COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

domingo, 24 de julho de 2016

ALEGRIA RENOVADA

Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustem-me com um espírito voluntário. Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão”. (Salmos 51.12-13).
Nem sempre a alegria reside em nosso interior. Muitas vezes, preocupações normais do dia a dia afligem o nosso coração. Outras até, quando sentimos que algo no reino de Deus não está de acordo com aquilo que imaginamos. Ainda temos momentos em que o pecado infiltra de mansinho em nosso coração e até nos assustamos quando nos deparamos com nossa capacidade de transgredir!
No texto acima, o salmista está fazendo um pedido de socorro e em especial, um pedido de perdão. Ele se achava em pecado diante de Deus e sentia a necessidade de buscar, o quanto antes, o perdão divino. Ele sentia que a alegria em Deus havia se ausentado de sua vida e isto é a pior e mais angustiante situação que pode chegar quem vive com Deus. O mais leve distanciamento de Deus é pior que uma dor muito forte.
No mesmo capítulo deste salmo, no versículo 10 o salmista diz: ‘Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto’. Este é um pedido de socorro. É um grito de angústia que o crente pode precisar fazer. O que ele desejava era vivenciar novamente a alegria da salvação. A alegria de testemunhar do amor divino. Ele ansiava sentir seu espírito renovado e, para tanto, suplica ao Pai e confessa os seus pecados, para sentir-se novamente digno da salvação.
Quando, em algum momento, estivermos nesta situação é preciso que tenhamos coragem suficiente para declararmos livremente ao nosso Deus nossa transgressão. Ele é rico em misericórdia para nos perdoar e restituir-nos a alegria que se foi.
Se você não sente esta alegria é preciso chegar-se diante de Deus e pedir perdão que Ele está pronto a conceder.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário