COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quinta-feira, 13 de abril de 2017

MOMENTOS FINAIS

Compartilho hoje uma das poesias do meu livro 'Vê'. O meu desejo é que este seja mais um dia de reflexão na presença do Senhor e que tenhamos a alegria de viver na presença do Rei. Quinta feira chamada santa que lembra o trajeto que o Senhor percorreu nos últimos momentos entre os seus escolhidos. Uma recordação para todos.
PERDOA-LHES SENHOR
Quando terminou a oração estava cansado, mas calmo. Pois, Ele passou por grande aflição, No jardim andou, palmo a palmo.
De repente uma turba feroz veio barrar-lhe o caminho. E Judas seria o algoz na morte de cruz e espinho!
Foi cruel Seu julgamento! E Ele calado aceitando tudo...
Foi bem longo Seu tormento, mas continuou sempre mudo...
Quando já na cruz o Pai mostrou Sua glória no firmamento,
Saiu uma súplica, um ai somente por um momento.
Foi escarnecido, injuriado, foi cuspido, foi tudo horror!
Mas enquanto era maltratado dizia: "Perdoa-lhes, Senhor!"
Diante do quadro trágico é como se o visse agora
Naquela rude cruz, estático, interceder por mim nesta hora!
Por que recusas tanto amor? Por que, é tudo gratuito?
Não vês o que sofreu Senhor somente por um intuito?
É o de em Seu reino ver-te como Deus o imaginou e no jardim Ele ter-te, Jardim que Ele mesmo criou!

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário