COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quarta-feira, 1 de junho de 2016

TEMPO DE AMAR

Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião. Há tempo de amar e tempo de odiar”. (Eclesiastes 3.1,8a).
Tempo de amar. O sentimento mais difícil de vivermos com verdade é o amor. O outro que nos provoca anseio de que algo está errado é o ódio. E até para ele tem seu tempo próprio. Paulo falou muito sobre o amor e vamos ficar com suas palavras: ‘Eu poderia falar todas as línguas que são faladas na terra e até no céu, mas, se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino. Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada. Poderia dar tudo o que tenho e até mesmo entregar o meu corpo para ser queimado, mas, se eu não tivesse amor, isso não me adiantaria nada. Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso. Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas. Quem ama não fica alegre quando alguém faz uma coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo. Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência. O amor é eterno. Existem mensagens espirituais, porém elas durarão pouco’. (I Coríntios 13.1-8).
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário