COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

CONVERSANDO

Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (João 16.33).
É sabido que Deus conversava com Adão desde o princípio e era uma conversa entre amigos. (Gênesis 3.8-11). Sabemos também, que este diálogo foi cortado porque houve desobediência por parte do homem, Adão e Eva. No texto acima vemos as palavras de Jesus para os seus discípulos. Ele conversava com os seus seguidores como com amigos.
Precisamos ter pessoas com quem conversar. Esta é uma necessidade natural para que haja harmonia entre as pessoas. São muitas as coisas necessárias a cada ser humano e o diálogo é uma delas.
Na conversa que Jesus teve com seus discípulos, Ele mostrava como deveria ser a vida deles após a sua morte. Esta era uma conversa de despedida. Muitos foram os conselhos que Jesus deixou para os seus seguidores. Dizia como as conversas seriam para ficar na lembrança após a sua ida para Deus e que cada um poderia fazer pedidos a Deus, se fosse feito em nome dele, Jesus. Que promessa! Tudo de mal que pudesse acontecer, mesmo assim, em Jesus, eles teriam paz. Que tranquilidade o Mestre estava colocando naqueles corações que ficariam angustiados nas muitas situações que enfrentariam após a ida de Jesus para os céus. 
A realidade deste mundo é esta: muita aflição. Mas se estivermos firmados em Cristo Jesus, desfrutaremos de muita paz. Foi o que Ele prometeu e todo aquele que se aproxima Dele aceitando o perdão que somente Jesus pode dar, esse vive em paz. 
Esta conversa com Jesus infundiu profunda paz nos seus seguidores e continua a dar este mesmo sentimento a todos os que buscam no Senhor a esperança que se renova a cada dia. Jesus prometeu e dá a paz. Ele prometeu que poderíamos conversar com Deus Pai e que nos atenderia se oramos em Seu nome. 
Ainda hoje estas palavras de Jesus soam com a mesma intensidade, com o mesmo realismo. Podemos desfrutar desta promessa feita pelo Senhor aos seus amigos diletos. 
Jesus deseja ser seu amigo e conversar com você.

Léo Lima

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

CUIDADO DIVINO

Como um pastor cuida do seu rebanho, assim o Eterno cuidará do seu povo; ele juntará os carneirinhos e os carregará no colo e guiará com carinho as ovelhas que estão amamentando”. (Isaías 40.11).
Existem várias designações para a palavra pastor. Entretanto, vamos nos deter no Pastor, Jesus Cristo. Ele prometeu que cuidaria do seu rebanho em todos os momentos.  Jesus sabia que cada criatura passaria por aflições em seu viver. Justamente por Ele ter vivido entre os homens, e como homem passou por muitas dificuldades. Jesus sabe que o maior inimigo das pessoas está sempre disposto a trabalhar, sem se cansar.
O profeta Isaías fala deste Eterno pastor que chegaria até a carregar nos braços as suas ovelhas, aquelas pessoas que nele confiariam. O salmista Davi, no Salmo 23 quando fala deste pastor que já o guiava, disse que ‘nada me faltará’. Sobre este mesmo pastor de quem Isaías fala Davi também diz: ‘Ele guiará mansamente por águas tranquilas’. Esta expressão soa-nos como promessa, pois Jesus mesmo afirmou: ‘Eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos’. Neste mundo cheio de dificuldades, de desafios, de tribulações, podemos contar com esta certeza de Davi e a profecia de Isaías que se cumpriu com a vinda de Jesus e esta sua última promessa antes de ir para Deus, é a melhor e mais singular esperança com que o ser humano pode contar.
Ter esta certeza de que se tem o divino Pastor a nos guardar e guiar, é algo muito especial para aqueles que assim confiam e vivem, pois já desfrutam deste cuidado dia-a-dia.  E justamente a tranquilidade que se desfruta é superior a todas as sensações que possamos desejar, pois ‘mesmo que eu andasse pelo vale da sombra da morte não temeria mal algum, porque Tu estás comigo’. Estas  são  palavras  de  Davi quando  fala da proteção deste Pastor que é único. Ele deseja ser seu guia também.

Léo Lima

domingo, 29 de janeiro de 2017

SERVO DO SENHOR

O Deus Eterno abençoou muito o meu patrão, e ele ficou rico. O Eterno lhe deu rebanhos de ovelhas e cabras, gado, prata, ouro, escravos e escravas, camelos e jumentos”(Gênesis 24.35).
Existem muitas pessoas que trabalham nas casas como domésticas, jardineiros, entre outras coisas. Mas o que temos no texto é algo de extraordinário, pois esse servo que admirava o seu patrão, estava a seu serviço, em uma missão especial, buscava aquela que seria a esposa de Isaque, o filho do seu patrão.
Abraão tinha alguns servos e todos lhe dedicavam total submissão; isto, em amor. O servo era tão devotado que mostrava em palavras e atitudes o respeito que sentia por Abraão.  Ele procurava cumprir sua missão de tal maneira, que empregava os métodos de seu senhor, como quem aprendera a buscar em Deus, o que precisava. Vemos nas palavras dele o que havia aprendido, pois a expressão: ‘O Deus Eterno abençoou muito  o  meu patrão’, demonstra que ele  acreditava que Deus abençoa aquele que lhe é fiel.
Como é bonita uma vida temente a Deus! Aquele que é conhecido por seu Senhor! Abraão, o amigo de Deus, deixou muitos exemplos, por sua fidelidade, sua fé,  sua total dedicação ao Pai!
Na Bíblia traduzida por João Ferreira de Almeida, o mesmo texto inicia assim: ‘E o Senhor abençoou muito o meu senhor’. Deus era conhecido por aquele servo como, o Senhor do  meu senhor.  Esta é uma referência que vale a pena ter. Ter como Senhor alguém que é abençoado por nosso Deus, é mais que qualquer outro anseio que se possa ter.
E você, já conhece este Senhor? Imagina como é ter Deus como Senhor de sua vida? Ele quer abençoar muito a sua vida, basta que você o deseje e busque a Deus que está somente aguardando por você.

Léo Lima

sábado, 28 de janeiro de 2017

CAMINHO DIVINO

Felizes são aqueles que de ti recebem forças e que desejam andar pelas estradas que levam ao monte Sião! Quando eles passam pelo Vale das Lágrimas, ele fica cheio de fontes de água, e as primeiras chuvas o cobrem de bênçãos. Enquanto vão indo, a força deles vai aumentando; eles verão o Deus dos deuses em Sião”. (Salmo 84.5-7).
Após reconhecer que a melhor coisa é estar na presença do Senhor o salmista declara que são felizes as pessoas que recebem alento de Deus para seguir na caminhada da vida. ‘Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá’. (Salmo 1.6). Sim. O Senhor conhece e livra os seus seguidores das artimanhas do inimigo.
Desta forma o ser humano precisa estar atento ao fazer suas escolhas, mas se está firmado no Senhor Ele vai dirigir-lhe os passos. ‘O coração do homem considera o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos’. (Provérbios 16.9).
O Senhor Jesus afirmou que: ‘Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim’. (João 14.6). Portanto, Jesus é a porta que nos leva para Deus. O caminho de Deus é o caminho do bem, da justiça, do amor, da fidelidade e do perdão. Quem abraça o caminho de Deus encontra vida eterna e adquire sabedoria.

Léo Lima

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

ADORAÇÃO E LOUVOR

Louvem o Senhor, o Deus de Israel, pois é ele quem faz essas coisas maravilhosas. Louvem para sempre o seu nome glorioso, e que a sua glória encha o mundo inteiro! Amém! Amém! Aqui terminam as orações de Davi, filho de Jessé”. (Salmo 72.18-20).
Devemos louvar a Deus porque Ele merece. O louvor do nosso ser não pode estar sujeito às nossas emoções, visto que os nossos sentimentos variam muito, entretanto Deus é sempre igual. O texto inicial é o final da oração do rei Davi por seu filho. Nela ele pede para julgar com justiça e termina aconselhando a que seja o louvor a Deus a principal atitude de uma pessoa.
Moisés chamou a atenção do povo no deserto para que entendessem que somente o Senhor é digno de todo louvor e adoração. ‘Louvem a Deus; ele é o nosso Deus. Vocês viram com os seus próprios olhos as grandes e espantosas coisas que Deus fez em favor de vocês’. (Deuteronômio 10.21).
Em Hebreus o convite à adoração e louvor todas as vezes que nossos lábios confessam que cremos em Jesus Cristo e temos fé nenê. ‘Por isso, por meio de Jesus Cristo, ofereçamos sempre louvor a Deus. Esse louvor é o sacrifício que apresentamos, a oferta que é dada por lábios que confessam a sua fé nele’. (Hebreus 13.15).

Léo Lima

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

AGRADANDO A DEUS

Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia, pois em ti procuro segurança! Na sombra das tuas asas eu encontro proteção até que passe o perigo. Eu chamo o Deus Altíssimo; eu chamo a Deus, que me ajuda em tudo. Do céu, ele me responderá e me salvará; ele derrotará os que me atacam. Deus me mostrará o seu amor e a sua fidelidade”. (Salmo 57.1-3).
Davi que se encontrava em situação de angústia e medo faz sua oração firmado na sua fé em Deus. ‘Eu chamo o Deus Altíssimo; eu chamo a Deus, que me ajuda em tudo’. Ele mostra confiança de que o Senhor não vai faltar neste momento difícil.
O apóstolo Tiago escreveu como deve ser feita a oração que agrada a Deus. ‘Mas, se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos. Porém peçam com fé e não duvidem de modo nenhum, pois quem duvida é como as ondas do mar, que o vento leva de um lado para o outro’. (Tiago 1.5-6).
Jesus ensinou aos seus seguidores que o que eles deveriam cultivar era a fé que abriria as portas para o crescimento espiritual de cada um. ‘Jesus respondeu: – Tenham fé em Deus. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: vocês poderão dizer a este monte: -Levante-se e jogue-se no mar.- Se não duvidarem no seu coração, mas crerem que vai acontecer o que disseram, então isso será feito’. (Marcos 11.22-23). Portanto, a fé é a base para a oração. ‘Sem fé é impossível agradar a Deus’.

Léo Lima

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

ABENÇOANDO

O Senhor Deus disse a Moisés: – Fale com Arão e com os seus filhos e diga-lhes que abençoem o povo de Israel do seguinte modo: - Que o Senhor os abençoe e os guarde; que o Senhor os trate com bondade e misericórdia; que o Senhor olhe para vocês com amor e lhes dê a paz.” (Números 6.22-26).
Deus nos convida para abençoar outras pessoas. Aquele que abençoa alguém está desejando seu bem. Podemos abençoar as pessoas de muitas maneiras como: com palavras boas, amparando aos necessitados, sendo amigo... Entretanto, a maior bênção que podemos oferecer é a informação sobre Jesus Cristo.
Como podemos ver podemos abençoar as pessoas de várias maneiras. O apóstolo Pedro disse que: ‘Não paguem mal com mal, nem ofensa com ofensa. Pelo contrário, paguem a ofensa com uma bênção porque, quando Deus os chamou, ele prometeu dar uma bênção a vocês’. (I Pedro 3.9).
Desta forma é possível entender que para podermos abençoar alguém precisamos viver unidos ao Espírito Santo de Deus. ‘Mas o Espírito de Deus produz o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade, a humildade e o domínio próprio. E contra essas coisas não existe lei’. (Gálatas 5.22-23).

Léo Lima

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

FÉ QUE ALEGRA

Então Ana orou assim: - O Senhor Deus encheu o meu coração de alegria; por causa do que ele fez, eu ando de cabeça erguida. Estou rindo dos meus inimigos e me sinto feliz, pois Deus me ajudou. Ninguém é santo como o Senhor; não existe outro deus além dele, e não há nenhum protetor como o nosso Deus”. (I Samuel 2,1-2).
Ana estava em oração de profunda gratidão a Deus. Ela voltava após ter clamado ao Senhor por um filho que ela não cabia em si de tanta alegria. Seu marido Elcana pensava como ela. Precisavam agradecer e cumprir os votos feitos ao Senhor. Deus operou muitos milagres que a Bíblia narra. Desta feita foi atender a oração de uma mulher que cria no Senhor.
Quando uma pessoa crê, Deus usa sua fé para mudar sua vida fazendo milagres! A fé nos faz filhos de Deus e nos dá força para fazer o impossível, pelo poder de Deus. ‘E Abraão creu no Senhor, e foi-lhe imputado isto por justiça’. (Gênesis 15.6). Este patriarca foi grandemente abençoado por Deus, pois ele acreditou nas promessas do Senhor.
Quando cremos nas promessas estamos mostrando nossa fé no Senhor e a Palavra de Deus diz que: ‘Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam’. (Hebreus 11.6). Que nossa vida seja vivida com fé que agrada a Deus.

Léo Lima

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

NOME DE VALOR

Nunca mais apareceu em Israel um profeta como Moisés, com quem o Senhor falava face a face. Nunca houve ninguém que fizesse maravilhas e milagres como aqueles que Moisés, obedecendo à ordem do Senhor, fez no Egito contra o seu rei, os seus oficiais e todo o seu povo. Nunca houve outro profeta que fizesse os milagres e as coisas espantosas que Moisés fez com grande poder na presença do povo de Israel”. (Deuteronômio 34.10-112).
Quais seriam as palavras que alguém escreveria sobre você após sua morte? O escritor desta porção mostra que o legado de Moisés é algo inesquecível. No texto o seu nome foi repetido três vezes. Primeiro sua atuação como profeta de Deus. Depois o único que falou com Deus face a face. Foi a pessoa que realizou maravilhas mediante sua obediência ao Senhor.
A obediência está absolutamente relacionada com o amor. Se amamos ao Senhor, obedecemos os Seus mandamentos. Ele mesmo disse que todos os que Lhe obedecessem viveriam bem. ‘Como seria bom se eles sempre pensassem assim, e me respeitassem, e sempre obedecessem a todos os meus mandamentos! Assim tudo daria certo para eles e para os seus descendentes para sempre’. (Deuteronômio 5.29).
O sucessor de Moisés, no início da sua liderança, ouviu do Senhor estas palavras: ‘Fale sempre do que está escrito no Livro da Lei. Estude esse livro dia e noite e se esforce para viver de acordo com tudo o que está escrito nele’. (Josué 1.8). Que o meu e o seu nome sejam alvos de observações preciosas por sempre fazermos a vontade de Deus.

Léo Lima

domingo, 22 de janeiro de 2017

AMOR INIGUALÁVEL

Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra, e caindo a árvore para o sul, ou para o norte, no lugar em que a árvore cair ali ficará”. (Eclesiastes 11.3).
Quando percebemos densas nuvens no céu podemos aguardar a chuva. Ela deverá cair e não é só isso, ela cai e é vital para a vida. Ela distribui a vida por onde chega proporcionando alegria em tudo que toca. A não ser uma tempestade que causa destruições. E como isto nos assusta!
 Entretanto, se uma árvore cai e não for retirada por alguém, ela ficará no mesmo lugar e não terá nenhum valor. Assim, no nosso viver precisamos, como a água, ir alegrando os lugares por onde passamos. Precisamos regar as vidas que estão próximas a nós. Precisamos dar a mão ao que sofre. Pão ao que tem fome. Água ao que tem sede. Amor aos que seguem aflitos e desamparados. Precisamos, como a água, ajudar aos que nos rodeiam. Se alguém cair vamos mostrar que o amor de Jesus levanta e transforma pois ‘Quando as nuvens estão cheias, derramam aguaceiro sobre a terra; e se cai uma árvore para o sul ou para o norte, no lugar em que ela cair, ficará’. É preciso que sejamos como a chuva que anima e refresca tudo ao seu redor produzindo alegria de viver. Temos tudo para fazer isto, pois Jesus quando transformou nosso viver. Ele deu-nos em abundância a água viva. Portanto, é preciso que saiamos e compartilhemos desta água que dá nova vida ao que tem sede de salvação. É nossa responsabilidade distribuirmos desta água viva.
E você, conhece esta água viva? Se ainda não, este é o momento para deixar que ela inunde seu ser para sentir que jamais você terá sede de paz, sede de alegria, sede de justiça, pois Deus, em sua infinita misericórdia está pronto para dar-lhe o perdão e vida eterna. 
Jesus ama você!

Léo Lima

sábado, 21 de janeiro de 2017

SEM SOBERBA

Está bem: pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé; então não te ensoberbeças, mas teme”. (Romanos 11.20).
A soberba, conforme o dicionário, quer dizer: altivez, arrogância, orgulho, presunção. Ela geralmente se infiltra no coração do homem que deixa escapar todas as oportunidades de ser humilde. Quando acontece de o progresso chegar na vida de uma pessoa, seja em que aspecto for, a soberba faz-lhe uma visita e, às vezes, pode até fixar residência em seu ser. Isto pode acontecer no âmbito espiritual também.
Algumas pessoas quando sentem que estão obtendo maior comunhão com Deus, ficam cheias de si, e acabam se esquecendo das palavras que a Bíblia nos fala: ‘Aquele, pois que cuida estar em pé, olhe não caia’. (I Coríntios 10.12). Um dos maiores perigos que alguém pode passar é o orgulho e a soberba.
Os judeus, que eram o povo de Deus, perderam alguns privilégios e muitos dos que eram tidos como gentios, os povos que eram de outras nacionalidades, receberam a grata alegria de serem feitos filhos de Deus através de Jesus Cristo. Muitos dos judeus não creram no Messias, e nós que temos crido procuramos nos manter firmes.
Entretanto, a recomendação de Paulo pode nos influenciar: ‘Está bem: pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé; então não te ensoberbeças, mas teme’. ‘Não te dês a vãs glórias’, continua a aconselhar o apóstolo Paulo. E é isto que estamos refletindo e que nos leva a pensar no perigo que corremos por esquecermos o temor do Senhor, o respeito que devemos ter a Deus, o Pai. E, quem sabe, algumas vezes sentimo-nos vaidosos por estarmos firmes. Cuidado! Quem está em pé, olhe que não caia.
Estamos em pé somente pela misericórdia de Deus! 

Léo Lima

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

AGRADANDO A DEUS

A fé é a certeza de que vamos receber as coisas que esperamos e a prova de que existem coisas que não podemos ver. Foi pela fé que as pessoas do passado conseguiram a aprovação de Deus. É pela fé que entendemos que o Universo foi criado pela palavra de Deus e que aquilo que pode ser visto foi feito daquilo que não se vê”. (Hebreus 11.1-3).
O texto inicial mostra a importância da fé na vida de cada um. Ela nos convence de todas as coisas que Deus fez para nós. Podemos indagar: Como ter fé? O apóstolo Paulo responde: ‘Portanto, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem vem por meio da pregação a respeito de Cristo’. (Romanos 10.17).
O mesmo escritor do texto inicial disse que não se agrada a Deus sem fé. Para crermos na existência de divina ela é fundamental. ‘Sem fé ninguém pode agradar a Deus, porque quem vai a ele precisa crer que ele existe e que recompensa os que procuram conhecê-lo melhor’. (Hebreus 11.6).
Entretanto, o mesmo apóstolo Paulo fez um alerta aos cristãos de Corinto: ‘Estejam alertas, fiquem firmes na fé, sejam corajosos, sejam fortes’. (I Coríntios 16.13). Portanto, é necessário estarmos vigilantes e firmes no Senhor para que possamos viver a fé que vamos adquirindo a cada dia na Palavra de Deus.

Léo Lima

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

AMOR ENRAIZADO

A sabedoria pode fazer mais por uma pessoa do que dez prefeitos juntos podem fazer por uma cidade. Não existe no mundo ninguém que faça sempre o que é direito e que nunca erre”. (Eclesiastes 7.19-20).
Diz um ditado que ‘Errar é humano’. Mas quando fomos criados Deus nos fez sem pecado. Jesus em seu ministério mostrou que não somos melhores que os outros, mas que a humildade deve ser uma virtude que devemos cultivar.  ‘Propôs também esta parábola a alguns que confiavam em si mesmos, por se considerarem justos, e desprezavam os outros’. (Lucas 18.9). Na parábola ele menciona duas pessoas que oravam uma se enaltecia e a outra pedia perdão por se considerar pecador.
O amor e a misericórdia devem coexistir em nós. O amor deve ser a tônica dos nossos atos e palavras. Se nós sairmos de nós mesmos e intercedermos por aquelas pessoas que estão distantes do Senhor estaremos fazendo aquilo que Deus deseja que façamos. Somente o amor divino pode fazer com que amemos uns aos outros.
A prática do amor e da misericórdia é o sacrifício que de fato agrada a Deus. Jesus nos convida à prática da perfeição. Entretanto, se não podemos viver sem falhar é preciso tentar. Nós erramos, mas devemos procurar acertar. Não existe nem um só justo, mas é necessário buscar a justiça. Somente a transformação operada por Jesus pode fazer com que nossos atos sejam de amor e de misericórdia.
Léo Lima

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

DEFENSOR FIEL

Deus me protege como um escudo; ele salva os que são honestos de verdade. Deus é um juiz justo; todos os dias ele condena os maus. Se eles não se arrependerem, Deus afiará a sua espada. Ele já armou o seu arco para disparar flechas. Ele pega as suas armas mortais e atira as suas flechas de fogo”. (Salmo 7.10-13).
O salmista exalta o cuidado divino para com ele. Jesus veio para que fôssemos salvos e mais que isto, Ele é o nosso defensor conforme afirma João: ‘Meus filhinhos, escrevo isso a vocês para que não pequem. Porém, se alguém pecar, temos Jesus Cristo, que faz o que é correto; ele nos defende diante do Pai’. (I João 2.1).
Sim. Esta é uma das vitórias que todo salvo tem: Jesus como advogado de defesa. ‘Pois Deus mandou o seu Filho para salvar o mundo e não para julgá-lo. – Aquele que crê no Filho não é julgado; mas quem não crê já está julgado porque não crê no Filho único de Deus’. (João 3.17-18).
E não somente isto, mas já estava registrado desde o profeta Isaías quando Deus prometeu a vitória em cada situação. ‘Mas nenhuma arma poderá derrotar você, e, se alguém for ao tribunal para acusá-la, você não será condenada. O que eu faço pelos meus servos é isto: eu lhes dou a vitória. O Senhor falou’. (Isaías 54.17). Temos a vitória em Cristo Jesus nosso defensor.

Léo Lima

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

EM ADORAÇÃO

Ó Deus, tu és o meu Deus; procuro estar na tua presença. Todo o meu ser deseja estar contigo; eu tenho sede de ti como uma terra cansada, seca e sem água. Quero ver-te no Templo; quero ver como és poderoso e glorioso. O teu amor é melhor do que a própria vida, e por isso eu te louvarei. Enquanto viver, falarei da tua bondade e levantarei as mãos a ti em oração”. (Salmo 63.1-4).
A oração é uma das principais formas de desenvolvermos nossa intimidade com o Senhor. A oração de uma pessoa que busca no Pai a santificação é poderosa e eficaz, e ela é um dos principais recursos de todo aquele que crê.
Paulo sempre buscava ao Senhor e desta feita ele ouviu a resposta inesperada. ‘Três vezes orei ao Senhor, pedindo que ele me tirasse esse sofrimento. Mas ele me respondeu: - A minha graça é tudo o que você precisa, pois o meu poder é mais forte quando você está fraco. Portanto, eu me sinto muito feliz em me gabar das minhas fraquezas, para que assim a proteção do poder de Cristo esteja comigo’. (II Coríntios 12.8-9).
Ele mesmo recomendou ao seu aluno Timóteo a necessidade da oração. ‘Quero que em todos os lugares os homens orem, homens dedicados a Deus; e que, ao orarem, eles levantem as mãos, sem ódio e sem brigas’. (I Timóteo 2.8). No texto inicial o salmista prometeu louvar a Deus em oração e levantar as mãos em adoração ao Todo Poderoso.

Léo Lima