COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

UNIÃO DE AMOR

Vocês ouviram o que foi dito: - Ame os seus amigos e odeie os seus inimigos. Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu. Porque ele faz com que o sol brilhe sobre os bons e sobre os maus e dá chuvas tanto para os que fazem o bem como para os que fazem o mal”. (Mateus 5.43-45).
A prática do amor genuíno é muito difícil. Amar conforme Jesus manda requer uma grande intimidade com Deus, pois somente se estivermos vivendo o amor de Deus em nós seremos capazes de amor de acordo com o que Jesus ensinou.
O apóstolo Paulo enumera algumas atitudes que devem permear nossos costumes. ‘Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso. Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas. Quem ama não fica alegre quando alguém faz uma coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo. Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência’. (I Coríntios 13.4-7).
O amor é a força mais intensa que há no mundo. É o ato que liga umas pessoas com as outras e com o Senhor. O amor adequado não depende de quem recebe amor. O amor é uma escolha poderosa. E, acima de tudo, tenham amor, pois o amor une perfeitamente todas as coisas’.  (Colossenses 3.14). Assim se escolhemos pelo amor de Deus em nós estaremos unidos ao Senhor e amaremos uns aos outros.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário