COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

AGRADANDO A DEUS

Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia, pois em ti procuro segurança! Na sombra das tuas asas eu encontro proteção até que passe o perigo. Eu chamo o Deus Altíssimo; eu chamo a Deus, que me ajuda em tudo. Do céu, ele me responderá e me salvará; ele derrotará os que me atacam. Deus me mostrará o seu amor e a sua fidelidade”. (Salmo 57.1-3).
Davi que se encontrava em situação de angústia e medo faz sua oração firmado na sua fé em Deus. ‘Eu chamo o Deus Altíssimo; eu chamo a Deus, que me ajuda em tudo’. Ele mostra confiança de que o Senhor não vai faltar neste momento difícil.
O apóstolo Tiago escreveu como deve ser feita a oração que agrada a Deus. ‘Mas, se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos. Porém peçam com fé e não duvidem de modo nenhum, pois quem duvida é como as ondas do mar, que o vento leva de um lado para o outro’. (Tiago 1.5-6).
Jesus ensinou aos seus seguidores que o que eles deveriam cultivar era a fé que abriria as portas para o crescimento espiritual de cada um. ‘Jesus respondeu: – Tenham fé em Deus. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: vocês poderão dizer a este monte: -Levante-se e jogue-se no mar.- Se não duvidarem no seu coração, mas crerem que vai acontecer o que disseram, então isso será feito’. (Marcos 11.22-23). Portanto, a fé é a base para a oração. ‘Sem fé é impossível agradar a Deus’.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário