COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sábado, 18 de junho de 2016

CUIDADO ETERNO

Como um pastor cuida do seu rebanho, assim o Eterno cuidará do seu povo; ele juntará os carneirinhos e os carregará no colo e guiará com carinho as ovelhas que estão amamentando”. (Isaías 40.11).
Existem várias designações para a palavra pastor. Entretanto, vamos nos deter no Pastor, Jesus Cristo. Ele prometeu que cuidaria dos membros do seu rebanho em todos os momentos. Jesus sabia que cada criatura passaria por aflições em seu viver. Justamente por Ele ter vivido entre os homens, e como homem passou por muitas dificuldades. Jesus sabe que o maior inimigo das pessoas está sempre disposto a trabalhar sem se cansar.
O profeta Isaías fala deste Eterno pastor que chegaria até a carregar nos braços as suas ovelhas, aquelas pessoas que nele confiariam. O salmista Davi, quando fala deste pastor que já o guiava, disse que ‘nada me faltará’. Sobre este mesmo pastor de quem Isaías fala, Davi ainda diz: ‘Ele me guiará mansamente por águas tranquilas’. Esta expressão soa como promessa especial, pois Jesus mesmo afirmou: ‘Eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos’. Neste mundo cheio de dificuldades, desafios e tribulações podemos contar com esta mesma certeza de Davi.
A profecia de Isaías se cumpriu com a vinda de Jesus, o Messias e esta sua última promessa antes de ir para Deus, de que estaria sempre conosco é a melhor e mais singular esperança com que o ser humano pode contar.
Ter a certeza que temos o divino Pastor a nos guardar e guiar é algo indescritível para todos os que Nele confiam e vivem seguros. Os que fazem parte do rebanho divino já desfrutam deste cuidado dia após dia. A tranquilidade que se desfruta é superior a todas as sensações que possamos desejar e imaginar, pois ‘mesmo que eu andasse pelo vale da sombra da morte não temeria mal algum, porque Tu estás comigo’ nestas palavras o poeta Davi sabia o que falava, visto que desfrutava da proteção deste Pastor que é único.
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário