COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quarta-feira, 13 de julho de 2016

ÚNICA CERTEZA

Existe um tempo certo e um modo certo de fazer cada coisa. Mas o nosso grande problema é que não sabemos o que vai acontecer amanhã, e não há ninguém que possa nos contar. Ninguém pode dominar o vento, nem segurá-lo. Assim também ninguém pode evitar a morte, nem deixá-la para outro dia. Nós temos de enfrentar essa batalha, e não há jeito de escapar”. (Eclesiastes 8.6-8).
Para nós não é possível fazer diversas coisas conforme destacou o sábio. Na nossa jornada não é possível sabermos o que vai acontecer no dia seguinte. Jesus disse que devemos deixar que o amanhã cuide de si mesmo: ‘Por isso, não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades’. (Mateus 6.34).
Outra coisa que não se pode fazer é dominar o vento. Ele percorre a face da terra e não podemos vê-lo e nem segurá-lo com a nossa mão. Entretanto, o que é de pior que não temos nenhum poder é com a morte. ‘Quem pode continuar vivo e nunca morrer? Quem pode escapar da sepultura’? (Salmo 89.48). Ela é a única coisa que podemos ter certeza.
Portanto, a morte chegará para cada criatura, porém para aqueles que tem no Senhor o único pastor podem dizer como o salmista: ‘Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois tu, ó Senhor Deus, estás comigo; tu me proteges e me diriges’. (Salmo 23.4).

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário