COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sábado, 7 de maio de 2016

PALAVRAS DE UMA MÃE



São estas as palavras solenes que a mãe do rei Lemuel lhe disse: Você é o meu filho querido, a resposta das minhas orações. O que lhe direi? Não gaste toda a sua energia nem todo o seu dinheiro com mulheres, pois até reis já se destruíram assim. Escute, Lemuel! Os reis não devem beber vinho nem outras bebidas alcoólicas. Quando eles bebem, não lembram das leis e esquecem os direitos dos que são explorados. As bebidas alcoólicas são para os que estão morrendo, para os que estão na miséria. Que eles bebam e esqueçam que são pobres e infelizes! Fale a favor daqueles que não podem se defender. Proteja os direitos de todos os desamparados. Fale por eles e seja um juiz justo. Proteja os direitos dos pobres e dos necessitados”. (Provérbios 31.1-9).
Palavras de uma mãe a um filho querido. Inicialmente ela fala da sua alegria por tê-lo como filho que é a resposta das suas orações. Muitas de nós as mães também temos nossos filhos como resposta de nossas orações a Deus. Como é bom nos lembrarmos de como foi que o Senhor atendeu nossas orações.
São muitos os conselhos que ela dá ao seu filho o rei Lemuel. Primeiro chama a atenção de se deixar envolver por mulheres. Outra coisa que deve ser destaque é o cuidado que ele deve ter com bebidas alcoólicas. Uma ênfase que vale lembrar é a de que ele deve proteger os direitos dos desamparados e ainda que a justiça seja sua companheira.
Vale refletirmos sobre este conselho que esta extremosa mãe deixou para seu filho e que serve para todos nós. Que sejamos sábios e saibamos valorizar tudo que somos e o que temos.
Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário