COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 31 de março de 2017

CORAÇÃO AGRACIADO

Quando os pais viram o menino, também ficaram admirados. E a sua mãe lhe disse: – Meu filho, por que foi que você fez isso conosco? O seu pai e eu estávamos muito aflitos procurando você. Jesus respondeu: – Por que vocês estavam me procurando? Não sabiam que eu devia estar na casa do meu Pai? Mas eles não entenderam o que ele disse. Então Jesus voltou com os seus pais para Nazaré e continuava a ser obediente a eles. E a sua mãe guardava tudo isso no coração. Conforme crescia, Jesus ia crescendo também em sabedoria, e tanto Deus como as pessoas gostavam cada vez mais dele”. (Lucas 2.48-52).
Este texto narra a visita de Jesus ao templo quando tinha doze anos. Ele havia se afastado dos seus pais que estavam aflitos. A aflição de um pai ou uma mãe só sabe quem vive esta situação maravilhosa e muitas vezes angustiante. Após a pergunta da sua mãe ele respondeu: ‘Por que vocês estavam me procurando? Não sabiam que eu devia estar na casa do meu Pai?
Jesus foi uma criança que mostrou saber o que ele devia fazer e acima de tudo já dizia que o templo era a casa do seu Pai, Deus. Muito tempo antes o salmista Davi destacou a importância da casa do Senhor para ele: ‘Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver. E na tua casa, ó Senhor, morarei todos os dias da minha vida’. (Salmo 23.6).
Outro destaque que precisa ser feito nesta porção é: ‘E a sua mãe guardava tudo isso no coração’. Quer saber detalhes da sua vida busque as memórias da sua mãe. Maria, vista por Deus como a agraciada, foi uma mãe extremosa. Deus nos ama e deseja que O busquemos em todas as situações. É bom lembrarmos que o Espírito Santo faz morada em todos que O buscam.
Léo Lima

quinta-feira, 30 de março de 2017

SIMPLESMENTE CRER

Então Jesus afirmou: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá. Você crê nisso”? (João 11.25).
Como é bom recordarmo-nos de mais esta promessa de Jesus! ‘Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto viverá’. Esta promessa é muito clara. É específica. Basta crer em Cristo para se ter a vida eterna. Vida além da morte.
O que Jesus quer dizer com estar morto? Acreditamos que é a pessoa que é morta nos seus pecados, e a partir do momento que estes pecados são perdoados por Jesus a vida dela se restaura para sempre. Se formos ler tudo sobre a ressurreição de Lázaro, o amigo de Jesus, que é a primeira parte deste capítulo de João, veremos que Jesus não só fez o milagre da ressurreição nele, mas nos ensinou que para termos a vida eterna é preciso ouvir e seguir a Jesus. Ir ao encontro de Jesus, mas acima de tudo, é crer que ele, Jesus Cristo, é a ressurreição e a vida como Ele mesmo falou. Jesus promete e cumpre.
É possível afirmar a partir do que sentimos quando entregamos nossa vida a Jesus que Ele nos salva. O que passamos a viver é algo muito difícil de ser explicado com palavras. Transcende a tudo que possamos dizer. Logo que ocorre a nossa entrega a Jesus, toda ansiedade, angustia, tristeza, perturbação que sentimos se transforma em bonança, paz e tranquilidade, pois Jesus toma todos estes sentimentos e nos transforma.
O peso do pecado foi retirado e o vazio antes existente é preenchido pelo Espírito Santo de Deus. Passamos a crer na vida eterna. Vida eterna com Deus. A morte física não nos atemoriza. E você, já crê que Jesus é a ressurreição e a vida? Crê que Ele pode lhe dar a vida eterna? Releia o texto acima. São palavras de Jesus. É simples. Crê somente.

Léo Lima

quarta-feira, 29 de março de 2017

LUZ DIVINA

Porém, se vivemos na luz, como Deus está na luz, então estamos unidos uns com os outros, e o sangue de Jesus, o seu Filho, nos limpa de todo pecado”. (I João 1.7).
O ato de levantarmos para andar, quase não percebemos, mas precisamos seguir alguns movimentos e tomar algumas decisões. Isto acontece, na maioria das vezes, de forma automática. Precisamos sentir nossos pés no chão, saber o que vamos fazer e ver que direção tomar para realizar o que pretendemos; e se isso ocorrer no escuro, aí sim, os cuidados precisam ser maiores. Somente quando estamos no escuro é que sentimos o quanto a luz é importante.
Às vezes nós estamos em um lugar bonito, até bem iluminado, mas estamos inquietos como se estivéssemos em uma noite escura. Se a decisão a tomar implica em que façamos algo que não está de acordo com nossos princípios, logo sentiremos como se uma densa noite estivesse se aproximando de nós. Mas se estivermos convictos de que o que vamos fazer é o correto diante de Deus, então, o dia parece lindo, com uma luz inigualável, mesmo que estejamos dentro de uma noite escura!
O apóstolo João, afirma em sua carta que, viver na luz, como Deus na luz está, estamos unidos uns aos outros e o temor daquilo que pode nos atacar, será visto como se bem ao longe. É preciso permitir que a luz de Jesus entre na nossa vida para que possamos viver em paz uns com os outros. A luz vem de Deus conforme Tiago: ‘Tudo de bom que recebemos e tudo o que é perfeito vêm do céu, vêm de Deus, o Criador das luzes do céu. Ele não muda, nem varia de posição, o que causaria a escuridão’. (Tiago 1.17).
Jesus oferece esta luz. Você deseja que, aonde você for, pode sentir que está prosseguindo guiado pela luz de Jesus, o Pai das luzes? Para que isso ocorra, basta crer que Ele é o Senhor, que Jesus é a luz! Então deixe que esta luz penetre em seu ser para sempre.

Léo Lima

terça-feira, 28 de março de 2017

MINHA FORTALEZA

Tu és a minha rocha e a minha fortaleza; guia-me e orienta-me como prometeste”. (Salmo 31.3).
Deus é nosso escudo. Um escudo é como uma fortaleza, isto é, um lugar seguro, que abriga seus moradores de ataques dos inimigos. Deus nos protege e defende nos momentos de dificuldade. Ele nos guarda de todos os lados, como uma fortaleza.
O salmista Davi declarou sobre isto. ‘Ó Senhor Deus, como eu te amo! Tu és a minha força. O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador. O meu Deus é uma rocha em que me escondo. Ele me protege como um escudo; ele é o meu abrigo, e com ele estou seguro’. (Salmo 18.1-2).
O apóstolo Paulo faz referência ao cuidado do Senhor para os que nele se abrigam. ‘É claro que somos humanos, mas não lutamos por motivos humanos. As armas que usamos na nossa luta não são do mundo; são armas poderosas de Deus, capazes de destruir fortalezas. E assim destruímos ideias falsas e também todo orgulho humano que não deixa que as pessoas conheçam a Deus. Dominamos todo pensamento humano e fazemos com que ele obedeça a Cristo’. (II Coríntios 10.3-5). Louvemos e adoremos ao Senhor. Vamos à luta.

Léo Lima

segunda-feira, 27 de março de 2017

OLHAR DIVINO

Aí o Senhor disse: – Você viu o meu servo Jó? No mundo inteiro não há ninguém tão bom e tão honesto como ele. Ele me teme e procura não fazer nada que seja errado. No entanto, você me convenceu, e eu o deixei desgraçar Jó, embora não houvesse motivo para isso. Mesmo assim, ele continua firme e sincero como sempre”. (Jó 2.3).
Nesta parte do diálogo entre Deus e Satanás o Senhor demonstra que Ele vê todas as nossas ações e reconhece quando procuramos fazer a vontade dele. Ele ainda mostra através do salmista que Sua atenção está em todos aqueles que buscam andar nos caminhos do Senhor. ‘Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que habitem comigo; o que anda em reto caminho, esse me servirá’. (Salmo 101.6).
Jesus disse que os olhos são a luz do nosso corpo e se tivermos um olhar de bondade teremos nosso corpo iluminado. ‘São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso’. (Mateus 6.22).
Deus que tudo vê mostra apreciar nossas atitudes leais e sinceras e nos aprova sempre, ‘O Senhor olha dos céus; vê todos os filhos dos homens; do lugar de sua morada, observa todos os moradores da terra, ele, que forma o coração de todos eles, que contempla todas as suas obras’. (Salmo 33.13-15). Que possamos estarmos atentos a vontade do Senhor que nos ama.

Léo Lima

domingo, 26 de março de 2017

ALEGRIA COM CRISTO

E, como estou certo disso, sei que ficarei com vocês. Sim, ficarei com todos vocês para ajudá-los a progredir e a ter alegria na fé”. (Filipenses 1.25).
Uma festa é sempre um ambiente alegre. É muito bom estarmos estre pessoas alegres. Não a alegria que soa falsa. Mas a alegria que irradia felicidade. Quando as crianças estão brincando, pulando é porque elas estão muito bem a partir de sua saúde. Mas o que pode ser ainda melhor é quando somos o motivo da alegria de alguém.
No texto acima quando o apóstolo Paulo fala da sua alegria e saúda os irmãos. Ele os lembra de que estão precisando se firmar cada vez mais no Senhor e nos seus ensinamentos. O desejo de Paulo e Timóteo é que os cristãos sejam muito felizes no Senhor.
O apóstolo, através desta carta mostra o grande amor que os une e por isso o cuidado para com a fé deles. Ele mencionou: ‘Não que tenhamos domínio sobre a vossa fé, mas porque somos cooperadores do vosso gozo’. (II Coríntios 1.24). A nossa preocupação, diz Paulo, é pura, o nosso interesse é que vocês continuem a glorificar a Deus por Jesus Cristo. Somos simplesmente cooperadores da vossa alegria. Como é bom sabermos que aqueles que nos amam se preocupam conosco, com nossa alegria, com nossa preocupação, com nossa tristeza, com nossas atitudes.
Paulo e Timóteo estavam sentindo alegria pela alegria dos crentes de Corinto. É uma das coisas que mais solidificam um relacionamento fraterno é o compartilhar. É o sentir com. É o sentir juntos. É o chorar pela dor do outro. É sentir alegria pela alegria daqueles que amamos!
Jesus, quando esteve neste mundo, sentiu as dores dos fracos, sentiu as dores dos que eram maltratados, sentiu as dores dos doentes, sentiu a alegria pelos seus amigos quando se alegravam. Jesus, hoje quer sentir tudo o que você sente. Ele deseja que você compartilhe com Ele tudo que passa em seu interior. Permita-lhe isto!

Léo Lima

sábado, 25 de março de 2017

ADOTADOS POR CRISTO

Lembrem do que as Escrituras Sagradas dizem a respeito de Abraão: - Ele creu em Deus, e por isso Deus o aceitou. Portanto, vocês devem saber que os verdadeiros descendentes de Abraão são os que têm fé”. (Gálatas 3.6-7).
O Senhor não rejeita ninguém por não terem o sangue de Abraão, ‘Pelo contrário, o verdadeiro judeu é aquele que é judeu por dentro, aquele que tem o coração circuncidado; e isso é uma coisa que o Espírito de Deus faz e que a lei escrita não pode fazer. E o louvor que essa pessoa recebe não vem de seres humanos, mas vem de Deus’. (Romanos 2.29). Sim, o Senhor rejeita todo aquele que ignora o convite divino para a salvação.
Sobre isso Jesus falou que todo aquele que O aceitar e obedecer os mandamentos do Senhor serão livres da escravidão do pecado. ‘Então Jesus disse para os que creram nele: – Se vocês continuarem a obedecer aos meus ensinamentos, serão, de fato, meus discípulos e conhecerão a verdade, e a verdade os libertará. Eles responderam: – Nós somos descendentes de Abraão e nunca fomos escravos de ninguém. Como é que você diz que ficaremos livres? Jesus disse a eles: – Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem peca é escravo do pecado. O escravo não fica sempre com a família, mas o filho sempre faz parte da família. Se o Filho os libertar, vocês serão, de fato, livres’. (João 8.31-36). Portanto, é somente através de Jesus Cristo que somos aceitos como filhos por Deus, o Pai.

Léo Lima

sexta-feira, 24 de março de 2017

ARREPENDIMENTO

Pense bem e tome juízo, povo sem-vergonha, antes que vocês sejam levados embora como a palha que desaparece num só dia; antes que a ira furiosa do Senhor Deus caia sobre vocês; antes que chegue o Dia da ira do Senhor. Voltem para Deus todos os humildes deste país, todos os que obedecem às leis de Deus. Façam o que é direito e sejam humildes. Talvez assim vocês escapem do castigo no Dia da ira do Senhor”. (Sofonias 2.1-3).
Estas são as palavras que o Senhor mandou Sofonias transmitir. Ela é um convite ao arrependimento. Estar arrependido é se sentir triste por causa da sua culpa e estar decidido a mudar de comportamento. Quem se arrepende abandona o pecado e reconhece que precisa de Jesus para ser salvo.
O verdadeiro arrependimento vem da convicção do pecado pelo Espírito Santo de Deus e leva a pessoa a mudar de vida, com o auxílio de Jesus. ‘Jesus respondeu: – Os que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim para chamar os bons, mas para chamar os pecadores, a fim de que se arrependam dos seus pecados’. (Lucas 5.31-32).
Deus está sempre pronto a perdoar todo aquele que O busca com sinceridade de coração. O apóstolo João disse: ‘Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade’. (I João 1.9). Portanto, conforme o texto inicial: ‘Voltem para Deus todos os humildes deste país, todos os que obedecem às leis de Deus. Façam o que é direito e sejam humildes’.

Léo Lima

quinta-feira, 23 de março de 2017

AMIGO PRECIOSO

Assim aconteceu o que as Escrituras Sagradas dizem: 'Abraão creu em Deus, e por causa da sua fé Deus o aceitou como justo,' e Deus o chamou de ‘meu amigo Abraão’”. (Tiago 2.23).
A amizade é um sentimento especial. Dela depende nossa boa vivência, mesmo que não possamos ter muitos amigos, pois o ser amigo requer entrega, fidelidade, companheirismo, cumplicidade, e isto é amor autêntico. Por esta razão que é muito difícil ser amigo. Abraão, ou Pai Abraão, conseguiu a menção de amigo de Deus por ter demonstrado, em algumas ocasiões, que acreditava em Deus de forma irrestrita. Ele creu que Deus cumpriria todas as promessas feitas a ele. Uma delas foi quando Deus pediu que ele sacrificasse seu único filho Isaque, como um culto de gratidão. E a Bíblia relata que ele foi e fez tudo que era preciso para este culto, inclusive colocou Isaque sobre o local onde deveria ser sacrificado. Deus vendo a fé de Abraão não permitiu o sacrifício e providenciou o animal para ser imolado! A fé de Abraão resultou em uma grande amizade! Deus é o maior amigo que alguém possa desejar!
Hoje, após a vinda de Jesus Cristo, sua morte e ressurreição temos à nossa disposição a justificação pela fé. É a fé daquele que acredita ser Jesus Cristo o remidor de todos os que nele confiam, e Jesus mesmo disse, como registra o evangelho de João capítulo 15 versículo 13: ‘O maior amor que alguém pode ter pelos seus amigos é dar a vida por eles’ e ainda o versículo 15: ‘Não chamo vocês de escravos porque o escravo não sabe o que o seu dono faz; mas chamo de amigos, pois tenho dito a vocês tudo o que ouvi do meu Pai’. Temos aí o registro fiel de algumas das palavras ditas por Jesus enquanto esteve neste mundo. São declarações de amor e de amizade.
Portanto, para que você seja um participante desta amizade inigualável, é necessário crer na salvação ofertada por Jesus. O Senhor está atento a você, para defendê-lo se for necessário. Para interceder por você junto a Deus Pai sempre que for preciso.
Abraão creu.  Sua fé proporcionou-lhe a menção honrosa de ‘Amigo de Deus’. Você tem em Jesus o amigo especial?

Léo Lima

quarta-feira, 22 de março de 2017

TEMPO CERTO

 A paciência é uma virtude que mora no coração de poucas pessoas, pois o ser humano tem pressa que as coisas aconteçam. Eu já fui assim! Mas com o passar do tempo, em cada dia que nascia, passei a exercitar e a cultivar esta virtude com muito carinho dentro de mim!
Procurando descobrir o que nasceu do coração do poeta nos versos 10 a 13 do capítulo 2, do livro Cântico dos cânticos sentimos, como já ouvimos alguém falar que, aí está registrada a passagem das quatro estações do ano. Como: eis que tudo já é passado, levanta e vem!” É como se dissesse:  ‘Nós já vivemos muito tempo longe um do outro agora urge que fiquemos juntos, que depois deste exercício de paciência possamos saborear a vida!’ Pois o texto diz: “O inverno se foi, ou os invernos se foram, aparecem as flores, eis que é primavera! A figueira já deu os seus figos, com a voz das rolas, eis o verão.  E as vides em flor exalam o seu aroma, é o outono!” 
Podemos fazer a comparação, de que eles já esperaram muito tempo, eis que é hora de viver, pois o tempo passa, mas ele ainda diz: ‘Conju­ro-vos ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e cervas do campo, que não acordeis nem desperteis o meu amor, até que queira’ deste texto podemos extrair várias conside­rações, como: (1) Ela entendia que ninguém deveria a­cordar o seu amado enquanto ele dormia um sono tranquilo, ou até que ele quisesse despertar; (2) que nada nem ninguém viessem perturbar o amor deles. Entretanto, gosto de traçar um paralelo com o texto em Eclesiastes 3:1-8, onde o sábio mostra que sempre há um tempo determinado por Deus para todas as coisas. Não acordeis, é o mesmo que, ainda não é o tempo certo!
É justamente sobre este exercício que estaremos pensando. É quase intolerável quando se trata de esperar o amor.  Existe para cada criatura neste mundo alguém que seria como esse despertar de um sonho, alguém que tem tudo que nosso coração anseia, e nada mais que aquele que nos completará. O despertar das nossas emoções, este que deverá ser como o descrito pelo poeta, deverá ser no tempo deter­minado por Deus. E, para cada propósito debaixo dos céus, é necessário estar atento, pode ser que o amor passe, e nem se perceba!
 ‘Quem observa o vento, nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.’ Eclesiastes 11:4. Preste atenção, sinta e VIVA!

Léo Lima

terça-feira, 21 de março de 2017

VIDA POR CRISTO

Então Jesus afirmou: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá. Você crê nisso”? (João 11.25).
Como é bom recordarmo-nos de mais esta promessa de Jesus! ‘Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto viverá’. Esta promessa é muito clara. É específica. Basta crer em Cristo para se ter a vida eterna. Vida além da morte.
O que Jesus quer dizer com estar morto? Cremos que a pessoa é morta nos pecados, e a partir do momento que estes pecados são perdoados por Jesus a vida dela se restaura para sempre. Se formos ler tudo sobre a ressurreição de Lázaro, o amigo de Jesus, que é a primeira parte deste capítulo de João, veremos que Jesus não só fez o milagre da ressurreição nele, mas nos ensinou que para termos a vida eterna é preciso ouvir e seguir a Jesus. Ir ao encontro de Jesus, mas acima de tudo, é crer que ele, Jesus Cristo, é a ressurreição e a vida como Ele mesmo falou. Jesus promete e cumpre.
O peso do pecado é retirado e o vazio antes existente é preenchido pelo Espírito Santo de Deus. Passamos a crer na vida eterna. Vida eterna com Deus. A morte física não nos atemoriza. E você, já crê que Jesus é a ressurreição e a vida? Crê que Ele pode lhe dar a vida eterna? Releia o texto acima. São palavras de Jesus. É simples. Crê somente.

Léo Lima

segunda-feira, 20 de março de 2017

ALEGRIA DO SENHOR

O Senhor teu Deus está no meio de ti, poderoso para te salvar; ele se deleitará em ti com alegria; renovar-te-á no seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo”. (Sofonias 3.17).
A tristeza penetra muitos corações e provoca um mal estar constante. A incerteza que este mundo oferece, o reino do inimigo está provocando a maldade de muitos, o que gera tristeza e mesmo medo até em pessoas otimistas. São várias as ocorrências que tem acelerado a prática do mal. Entretanto, as pessoas seguras da salvação por Jesus Cristo mostram, apesar de tudo, sua alegria no Senhor.
A promessa de Deus muito antes do Messias nascer foi que o SENHOR, Deus, está com vocês. Ele é poderoso e salvará o seu povo. Deus ficará contente com vocês e por causa do seu amor lhes dará nova vida. É essa a razão porque o coração do salvo se mantém alegre. Pois que esta promessa se cumpriu na sua totalidade após a morte do Senhor Jesus Cristo. Ter a certeza de que Deus está na vida de cada um dos que O amam é um vínculo harmonioso que Deus oferece aos que O aceitam como Senhor.
A alegria que o Senhor tem por seus filhos, aqueles que esperam Nele, é infinita. O Senhor renova as forças do cansado e o enche de seu amor. Como é bom pensarmos que somos motivo de alegria do Senhor! Tudo isto só é possível mediante a cruz de Cristo e a salvação que o profeta Sofonias antevia e que seria para os que viessem a crer no Nome do Senhor.
A nossa alegria precisa ser vista e conhecida por aqueles que ainda não usufruem deste prazer no Senhor e na sua lei. O nosso chorar precisa ser por percebermos as muitas vidas sofrerem distantes da alegria do Senhor.
Que a nossa alegria se una à alegria de Deus por vidas salvas.

Léo Lima

domingo, 19 de março de 2017

CAMINHO DA VIDA

Diz-lhe Jesus: Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim.” (João 14.6).
Esta é uma verdade incontestável aos que creem em Cristo. Ele é o caminho. Os discípulos de Jesus tiveram muitos privilégios, especialmente, o de conviver com Cristo, ouvir de seus lábios as maravilhosas mensagens que temos hoje através da Palavra de Deus. Eles receberam lições de como agir. Deu-lhes poder, ensinou as coisas referentes ao Pai e à vida espiritual. Jesus, o Mestre maior.
Em uma das conversas, Jesus disse da sua saída deste mundo e afirmou que eles sabiam para onde iria e qual seria o caminho. Entretanto, Tomé afirma que eles não sabiam para onde deveriam ir, logo, como conhecer o caminho?
Muitas vezes, ainda hoje agimos da mesma maneira que Tomé, quando deixamos de percorrer o único caminho que leva ao céu. E, então, pegamos um atalho que nada mais é que as dúvidas que existem em nós, e sentimos que tudo está errado. Jesus afirmou, com muita clareza, que Ele é o único caminho e que ninguém chegará ao Pai a não ser através dEle.
Eu sou o caminho. Esta verdade nos impulsiona a irmos na direção certa e nos motiva a uma vida de plena comunhão com Deus, pois ao percorrer o caminho que é Jesus Cristo, iremos suavemente até o céu. Se crermos logo teremos um lindo caminho a percorrer. Caminho da Verdade! Caminho da Vida! Eis a solução para todas as inquietações que possam afligir o coração de cada um. Jesus Cristo, o caminho para a vida eterna!
Esta é a oportunidade que Cristo está lhe dando.

Léo Lima

sábado, 18 de março de 2017

VERDADE

Os homens maus e sem valor vivem dizendo mentiras. Piscam e fazem gestos para enganar os outros. As suas mentes perversas estão sempre planejando o mal, e eles espalham confusão por toda parte. Por isso a desgraça cairá de repente sobre eles, e não poderão escapar”. (Provérbios 6.12-15).
Desde que uma criança começa a falar ela é ensinada a sempre dizer a verdade. A Palavra de Deus faz a mesma coisa. Ensinar a falar sempre a verdade é a prática que devemos ter. Quando pensamos em ensinar devemos colocar a verdade em primeiro lugar.
Se colocarmos em prática na nossa vida a verdade logo estamos ensinando com a forma que procedemos, mas se ao contrário deixamos de usar dela logo os que nos cercam verão que não estamos praticando o que ensinamos. A partir daí nossa verdade torna-se uma mentira.
Que possamos colocar em prática os ensinos da Palavra de Deus, pois que Jesus mesmo disse: ‘Seja o vosso falar sim, sim; não, não. O que passar disso é de procedência maligna’. (Mateus 5.37). Que possamos colocar em prática estas palavras de Jesus.

Léo Lima

sexta-feira, 17 de março de 2017

NO PRINCÍPIO - O PERDÃO

E o Senhor deu ao homem a seguinte ordem: – Você pode comer as frutas de qualquer árvore do jardim, menos da árvore que dá o conhecimento do bem e do mal. Não coma a fruta dessa árvore; pois, no dia em que você a comer, certamente morrerá”. (Gênesis 2.16-17).
Podemos refletir sobre estas recomendações do Criador logo depois de dizer o que eles poderiam comer. Aqui Ele deu liberdade a que o homem escolhesse qualquer fruta. Somente uma Ele proibiu que ele comesse. Não somente proibiu, mas disse qual seria a pena que tal desobediência acarretaria. - Morte.
Não gostamos de pensar na morte em nenhuma situação. Entretanto, é possível pensarmos em duas situações que esta palavra se aplica aqui. Morte física, visto que o homem foi criado para viver eternamente com Deus. E morte na intimidade que havia sido construída por Deus com o seu humano. As duas situações são assustadoras.
Continuando a leitura de Gênesis é possível constatar que havia intimidade entre Deus e Adão. ‘Naquele dia, quando soprava o vento suave da tarde, o homem e a sua mulher ouviram a voz do Senhor Deus, que estava passeando pelo jardim. Então se esconderam dele, no meio das árvores. Mas o Senhor Deus chamou o homem e perguntou: – Onde é que você está? O homem respondeu: – Eu ouvi a tua voz, quando estavas passeando pelo jardim, e fiquei com medo porque estava nu. Por isso me escondi’. (Gênesis 3.8-10).
Esta é uma das piores mortes. Perder um relacionamento tão especial. É claro que o Senhor sempre esteve pronto a perdoar. Portanto, se nos distanciarmos Dele por qualquer pecado Ele está pronto para nos perdoar, especialmente depois de cumprir sua promessa de salvação.

Léo Lima