COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

BASTA CRER

Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas”. (Lucas 1.45).
Como é pequena a nossa fé! Se fôssemos compará-la a algo palpável veríamos que nem mesmo como um grão de mostarda ela é. Visto que, se assim fora, poderíamos realizar grandes coisas no Senhor. Jesus mesmo disse: "Se a sua fé for do tamanho de um grão de mostarda diríeis a este monte sai daqui para lá e ele iria."
E naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá, e entrou na casa de Zacarias, e saudou a Isabel e aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre e Isabel foi cheia do Espírito Santo e exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres e bendito o filho do teu ventre. E donde provem isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre’. (Lucas 1.39-44). Isabel reconheceu, pelo estremecimento em seu ventre, que estava diante da mãe do Messias prometido. Ela creu!
Quantas vezes Deus nos fala de diversas maneiras e nós continuamos insensíveis à Sua voz, à Sua mensagem, à Sua vontade para nossas vidas! Nós não sabemos viver, pois do tamanho da nossa fé é a nossa felicidade! Sabemos que desejamos ardentemente desfrutar desta maravilha! E como nós nos afastamos dela gradativamente, pois conforme é a nossa fé é o nosso relacionamento com Deus o nosso Pai! Sim, o texto nos diz claramente que ela é abençoada, pois acreditou que iria acontecer o que o Senhor lhe disse.
Na maioria das vezes, nós retardamos o cumprimento das promessas que o Senhor nos faz e queremos até questionar a razão disto! Somos pretensiosos! Porém, está na Palavra de Deus: ‘feliz a que creu!’ Somente crer. Esta é a única atitude que Deus requer de nós, que creiamos em Seu Filho como Salvador e Senhor e que procuremos ouvir a voz Dele a nos falar.

Léo Lima

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

VIVENDO A PAZ

Jesus contou outra parábola. Ele disse ao povo: – O Reino do Céu é como uma semente de mostarda, que um homem pega e semeia na sua terra. Ela é a menor de todas as sementes; mas, quando cresce, torna-se a maior de todas as plantas. Ela até chega a ser uma árvore, de modo que os passarinhos vêm e fazem ninhos nos seus ramos”. (Mateus 13.31-32).
Pequena semente se transforma em uma grande árvore. Jesus mostra que por menor que seja uma ação ela pode crescer e dar muitos frutos. ‘Quando viu isso, Jesus não gostou e disse: – Deixem que as crianças venham a mim e não proíbam que elas façam isso, pois o Reino de Deus é das pessoas que são como estas crianças. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem não receber o Reino de Deus como uma criança nunca entrará nele’. (Marcos 10.14-15). Ser como a criança é o mesmo que ter um coração puro. Assim Jesus disse sobre o receber o reino de Deus.
Muitas pessoas tinham curiosidade sobre o Reino de Deus. Jesus afirmou que ele deve estar dentro de cada um. ‘Alguns fariseus perguntaram a Jesus quando ia chegar o Reino de Deus. Ele respondeu: – Quando o Reino de Deus chegar, não será uma coisa que se possa ver. Ninguém vai dizer: “Vejam! Está aqui” ou “Está ali”. Porque o Reino de Deus está dentro de vocês’. (Lucas 17.20-21).
Da mesma forma Paulo falou aos cristãos de Roma que o Reino de Deus é viver de forma correta, tendo a paz e a alegria dada pelo Espírito Santo. ‘Pois o Reino de Deus não é uma questão de comida ou de bebida, mas de viver corretamente, em paz e com a alegria que o Espírito Santo dá’. (Romanos 14.17). Que possamos desfrutar da bênção que é viver com o Senhor desde agora e para sempre.

Léo Lima

terça-feira, 17 de outubro de 2017

PRIVILÉGIO

Jesus continuou, dizendo: – Mas vocês, como são felizes! Pois os seus olhos veem, e os seus ouvidos ouvem. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: muitos profetas e muitas outras pessoas do povo de Deus gostariam de ver o que vocês estão vendo, mas não puderam; e gostariam de ouvir o que vocês estão ouvindo, mas não ouviram”. (Mateus 13.16-17).
O amor de Jesus por aqueles que O seguiam era muito grande. Ele mencionou o privilégio que eles tinham em poder aprender com o Senhor. Estes momentos foram úteis para que eles se preparassem para a formação da igreja do Senhor. ‘Cristo amou a Igreja e deu a sua vida por ela. Ele fez isso para dedicar a Igreja a Deus, lavando-a com água e purificando-a com a sua palavra. E fez isso para também poder trazer para perto de si a Igreja em toda a sua beleza, pura e perfeita, sem manchas, ou rugas, ou qualquer outro defeito’. (Efésios 5.25b-27).
Servir a Jesus é prazer já disse a canção. Mas, mais que isto é privilégio conforme Paulo afirma. ‘Não tenham medo dos seus inimigos. Sejam sempre corajosos, pois isso será uma prova para eles de que serão derrotados e de que vocês serão vencedores. Porque é Deus quem dá a vitória a vocês. Pois ele tem dado a vocês o privilégio de servir a Cristo, não somente crendo nele, mas também sofrendo por ele’. (Filipenses 1.28-29).
Paulo ainda menciona os fiéis que se dispunham a servir ao Senhor de boa vontade e com amor. ‘Afirmo a vocês que eles fizeram tudo o que podiam e mais ainda. E, com toda a boa vontade, pediram com insistência que os deixássemos participar da ajuda para o povo de Deus da Judéia e eles insistiram nisso’. (II Coríntios 8.3-4). O desejo de servir deve fazer parte do nosso ser. A alegria que sentimos no serviço do Senhor excede todo entendimento.

Léo Lima

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

FRUTIFICANDO

– Vocês só poderão ter frutas boas se tiverem uma árvore boa. Mas, se tiverem uma árvore que não presta, vocês terão frutas que não prestam. Porque é pela qualidade das frutas que sabemos se uma árvore é boa ou não presta”. (Mateus 12.33).
Uma vida de comunhão com Deus consegue amor, alegria, paz e outras bênçãos espirituais. Dessemelhante, uma vida de pecado colhe frutos ruins, que acarretam punição. Quem não se dedica a crescer no seu relacionamento com Deus também não colherá muitos frutos.
Uma vida que agrada a Deus é o que muitos cristãos buscam. O sábio disse que uma pessoa correta abençoa muitas vidas. ‘Uma pessoa correta traz bênçãos para a vida dos outros; quem aumenta o número de amigos é sábio’. (Provérbios 11.30).
Paulo fala aos cristãos de Éfeso que desde que estamos vivendo na luz do Senhor precisamos andar em bondade, honestidade e verdade. ‘Antigamente vocês mesmos viviam na escuridão; mas, agora que pertencem ao Senhor, vocês estão na luz. Por isso vivam como pessoas que pertencem à luz, pois a luz produz uma grande colheita de todo tipo de bondade, honestidade e verdade. Procurem descobrir quais são as coisas que agradam o Senhor’. (Efésios 5.8-10).
Nestas palavras de Jesus Ele lembra que somos ramos e que precisamos dar bons frutos. Se assim não for seremos cortados. ‘Jesus disse: – Eu sou a videira verdadeira, e o meu Pai é o lavrador. Todos os ramos que não dão uvas ele corta, embora eles estejam em mim. Mas os ramos que dão uvas ele poda a fim de que fiquem limpos e deem mais uvas ainda’. (João 15.1-2). Que o Senhor nos ajude a permanecermos firmes Nele.

Léo Lima

domingo, 15 de outubro de 2017

CONVITE

“– Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso. Sejam meus seguidores e aprendam comigo porque sou bondoso e tenho um coração humilde; e vocês encontrarão descanso. Os deveres que eu exijo de vocês são fáceis, e a carga que eu ponho sobre vocês é leve”. (Mateus 11.28-30).
O Senhor na profecia de Isaías fez o convite à salvação. Ele disse que aqueles que estivessem com sede deveriam buscar o que precisassem de graça. Água viva é o que Ele oferece. ‘O Senhor Deus diz: “Escutem, os que têm sede: venham beber água! Venham, os que não têm dinheiro: comprem comida e comam! Venham e comprem leite e vinho, que tudo é de graça’. (Isaías 55.1).
Jesus convidou a todos que desejassem se livrar do peso do pecado para que entregassem suas cargas a Ele. E repetiu o que na profecia de Isaías dizia sobre a sede. Jesus água viva. ‘No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba’. (João 7.37).
Na profecia o Senhor disse que sairiam em paz os que buscassem a água viva. Todo aquele que aceita este convite do Senhor passa a viver em paz e com alegria. ‘Saireis com alegria e em paz sereis guiados; os montes e os outeiros romperão em cânticos diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palmas’. (Isaías 55.12).

Léo Lima