COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

segunda-feira, 27 de junho de 2016

SATISFAÇÃO NO SENHOR



Todos trabalham duro para ter o que comer, mas nunca ficam satisfeitos. Que vantagem tem o sábio sobre o tolo? Que vantagem tem o pobre em saber enfrentar a vida? Isso também é ilusão, é correr atrás do vento. É muito melhor ficar satisfeito com o que se tem do que estar sempre querendo mais”. (Eclesiastes 6.7-9).
Quando Salomão diz que é bem melhor ficar contente com o que se tem do que sempre querer mais, mostra que existe insatisfação em todas as situações. Paulo ensina o segredo do bem viver: ‘Não estou dizendo isso por me sentir abandonado, pois aprendi a estar satisfeito com o que tenho. Sei o que é estar necessitado e sei também o que é ter mais do que é preciso. Aprendi o segredo de me sentir contente em todo lugar e em qualquer situação, quer esteja alimentado ou com fome, quer tenha muito ou tenha pouco’. (Filipenses 4.11-12).
Ele ainda mostra aos cristãos de Corinto que passamos por aflições, pois Jesus não prometeu uma vida sem dificuldades, mas a vida eterna. ‘E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior do que o sofrimento. Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se veem, mas nas que não se veem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre’. (II Coríntios 4.17-18).
Jesus disse: ‘Eu digo isso para que, por estarem unidos comigo, vocês tenham paz. No mundo vocês vão sofrer; mas tenham coragem. Eu venci o mundo’.  (João 16.33). É esta vitória de Jesus que nos motiva a considerar as palavras do apóstolo Paulo: ‘Portanto, se temos comida e roupas, fiquemos contentes com isso’. (I Timóteo 6-8). O conselho de Paulo é que o sentimento de satisfação é o que deve ser cultivado em nós.
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário