COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

FIDELIDADE ETERNA

Tu és a minha rocha e a minha fortaleza; guia-me e orienta-me como prometeste. Não me deixes cair na armadilha que armaram para mim, pois tu és o meu refúgio; nas tuas mãos entrego a minha vida. Tu me salvarás, ó Senhor, porque tu és Deus fiel”. (Salmo 31.3-5).
Eis que o salmista clama para que Deus seja seu refúgio nas aflições e na angústia. Isaías relata que o Senhor mesmo promete e cumpre o prometido como enviar o salvador, Seu Filho. ‘O Senhor, o Santo Deus de Israel, o seu Salvador, fala com o seu servo, que é desprezado e odiado pelos povos e que é escravo de reis. O Senhor diz ao seu servo: - Reis e príncipes verão o seu poder; eles virão e se ajoelharão aos seus pés em sinal de respeito. Pois eu, o Senhor, cumpro as minhas promessas; eu, o Santo Deus de Israel, escolhi você para ser o meu servo’. (Isaías 49.7).
Logo o apóstolo Paulo fala aos cristãos que a fidelidade divina vai livrá-los das ardilosas investidas do maligno. Desta forma é preciso crer nas promessas divinas. ‘Mas o Senhor Jesus é fiel. Ele lhes dará forças e os livrará do Maligno’. (II Tessalonicenses 3.3).
João escreve a todos que é preciso reconhecer e confessar os pecados que o perdão e as bênçãos virão. ‘Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade’. (I João 11.9).

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário