COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

domingo, 31 de agosto de 2014

TESTEMUNHA



Portanto, nós também, pois estamos rodeados de tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com perseverança a carreira que nos está proposta, fitando os olhos em Jesus, autor e consumador da nossa fé, o qual, pelo gozo que lhe está proposto, suportou a cruz, desprezando a ignomínia, e está assentado à direita do trono de Deus.” (Hebreus 12.1-2).
Testemunha é uma pessoa que presencia ou presenciou algum fato. Dependendo do acontecimento a pessoa que viu pode ser chamada para prestar declarações sobre o ocorrido. Nem sempre é algo que as pessoas gostam de fazer.
A chamada do texto é para que mudemos nosso comportamento, visto que estamos rodeados por olhos que são testemunhas das nossas ações. O conselho, claro e é possível.
O crente precisa se comportar bem - mesmo que não existam observadores -. Temos testemunho de pessoas que a Bíblia narra que nos deixaram muitos exemplos. O convite é para deixar tudo que nos afasta do Senhor e impede nossa comunhão com o Pai.
Jesus deve ser nosso maior exemplo. Olhemos para o Mestre e sigamos seu exemplo.
Léo Lima

sábado, 30 de agosto de 2014

PLANOS



“Muitos são os planos no coração do homem; mas o desígnio do Senhor, esse prevalecerá” (Provérbios 19.21).
A capacidade de planejar determina, em parte, o futuro do ser humano, criatura dotada de liberdade e criatividade. Em todas as áreas da vida se faz necessário parar e analisar qual o melhor caminho para se atingir o objetivo desejado. Uma coisa em que não há limite são os desejos, os sonhos.
O texto lido aponta para o cuidado que se deve ter, pois a partir de um desejo ou sonho é que a pessoa se dedica a planejar. De acordo com o que se idealiza é que se constrói de forma continuada, visto que planejar é um processo contínuo e permanente.
E quais seriam os melhores planos para a nossa vida? Precisamos procurar conhecer os desígnios do Senhor, pois somente estando  cientes deles e firmados neles é que um projeto será efetivado. O realizar o plano cabe à graça de Deus que age não só através de nós, mas, principalmente, em nós.
Sabemos que, dificilmente, o Pai rejeita uma oração de um coração que deseja estar no centro da Sua vontade, pois Ele sempre tem uma resposta. Este é um ato de compaixão do Pai para com o filho, pode demorar, mas a resposta vem! É importante observar que o planejamento não aprisiona de modo algum a ação de Deus. Se buscarmos, Deus age antes e durante o processo de planejamento, na execução, mas, também, fora de qualquer planejamento. Entretanto isto só ocorre se em nossos planos colocamos os desígnios de Deus na frente da nossa pura vontade. Se os desejos e o projeto estiverem de conformidade com os intuitos do Senhor a nossa vontade estará como nossos planos, - sob o controle de Deus -.
A perfeição existe só na eternidade, mas, a caminhada rumo a essa perfeição deve acontecer desde agora e um planejamento dos nossos atos sempre contribui para a efetivação de ter feito o melhor.
Léo Lima

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

AMOR



“Nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." (Romanos 8.39).
A separação é um acontecimento que provoca tristeza. Quando precisamos nos separar de alguém a quem queremos bem sentimos uma dor aguda que penetra o nosso interior. Somos tão limitados em nossos pensamentos e sentimentos que se torna difícil compreender a grandiosidade do amor que Deus tem por nós e que nos aproxima e nos une a Ele por Jesus Cristo.
É por este motivo que o apóstolo Paulo expressa que nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá nos separar do amor que Deus tem por nós. São coisas que podemos ver como altas e profundas. Desta forma podemos entender parcialmente este amor, apesar de muitas vezes olharmos para o alto e nos depararmos com o infinito que nos limita ao nosso limite.
Unidos Deus e o homem a harmonia habita neste espaço destinado ao seu viver. O nosso interior. Tentar imaginar a distância entre eu e o infinito é o princípio do distanciamento da presença de Deus. Não existe tempo ou espaço que possam atrapalhar o vínculo da perfeita comunhão que é proporcionada pelo amor de Cristo Jesus, nosso Senhor.
Portanto, "Nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura..." vai alterar a harmonia com Deus quando Estamos Nele. Assim, podemos sentir que nada poderá nos separar do amor de Deus que está em nós e só depende de o desejarmos.
Que este amor nos una para que possamos exclamar como Paulo: "Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim." (Gálatas 2.20). O amor de Deus em nós poderá nos fazer um em Cristo Jesus.
Léo Lima

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

O GUIA CERTO



Ele será o nosso guia até a morte.” (Salmo 48.18).
Nós necessitamos de um guia. Muitas vezes desejamos que nos dissessem o que devemos fazer.
O Senhor nosso Deus está pronto para nos guiar. Ele conhece o caminho e nos levará adiante até que terminemos nossa jornada neste mundo. Temos certeza de que não é preciso outro para nos aconselhar. É necessário que nos coloquemos debaixo da sua direção e orientação. Que seja Deus o nosso guia. Se seguirmos lei do Senhor andaremos no caminho da vida que Jesus nos ensinou.
Conforme o texto o nosso Deus é o nosso guia eterno e estaremos com Ele após terminarmos nossa jornada neste mundo. A promessa da direção divina dá segurança até recebermos a bênção perpétua.
Busquemos as bênçãos divinas agora que podemos desfrutar delas. Enquanto é tempo busquemos a salvação que o Senhor nos oferece e teremos um guia permanente.
 Léo Lima

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

CONVITE



Cantem louvor a Deus, o Senhor, vocês, o seu povo fiel! Lembrem do que o Santo Deus tem feito e lhe dêem graças. A sua ira dura só um momento, mas a sua bondade é para a vida toda. O choro pode durar a noite inteira, mas de manhã vem a alegria. Eu me senti seguro e pensei: “Nunca terei dificuldades.” Ó Senhor Deus, tu foste bom para mim e me protegeste como uma fortaleza nas montanhas. Depois tu te escondeste de mim, e eu fiquei com medo.” (Salmo 30.4-7).
No texto o salmista está convidando a todos para cantar e adorar a Deus. Isto se deu depois que ele em oração contou as bênçãos que o Senhor havia dado para ele.
Nesta parte da sua fala ele diz que as tristezas e o pesar podem durar muito, entretanto quando o dia amanhece eis que a alegria vem. Ela vem mesmo. Acordamos com o canto festivo dos pássaros e eles fazem um festival de canto.
O salmista finaliza esta porção do texto dizendo que Deus saiu de perto dia e ele teve medo. Precisamos estar próximos do nosso Deus a cada instante do nosso dia. O convite é: Cante! Adore! Louve!
Léo Lima