COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

ADORAÇÃO A DEUS



E os céus louvarão as tuas maravilhas, ó Senhor, e a tua fidelidade também na assembleia do santos”. (Salmos 89.5).
No salmo oitenta e nove o salmista está se lembrando de quando Deus livrara o seu povo e que Davi sempre buscava suas forças no Senhor. No versículo cinco, deste mesmo capítulo, o poeta está se lembrando do concerto de Deus com o seu povo através do rei Davi: ‘A tua descendência estabelecerei para sempre, e edificarei o teu trono de geração em geração’. Esta promessa teve seu cumprimento em Jesus Cristo que foi o Messias que finalmente chegou para resgatar o povo de Deus. O povo de Deus, hoje, é todo aquele que aceita Jesus como Salvador. O amor de Deus é tão grande que se fez necessário recordar ao povo que Deus não falharia, e a maneira que este povo achou melhor fazer foi enaltecer e glorificar a Deus e as suas obras maravilhosas.
Ó Senhor, os céus cantam as maravilhas que fazes, e, reunidos, os anjos cantam a tua fidelidade’. Hoje, mais do que nunca, é preciso entoar este cântico. É preciso adorar a Deus por suas obras maravilhosas e se formos observar mais um pouco do mesmo salmo veremos que somente temos que agradecer a Deus por tudo que Ele tem feito: ‘Lembra como é curta a minha vida; lembra que todas as pessoas que criaste vão morrer um dia. Quem pode continuar vivo e nunca morrer? Quem pode escapar da sepultura? Bendito seja o Senhor para sempre. Amém e Amém’. (Salmos 89.47-48;52).
A Palavra de Deus lembra-nos que neste mundo somos finitos. Entretanto, podemos também nos recordar que nossos dias são breves e que após conhecermos a maravilhosa história do nascimento de Jesus, podemos, ou temos que tirar qualquer dúvida que possa haver em nós.
Através dos testemunhos contidos na Palavra de Deus temos a prova maior de que Jesus se fez homem e habitou entre nós. E, acima de tudo, nos salvou por sua morte e ressurreição. A coroação da obra que Deus realizou: A salvação através de Jesus Cristo.
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário