COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 24 de junho de 2016

OLHANDO PARA O ALTO

Eu tenho visto neste mundo esta coisa triste: algumas pessoas economizam dinheiro e sofrem com isso. Perdem tudo num mau negócio e assim não deixam nada para os filhos. Como entramos neste mundo, assim também saímos, isto é, sem nada. Apesar de todo o nosso trabalho, não podemos levar nada desta vida. Isso também é muito triste! Nós vamos embora deste mundo do mesmo jeito que viemos. Trabalhamos tanto, tentando pegar o vento, e o que é que ganhamos com isso? O que ganhamos é passar a vida na escuridão e na tristeza, preocupados, doentes e amargurados”. (Eclesiastes 5.13-17).

Onde está o teu tesouro aí estará o teu coração’. Estas palavras de Jesus foram proferidas durante o sermão do monte. Desde muito cedo temos preocupações de como vamos fazer na vida para construir nossa própria vida. Se nossa inquietação é para construção de uma vida sólida então estamos tentando fazer o que é melhor.
Entretanto, se nosso foco for somente adquirir bens sem limites é bom lembrar o conselho que Jesus deixou-nos: ‘Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde as traças e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam. Pelo contrário, ajuntem riquezas no céu, onde as traças e a ferrugem não podem destruí-las, e os ladrões não podem arrombar e roubá-las. Pois onde estiverem as suas riquezas, aí estará o coração de vocês’. (Mateus 6.19—21).
Que possamos ter metas especiais sem nos esquecermos que o principal foco deve ser o de plantarmos uma vida sólida controlada pelo Espírito de Deus. Que nossos sonhos estejam direcionados para algo maior e lembrando de que: ‘Como entramos neste mundo, assim também saímos, isto é, sem nada’. Portanto, devemos seguir olhando para Jesus autor e consumador da nossa fé.
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário