COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

terça-feira, 28 de março de 2017

MINHA FORTALEZA

Tu és a minha rocha e a minha fortaleza; guia-me e orienta-me como prometeste”. (Salmo 31.3).
Deus é nosso escudo. Um escudo é como uma fortaleza, isto é, um lugar seguro, que abriga seus moradores de ataques dos inimigos. Deus nos protege e defende nos momentos de dificuldade. Ele nos guarda de todos os lados, como uma fortaleza.
O salmista Davi declarou sobre isto. ‘Ó Senhor Deus, como eu te amo! Tu és a minha força. O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador. O meu Deus é uma rocha em que me escondo. Ele me protege como um escudo; ele é o meu abrigo, e com ele estou seguro’. (Salmo 18.1-2).
O apóstolo Paulo faz referência ao cuidado do Senhor para os que nele se abrigam. ‘É claro que somos humanos, mas não lutamos por motivos humanos. As armas que usamos na nossa luta não são do mundo; são armas poderosas de Deus, capazes de destruir fortalezas. E assim destruímos ideias falsas e também todo orgulho humano que não deixa que as pessoas conheçam a Deus. Dominamos todo pensamento humano e fazemos com que ele obedeça a Cristo’. (II Coríntios 10.3-5). Louvemos e adoremos ao Senhor. Vamos à luta.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário