COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

COMPARTILHANDO A PALAVRA

O Sábio, usando o seu conhecimento, continuou a ensinar ao povo o que sabia. Ele estudou, examinou e pôs em ordem muitos provérbios. Procurou usar palavras agradáveis, e tudo o que escreveu é verdade. As palavras dos sábios são como pregos bem pregados; são como as varas pontudas que os pastores usam para guiar as ovelhas. Essas palavras foram dadas por Deus, o único Pastor de todos nós”. (Eclesiastes 12.9-11).
O pastor de ovelhas procura guiar seu rebanho e cuida de forma a que nenhuma das suas ovelhas se perca. Salomão usa suas palavras para lembrar que suas palavras escritas são fiéis e foram dadas por Deus que é o único pastor de todos.
As palavras são fortes e buscam orientar a que sigamos os ensinamentos do Senhor. Jesus mesmo ensinou e orientou seus seguidores de como deveriam fazer: ‘Ora, tendo acabado Jesus de dar estas instruções a seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles’. (Mateus 11.1).
É nossa missão ensinar tudo que aprendemos com o Senhor. Depois da morte e ressurreição de Jesus seus seguidores foram perseguidos, mas nada do que sofriam fez com que se calassem. ‘E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de pregar Jesus, o Cristo’. (Atos 5.42). Eles cumpriam o Ide de Jesus, e nós?

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário