COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

BRILHO INIGUALÁVEL

Num instante fui dominado pelo Espírito de Deus. E ali no céu estava um trono com alguém sentado nele. O seu rosto brilhava como brilham as pedras de jaspe e sárdio, e em volta do trono havia um arco-íris que brilhava como uma esmeralda”. (Apocalipse 4.2-3).
O apóstolo João narra sua visão e ele mesmo ante o sublime fica extasiado e menciona a beleza inigualável que via. Nosso rei Jesus é quem estava se manifestando sobre o que haveria de ser. Pensar em Jesus e seu esplendor faz com que nos alegremos por tamanho amor demonstrado por Deus.
Vale lembrarmos do que aconteceu: ‘Depois de ter dito isso, Jesus foi levado para o céu diante deles. Então uma nuvem o cobriu, e eles não puderam vê-lo mais. Eles ainda estavam olhando firme para o céu enquanto Jesus subia, quando dois homens vestidos de branco apareceram perto deles e disseram: – Homens da Galiléia, por que vocês estão aí olhando para o céu? Esse Jesus que estava com vocês e que foi levado para o céu voltará do mesmo modo que vocês o viram subir(Atos 1.9-11).
Sobre a volta de Jesus ele mesmo disse: ‘E Jesus terminou, dizendo: – Mas ninguém sabe nem o dia nem a hora em que tudo isso vai acontecer, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai’. (Marcos 13.32). Esperamos por este momento para que possamos contemplar o seu rosto que reluzia. ‘O seu rosto brilhava como brilham as pedras de jaspe e sárdio’.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário