COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sábado, 6 de agosto de 2016

VITÓRIA ETERNA

Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível. Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como combatendo no ar. Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado”. (I Coríntios 9.24-27).
Ontem vimos uma festa linda em que o coração dos brasileiros ficou feliz. A beleza era indescritível. A coroa é o objeto ambicionado pelos atletas. As Olimpíadas foram os primeiros jogos a se ter notícia no mundo. Festivas eram as épocas de jogos na antiga Grécia. A coroa, o prêmio representava e representa a vitória conseguida.
As pessoas estão interessadas no prêmio pelo que ele vale pelo que ele representa e pelo que ele nos aproveita. E para isso o preparo exige que o esportista lute com determinação, não cedendo ao desânimo, enfrentando os perigos e se perseverando na luta.
Muitos têm que conviver com renúncias de coisas que enfraquecem a nossa resistência, das coisas que desviam nossa atenção e das coisas que podem nos levar ao fracasso.
Portanto, lutamos com nosso próprio eu para subjugá-lo, para dominá-lo e para livrá-lo de tudo que possa ser um empecilho para se conquistar o prêmio. Que satisfaz plenamente.
Assim deve ser a nossa vida espiritual: correr para ganhar a coroa que nos está prometida. Especialmente porque não é incerta. Deus cumpre todas as suas promessas. Porque não é vã. Sabemos que ao concluirmos a nossa trajetória neste mundo e nos encontrarmos com o Senhor a recompensa será algo que não podemos dizer com simples palavras, pois receberemos a nossa coroa que é incorruptível. Ou seja, ela não se desgasta e nem se corrompe. Um prêmio que outro igual não há.
Lutar por uma coroa certa, real, e incorruptível já é vitória!

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário