COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

domingo, 23 de outubro de 2016

ORAÇÃO OUVIDA

O rei perguntou: – O que é que você quer? Eu orei ao Deus do céu e depois disse ao rei: – Se o senhor está contente comigo e quiser atender um pedido meu, deixe que eu vá para a terra de Judá a fim de reconstruir a cidade onde os meus antepassados estão sepultados”. (Neemias 2.4-5).
Este é um momento em que Neemias conversa com o rei Artaxerxes quatro meses depois de ter feito a oração de contrição. Aqui ele precisa responder ao rei e faz uma oração relâmpago. ‘Eu orei ao Deus do céu e depois disse ao rei’. Este é o homem que faz tudo através da oração.
Além de depender do Senhor em cada atitude dele ele coloca condições ‘se’. Geralmente não gostamos de estar condicionados aos ‘ses’ que se nos impõem. Ele fala com amor ‘Se o senhor está contente comigo e quiser atender um pedido meu’. Além do que o que ele pede não é a favor de si mesmo, mas de um bem maior: seu povo.
Mesmo antes de Neemias Deus fez uma promessa ao seu povo através do profeta Isaías: ‘Antes mesmo que me chamem, eu os atenderei; antes mesmo de acabarem de falar, eu responderei’. (Isaías 65.24). Foi assim que aconteceu com ele. Deus ouviu seu pedido antes mesmo de Neemias falar. Como estamos orando? Deus está atento ao nosso clamor.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário