COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sexta-feira, 22 de julho de 2016

CONTANDO AS BÊNÇÃOS

Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios”. (Salmos 103.2).
Deus, na Sua Onisciência me conhece mais que eu mesma. Ele me sonda e vê tudo que há em mim. Se algum caminho mal há, Ele me protege, me livra. Deus me cerca com seu amor, com sua graça e com sua misericórdia. Ele dá tudo o que necessita meu ser.
É o Senhor que, em sua Onipresença, está comigo em todos os momentos. Não existe distância que possa afastar Deus da minha vida. A altura ou a profundidade para Deus estão num mesmo plano. Não há trevas que possa esconder alguma coisa dos olhos de Deus.
Deus em Sua perfeição nos formou e opera no mundo que é desconhecido para o ser humano. Deus, somente Deus pode nos esquadrinhar antes mesmo de existirmos ‘Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe, e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais iam sendo dia a dia formadas, quando nem ainda uma delas havia(Salmos 139.16), e é Ele, o nosso Deus, que nos formou que merece o nosso louvor e a nossa adoração. O salmista convida a não nos esquecermos de nenhuma das bênçãos recebidas de Deus. Portanto, contar as bênçãos é um imperativo.
Diante do verdadeiro Deus qual deve ser o desejo do coração temente? O coração temente ao Senhor deve ter repugnância pelo pecado e, acima de tudo, deve tomar uma posição na sua vida: escolher viver uma vida nos caminhos do Senhor. Fale com Deus agora!

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário