começa com duas interrogações. O salmista quer saber sobre a tristeza e a aflição que lhes afligem a alma. A tristeza tantas vezes penetra nosso coração e se mostra imperiosa. Ela vem quase sempre acompanhada da aflição.
O próprio escritor mostra a resposta para solucionar este estado da sua alma quando diz que ele tem esperança e que ela será colocada no Senhor. A esperança é o bálsamo para toda dor que possa visitar nosso coração. A aflição pode visitar o coração de todas as pessoas, mas não devemos permitir que ela faça morada em nós. Deus está sempre presente para nos restaurar a paz.
Já a tristeza muitas vezes é resultante da angústia e ela deve ser tratada da mesma forma que a aflição. É buscando ao Senhor que podemos nos libertar dela. O escritor bíblico mostra que ele se propõe a buscar o Senhor e entregar tudo nas mãos divinas com louvor e ação de graças.
Que possamos dizer como o poeta: ‘O Senhor é o meu Salvador e o meu Deus’. Louvemos e adoremos nosso Deus.

Léo Lima