COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quarta-feira, 5 de abril de 2017

ÁGUA QUE VIVIFICA

“Afirmou-lhe Jesus: Quem beber desta água tornará a ter sede; aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna”. (João 4.14,14).
A chuva é uma grande bênção divina. O sol arde por sobre as nuvens, em terra o mormaço aumenta no apogeu do dia.  Louvado seja Deus, pois temos a promessa que o nosso Mestre amado nos deixou ao conversar com a mulher samaritana.
Vemos então que o poeta escreveu uma poesia maravilhosa e fez o seu refrão afirmar que as águas de março fechariam o verão e, seria a promessa de vida para o coração daquela pessoa que o inspirou. Promessa de vida é o que todos nós buscamos ansiosamente. Uma vida mais longa, pois a cada ano os sinais do tempo marcam o nosso corpo.
Mas as águas de março lembram que o fim da estação do sol, dos dias mais longos, do brilho ardente do dia, chegou. Chegou para receber outra época em que temos frutos mais saborosos. O outono. Que também nos mostra flores de coloração inigualável.
Em se tratando de verão ele lembra a força e é a força vital que buscamos. Entretanto, Jesus ao conversar com a samaritana, no texto acima faz referência à água que somente Ele pode dar: Água para a vida eterna! Ao se pensar nesta promessa de Jesus não é possível imaginar outra possibilidade de vida. Promessa de Vida Eterna, não só isso, mas Vida Eterna com Deus.
Que Nosso Pai celestial esteja abençoando sua vida a cada momento. Primavera, verão, outono ou inverno. Só a presença divina é promessa de vida.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário