COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 17 de junho de 2016

SEJAMOS AGRADECIDOS

O moço pobre, mas sábio vale mais do que o rei velho e sem juízo que já não aceita conselhos. Um homem pode muito bem sair da cadeia e se tornar o rei do seu país, mesmo tendo nascido pobre. Eu pensei em todas as pessoas que vivem neste mundo e imaginei que existe entre elas, em algum lugar, um moço que tomará o lugar do rei. O número de pessoas que um rei governa é muito grande; no entanto, quando deixa de ser rei, ninguém é agradecido pelo que ele fez. É tudo ilusão, é tudo como correr atrás do vento”. (Eclesiastes 4.13-16).
Nestas conjecturas do rei Salomão ele fala da gratidão pelos serviços prestados por um rei. Na Bíblia encontramos uma situação em que se elegia ao rei. ‘Depois que Paulo foi chamado, Tértulo começou a acusação, dizendo: – Excelentíssimo Senhor Governador, o seu governo nos tem trazido um longo tempo de paz, e graças à sua sábia administração muitas reformas necessárias estão sendo feitas para o bem deste povo. Somos muito agradecidos por tudo aquilo que temos recebido em todas as ocasiões e em todos os lugares’. (Atos 24.2-3). Este não é um reconhecimento natural, mas há intenções ocultas na lisonja.
Quantas vezes nos deparamos conosco quase fazendo a mesma coisa. Dizer algo agradável a outra pessoa somente com a intenção de receber algo em troca. A gratidão deve brotar dos nossos corações de forma espontânea de tal forma que mostremos nossa apreciação de forma natural.
Paulo mencionou a gratidão: ‘E que a paz que Cristo dá dirija vocês nas suas decisões, pois foi para essa paz que Deus os chamou a fim de formarem um só corpo. E sejam agradecidos’. (Colossenses 3,15). Aqui o ser agradecido deve ser geral, em primeiro lugar a Deus e depois agradecermos uns aos outros em amor. Somente assim viveremos em paz uns com os outros e especialmente com Deus.
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário