COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

quarta-feira, 7 de junho de 2017

CORAÇÃO DE ADORADOR

Esperei com paciência pela ajuda de Deus, o Senhor. Ele me escutou e ouviu o meu pedido de socorro. Tirou-me de uma cova perigosa, de um poço de lama. Ele me pôs seguro em cima de uma rocha e firmou os meus passos. Ele me ensinou a cantar uma nova canção, um hino de louvor ao nosso Deus. Quando virem isso, muitos temerão o Senhor e nele porão a sua confiança”. (Salmo 40.1-3).
Neste salmo Davi demonstra felicidade e canta louvores a Deus que como ele mesmo diz – me escutou -. O Senhor escuta nossa petição quando nosso coração se eleva até o trono divino e se derrama. Aqui Davi fala que por pior que fosse a situação que ele enfrentava o Senhor o ouviu e mudou o sofrimento em bênção.
Deus tirou o poeta da tristeza e o colocou em um lugar seguro e firmou os passos que ele precisava dar. Portanto, seu sofrimento foi transformado em motivos de louvor que Deus o ensinou a viver. Cantar uma nova canção que enaltecia a magnitude divina foi o que Deus fez em seu ser. Paulo disse: ‘Eu penso que o que sofremos durante a nossa vida não pode ser comparado, de modo nenhum, com a glória que nos será revelada no futuro’. (Romanos 8.18). Por este motivo precisamos adorar ao Senhor como fez Davi.
O convite é que todos nós tenhamos o coração cheio de louvor e coloquemos em Deus a nossa confiança como fez Davi. Louvado seja o Senhor por todas as maravilhas que nos dá neste dia!

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário