COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sábado, 10 de dezembro de 2016

LOUVOR SOMENTE

Eu sempre darei graças a Deus, o Senhor; o seu louvor estará nos meus lábios o dia inteiro. Eu o louvarei por causa das coisas que ele tem feito; os que são perseguidos ouvirão isso e se alegrarão. Anunciem comigo a sua grandeza; louvemos juntos o Senhor”. (Salmo 34.1-3).
Este é um dos meses do ano mais festivo. E as festas são de adoração a Deus, em especial pelo nascimento do seu Filho. O salmista declarou o louvor a Deus muito antes do cumprimento da promessa do Messias. ‘Ó Senhor Deus, eu te louvarei com todo o coração e contarei todas as coisas maravilhosas que tens feito. Por causa de ti eu me alegrarei e ficarei feliz. Cantarei louvores a ti, ó Deus Altíssimo’. (Salmo 9.1-2).
Após mais de dois mil anos nós podemos agradecer e louvar com a alma em gratidão por tão grande amor demonstrado. ‘Por isso, por meio de Jesus Cristo, ofereçamos sempre louvor a Deus. Esse louvor é o sacrifício que apresentamos, a oferta que é dada por lábios que confessam a sua fé nele’. (Hebreus 13.15).
Até no livro profético é recomendado que todos os que são servos devem louvar e adorar a Deus. Um louvor puro como a criança em seu amor. ‘Então veio do trono o som de uma voz, que dizia: – Louvem o nosso Deus, todos os seus servos, todos os que o temem, tanto as pessoas importantes como as humildes’. LOUVEMOS! (Apocalipse 19.5).

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário