COMUNIQUE

Seja Bem vindo! Nossa meta é anunciar Boas Novas! Léo Lima
Precisamos decidir em como ser valiosos, em vez de pensar o quão valiosos somos. Filosofia chinesa

Aflições vindas das Mãos Soberana São bênçãos disfarçadas! (Adam Clarke)

sábado, 24 de setembro de 2016

ADORAÇÃO SOMENTE

Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.” (Salmo 43.5).
Esta pequena passagem da Bíblia começa com duas interrogações. O salmista quer saber sobre a tristeza e a aflição que lhes afligem a alma. A tristeza tantas vezes penetra nosso coração e se mostra imperiosa. Ela vem quase sempre acompanhada da aflição.
O próprio escritor mostra a resposta para solucionar este estado da sua alma quando diz que ele tem esperança e que ela será colocada no Senhor. A esperança é o bálsamo para toda dor que possa visitar nosso coração. A aflição pode visitar o coração de todas as pessoas, mas não devemos permitir que ela faça morada em nós. Deus está sempre presente para nos restaurar a paz.
Já a tristeza muitas vezes é resultante da angústia e ela deve ser tratada da mesma forma que a aflição. É buscando ao Senhor que podemos nos libertar dela. O escritor bíblico mostra que ele se propõe a buscar o Senhor e entregar tudo nas mãos divinas com louvor e ação de graças.
Que possamos dizer como o poeta: ‘O Senhor é o meu Salvador e o meu Deus’. Louvemos e adoremos nosso Deus.

Léo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário